Realme UI 3.0 é oficialmente revelada com Android 12; veja todas as novidades

Realme UI 3.0 é oficialmente revelada com Android 12; veja todas as novidades

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 13 de Outubro de 2021 às 12h40
Reprodução/Realme

O Android 12 foi lançado oficialmente no começo de outubro de um jeito diferente do convencional e, com isso, também foi dada a largada para as interfaces personalizadas baseadas nele — nesta quarta (13), foi a Realme quem mostrou o que logo chegará aos celulares de seus clientes. Neste artigo, o Canaltech reúne tudo que a marca apresentou para o novo sistema operacional, que começa a chegar para o grande público este ano.

Lançamento antecipou a janela de lançamento no mesmo evento em que apresentou o GT Neo 2 (Imagem: Reprodução/Realme)

Realme UI 3.0: novidades

Novo visual

A Realme UI 3.0 não quebrou a tradição e, assim como o sistema anterior, trouxe uma interface retrabalhada, com ícones e vários elementos visuais novos, tudo sob as regras da nova Fluid Space Design.

Novos ícones tridimensionais são algumas das principais mudanças da Fluid Space Design (Imagem: Reprodução/Realme India)

São ícones novos, animações mais fluidas e uma série de outras modificações para dar sensação de agilidade para o smartphone. Para completar, o mecanismo AI Animation Engine dá o toque final nas transições para otimizar os efeitos na tela.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A Material You ficou de fora praticamente em sua totalidade, então não espere nada como as Cores Dinâmicas e os efeitos agregados em aplicativos. Contudo, a Realme abraçou uma pequena parte do conceito e introduziu uma seleção de cores bem ampla para dar um retoque nos menus e em alguns poucos botões.

Novos recursos da Realme UI 3.0

Novos Omoji

A atualização introduz ao ecossistema Realme os Omojis, as figurinhas tridimensionais animadas da marca. Elas são bem parecidas com os Memoji da Apple, então não espere tantas surpresas: seu grande apelo está na personalização, permitindo que usuários se expressem através das figurinhas bem caricatas.

Omojis servem para dar expressões próprias para cada usuário (Imagem: Reprodução/Realme India)

Inteligência artificial para desempenho

Outro recurso baseado em inteligência artificial adicionado na Realme UI é a AI Smooth Engine, cuja função é aprimorar a performance de componentes para execução de tarefas banais. A funcionalidade basicamente toma conta da otimização do consumo de memória, em especial agilizando a abertura de aplicativos.

Em ganhos, a AI Smooth Engine resulta em 30% menos consumo de memória e inicialização de apps 13% mais rápida em usos normais, quando comparado com a versão anterior do sistema. A bateria também tem ganhos pela novidade, e apresenta 12% mais economia com o novo sistema operacional.

Always On Display aprimorado

A personalização profunda também chegou para o Always On Display (AOD) do sistema da Realme. A proteção de tela de bloqueio exibe informações importantes sobre a atividade do celular (que podem ser ocultadas), ao mesmo tempo que ressalta a versatilidade de paineis OLED com o novo estilo único, que exibe somente os contornos de uma foto escolhida pelo usuário.

Always On Display, além de útil para telas OLED, serve para dar informações direto da tela de bloqueio (Imagem: Reprodução/Realme India)

Outra adição também é a presença do Realmeow, o mascote da marca. O bichano pode ser utilizado como uma figurinha na tela de bloqueio. É mais uma camada de personalização que pode ajudar usuários a deixar o celular do jeito que quiserem.

Painel de privacidade

A Realme aproveitou todos os conceitos de privacidade introduzidos pelo Google no Android 12 e, na Realme UI 3.0, destaca o Painel de Privacidade. A seção dá ao usuário controle profundo sobre permissões e acesso de componentes especiais do telefone, exatamente como a Gigante das Pesquisas mostrou no Google I/O deste ano.

O Painel de Privacidade do Android 12 dá controles refinados sobre permissões e acessos de aplicativos (Imagem: Reprodução/Realme India)

Compartilhar fotos em smartphones com Realme UI 3.0 também será mais seguro, já que informações sobre a captura (data, detalhes da câmera e do celular) poderão ser removidas antes do envio para alguém. Além disso, a permissão para fornecer a "localização aproximada" em vez da posição exata no GPS, também foi adicionada como uma solução de privacidade.

Os mecanismos de proteção nativos continuam presentes, agora melhores (Imagem: Reprodução/Realme India)

As ferramentas nativas de proteção, o Phone Manager, também foi atualizado. A Realme não foi clara em quais foram as novidades para cada ferramenta, mas a presença do App Lock, do bloqueador de chamadas e da ocultação de apps são garantidas.

Realme UI 3.0: data de lançamento e celulares compatíveis

Apesar do anúncio, a Realme não informou datas específicas para a chegada do novo sistema em celulares compatíveis. Além disso, a companhia se restringiu a dizer que os donos de celulares da linha Realme GT serão os primeiros a receber a atualização, que eventualmente alcançará os demais dispositivos compatíveis com a Realme UI 3.0.

Por enquanto, como a Realme garante dois anos de suporte para seus aparelhos, é possível sugerir que todos os aparelhos lançados a partir de 2020 vão receber a atualização. 

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.