SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Windows pode virar sistema 100% na nuvem, revela documento da Microsoft

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 27 de Junho de 2023 às 12h47

Link copiado!

Sunrise King/Unsplash
Sunrise King/Unsplash
Tudo sobre Microsoft

Uma apresentação interna de junho de 2022 revela que a Microsoft planeja levar o Windows de forma integral para a nuvem. O movimento segue a proposta do Windows 365, a versão corporativa que permite o acesso ao sistema operacional e aplicativos da Microsoft em qualquer dispositivo a partir da web. A ideia é fazer o mesmo com a versão para o consumidor.

O documento lista a ação de “levar o Windows 11 cada vez mais para a nuvem” como uma oportunidade a longo prazo e prevê “usar o poder da nuvem para oferecer serviços aprimorados com uso de tecnologia de IA e a execução totalmente remota da experiência digital das pessoas.”

Windows na nuvem

Continua após a publicidade

O plano de ter o sistema operacional cada vez mais nuvem já avança na forma de uma futura atualização do Windows 11 que planeja integrar o Windows 365 e permitir o login em um PC virtual em vez da versão local.

Além da migração para a nuvem, a Microsoft também lista a importância de investir em parcerias em outra parte da apresentação. A Big Tech explora a possibilidade de projetar seus próprios processadores baseados em ARM para servidores e até para dispositivos Surface.

A Microsoft vê ainda a necessidade de “fortalecer o valor comercial do Windows e combater a ameaça do Chromebook”. Chromebook, vale lembrar, é o nome dado às máquinas com Chrome OS — que roda na nuvem —, ou seja, esse movimento reforça o interesse da empresa em assegurar essa fatia de mercado. Vale lembrar que a MS já atua no segmento de jogos na nuvem, com o Xbox Cloud Gaming, o que sem dúvida daria mais peso a um possível Windows na nuvem.

Continua após a publicidade

O documento que revela o plano de levar o Windows integralmente para a nuvem foi obtido em meio ao processo antitruste da Microsoft pela compra da Activision Blizzard.