SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

HarmonyOS Next não terá suporte para apps de Android, confirma Huawei

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 14 de Novembro de 2023 às 17h53

Link copiado!

Reprodução/Huawei
Reprodução/Huawei
Tudo sobre Huawei

A gigante chinesa Huawei confirmou os rumores recentes sobre o seu sistema operacional “puro” e informou que o HarmonyOS Next não terá suporte para apps de Android — o que significa que não será possível rodar aplicativos desenvolvidos com a biblioteca do sistema do Google após a atualização. A companhia planeja lançar o novo SO no primeiro trimestre de 2024.

A decisão gerou uma alta procura por desenvolvedores com experiência no HarmonyOS enquanto muitas empresas da China correm para preparar versões de seus aplicativos com compatibilidade ao novo sistema, segundo o jornal South Morning China Post.

Huawei acaba com suporte ao Android

Continua após a publicidade

A estratégia da Huawei de não dar suporte ao apps do sistema Android chega como uma declaração de autonomia e ousadia frente ao domínio de mercado do Google nesse segmento.

A empresa começou a desenvolver seu próprio sistema operacional como uma alternativa aos bloqueios de 2020 e 2021 impostos pelo então presidente dos Estados Unidos Donald Trump, que impediu a Huawei de comprar tecnologia e soluções de fornecedores americanos.

O primeiro HarmonyOS, ainda com base no sistema de código aberto do Android, chegou ao mercado com foco em dispositivos de casa inteligente em agosto de 2019, três meses após entrar na "lista de entidades" do governo dos EUA.

Naquele momento, a empresa ainda não havia sido impedida de fato de negociar com o Google e não menciou que o HarmonyOS seria usado também em celulares. A versão mais recente desse SO, o HarmonyOS 4 foi lançado em agosto deste ano.

Continua após a publicidade

HarmonyOS Next

De acordo com o executivo responsável pela divisão de consumo para empresas da Huawei, Richard Yu Chengdong, durante a conferência de agosto da companhia, há mais de 700 milhões de aparelhos equipados com o HarmonyOS.

No evento, a empresa destacou a evolução para o sistema HarmonyOS Next e deu indícios de que não daria mais suporte a aplicativos Android. Com a decisão, a Huawei pretende se posicionar como um ecossistema alternativo dentro do seu território.

Continua após a publicidade

No entanto, é impossível saber qual será o impacto dessa estratégia fora da China. Atualmente, cerca de 70% do total de celulares no mundo rodam no sistema Android, segundo dados da StatCounter. Além disso, é provável que muitos apps utilizados no Ocidente não terão versões compatíveis com o HarmonyOS Next, o que dificultará uma transição de marca e de SO pelo público.

O novo sistema “puro” da Huawei é aguardado para o começo de 2024.