Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Android vai bloquear tela se roubarem o celular da sua mão

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 15 de Maio de 2024 às 17h05

Link copiado!

Adrien/Unsplash
Adrien/Unsplash

O Google vai liberar um recurso que bloqueia o celular caso alguém puxe o aparelho da sua mão e saia correndo, de bicicleta, moto e afins. Parte de um novo pacote para proteger dados em caso de furto ou roubo, a tecnologia vai utilizar os sensores do dispositivo e inteligência artificial (IA) para detectar as ações. O Android 15 também vai ganhar uma espécie de Pasta Segura para proteger apps de banco, e-mail e outras plataformas sensíveis.

Bloqueio de tela caso em roubos

A nova ferramenta tem como objetivo evitar que criminosos acessem informações pessoais e contas bancárias caso puxem o celular desbloqueado da mão dos proprietários. Para isso, a empresa preparou um sistema que detecta esses movimentos bruscos e bloqueia a tela.

Continua após a publicidade

Segundo o Google, esse mecanismo é voltado para ações onde o assaltante está correndo, andando de bicicleta ou dirigindo uma moto, por exemplo. A solução, por outro lado, não deve funcionar quando o celular é retirado do bolso levemente.

Também há uma melhoria na proteção para quando o assaltante já tem o seu celular. “Se um ladrão tentar desconectar seu telefone por longos períodos de tempo, o Bloqueio de Dispositivo Offline bloqueará automaticamente a tela para ajudar a proteger seus dados mesmo quando o dispositivo estiver fora da rede”, anunciou a empresa.

O Google também sustenta que o Android pode reconhecer outros sinais de que o celular não está em posse do dono. “Por exemplo, ele bloqueará a tela do seu dispositivo quando forem feitas tentativas excessivas de autenticação com falha”, concluiu a companhia.

Continua após a publicidade

Bloqueio remoto de qualquer dispositivo

Além disso, será possível bloquear o celular remotamente de qualquer outro dispositivo com o seu número de telefone e um desafio de segurança. “Isso lhe dá tempo para recuperar os detalhes da sua conta e acessar opções úteis adicionais em Encontre Meu Dispositivo, incluindo o envio de um comando completo de redefinição de fábrica”, disse a empresa.

As três ferramentas serão liberadas até o fim do ano em uma atualização do Google Play para celulares com Android 10 ou mais recente.

Pasta segura no Android 15

Continua após a publicidade

O Google também vai trazer outras melhorias ao Android para garantir mais segurança. É o caso da confirmação de biometria ou senha para dificultar o acesso à opção para redefinir o celular.

O sistema também vai ganhar o “Espaço Privado” (em tradução livre), função similar à Pasta Segura da Samsung para esconder e proteger com senha apps sensíveis. As duas novidades serão liberadas no Android 15, previsto para o segundo semestre de 2024.

Já as opções para desativar o rastreador de dispositivos ou prolongar o tempo de tela ativa passarão a exigir confirmação de senha ou biometria. Enquanto isso, será preciso se identificar para fazer alterações na conta do Google. Ambos recursos serão distribuídos a “dispositivos selecionados” ainda neste ano.