Publicidade

Chrome está mais rápido e o Google explica o porquê

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Junho de 2024 às 08h37

Link copiado!

Douglas Ciriaco/Canaltech
Douglas Ciriaco/Canaltech
Tudo sobre Google

O Chrome teve um registro de aumento de velocidade de funcionamento de mais de 70% no Speedometer 3, uma ferramenta que avalia esse quesito em navegadores, desde maio de 2022. É o que conta o Google em um artigo publicado na última quinta (6) no qual a empresa explica como o browser ficou mais rápido nos últimos tempos.

Chrome mais rápido

A publicação assinada pelo gerente de produto Thomas Nattestad surgiu no blog do Chrome. No artigo, o executivo sustenta que o aplicativo teve um avanço significativo no desempenho desde o Chrome 101, liberado em maio de 2022, e já alcança cerca de 40 pontos na versão 127, que chegará ao canal Beta em breve.

Continua após a publicidade

Esse avanço é visto no Speedometer 3.0, que só foi liberado ao público em março. “Desde o lançamento do Speedometer 3 em maio de 2022, conseguimos um aumento de 72% na pontuação do Speedometer do Chrome, o que se traduz em ganhos de desempenho para nossos usuários”, aponta o artigo.

Melhorias no motor

Para alcançar o resultado do indicador criado pelo Google, Apple, Mozilla, Intel e Microsoft que apura o desempenho dos navegadores, a empresa investiu em pequenas melhorias no Chrome que trouxeram impactos significativos no dia a dia dos usuários.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

É o caso da otimização das cargas de trabalho. “Observando as cargas de trabalho no Speedometer e em quais funções o Chrome gastava mais tempo, conseguimos fazer otimizações direcionadas para essas funções, cada uma delas gerando um aumento na pontuação do Chrome”, disse Nattestad.

Parte desse incremento veio da remoção das verificações de limites desnecessárias da função SpaceSplitString. A empresa ainda explicou que, ao detectar folhas de estilo duplicadas, o navegador passou a fazer referência a apenas uma única instância do arquivo.

Também houve melhorias para reduzir o custo de desenho de caminhos e arcos ao ajustar as alocações de memória, entre outras mudanças. Além disso, os desenvolvedores hierarquizam o código e trouxeram melhorias para a coleta de lixo do V8, o interpretador de JavaScript do programa.

Chrome 127 vem aí

Continua após a publicidade

Conforme apontado em um gráfico divulgado no artigo, o avanço no desempenho surgiu ao longo de atualizações. O recorte histórico mostra que, entre as versões 101 e 127, o Chrome progrediu quase que de maneira ininterrupta nesse sentido e saiu da margem dos 20 pontos para a casa dos 40 pontos.

Em 5 de junho, o Google começou a distribuir gradualmente a versão 126 para o público em geral do navegador. A previsão é de que a empresa libere a edição 127 a partir de 12 de junho no canal Beta, que garante compilações experimentais mais estáveis a desenvolvedores e curiosos.

No canal estável, o Chrome 127 tende a ser oficializado a todos a partir de 17 de julho de 2024. O Google também trabalha com a compilação 128, que será oferecida em 14 de agosto se não houver atrasos no calendário.