Publicidade

5 motivos para NÃO usar o Windows

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 22 de Julho de 2023 às 12h00

Link copiado!

Divulgação/Microsoft
Divulgação/Microsoft

O Windows é a opção mais popular entre os sistemas operacionais para computadores, mas também possui alguns pontos negativos em seu funcionamento, especialmente com relação à segurança. Além disso, existem outros aspectos em que macOS e Linux podem levar vantagem.

5 motivos para não usar o Windows

Confira cinco razões para evitar o sistema operacional da Microsoft:

Continua após a publicidade

5. Malwares

Esse é provavelmente o fator principal para não usar o Windows. Sim, existem tipos de vírus para Linux e macOS, mas esse problema não é tão recorrente nos rivais. Como o Windows é a opção mais popular, ele se torna um alvo comum para malwares e coloca a segurança dos usuários em risco.

É muito importante ter um antivírus ativo no Windows — o próprio Windows Defender se mostra capaz de defender ameaças, de acordo com testes do site AVTest. No entanto, os possíveis problemas com arquivos maliciosos ligam um sinal de alerta e são uma vantagem para os outros sistemas operacionais.

4. Sistema cada vez mais pesado

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Com o passar dos anos e com novas atualizações, o Windows vem se tornando um sistema pesado, que exige muitos recursos do hardware. Em computadores muito antigos, o sistema provavelmente não será uma opção para você: atualizar para as versões mais novas pode travar o PC, enquanto as versões antigas do sistema deixam de receber suporte e ficam mais vulneráveis.

Além disso, a instalação do Windows 11 exige o Módulo de Plataforma Confiável (TPM) no PC. Esse chip é encontrado em computadores mais recentes, mas pode ficar de fora das máquinas antigas, inviabilizando as atualizações.

3. O Windows é caro

Ativar o Windows custa dinheiro: se o seu computador não veio com a ativação, uma licença do Windows 11 Home sai por R$ 1.099 no site da Microsoft. O sistema inclusive encarece os computadores — é por isso que você consegue encontrar versões mais baratas do mesmo modelo com o Linux instalado.

Continua após a publicidade

É claro que um iMac ou um Macbook também são muito caros, mas se você procura algo abaixo da faixa de preço dos computadores da Apple, existem diversas distribuições gratuitas do Linux para isso.

2. Monopólio da Microsoft

Historicamente, a Microsoft desenvolveu um ecossistema muito restrito às ferramentas da própria empresa: o Windows é feito em código fechado, assim como os softwares nativos. Isso já foi um problema muito grande com o Internet Explorer, imposto como navegador padrão para a empresa dominar o mercado nos anos 90. Por muitos anos, o desenvolvimento de browsers ficou defasado, e o IE perdeu força com o protagonismo de Chrome e de softwares com base em Chromium (de código aberto).

Continua após a publicidade

Além disso, um ponto negativo da Microsoft é a quantidade de bloatwares, ou seja, os aplicativos instalados na configuração de fábrica. Você até consegue buscar alternativas ao Explorador de Arquivos, ao Edge e ao Fotos, por exemplo, mas não é possível desinstalá-los da máquina. Então, esses apps consomem espaço da memória e outros recursos de hardware.

1. Talvez você não precise do Windows

Antes de pensar no sistema operacional, pense em como você pretende usar o computador. Vai precisar de aplicativos específicos como Photoshop, Premiere e o pacote do Microsoft 365? Vai usá-lo para jogar? Se a resposta for sim para uma das duas questões, então faz sentido priorizar o Windows.

Continua após a publicidade

Por outro lado, se a resposta for negativa, você pode explorar alguma distribuição Linux ou até o macOS (lembrando que há versões oficiais do Office 365 e do pacote Adobe para o sistema da Apple).

Caso a sua rotina no computador envolva o acesso à internet e apps simples, o Linux pode atender à demanda facilmente e ainda evita outros problemas do sistemas da Microsoft, como a exposição a malwares, além de funcionar em máquinas mais antigas.

E o outro lado?

Calma, o Windows não tem só pontos negativos — pelo contrário, também apresenta outras vantagens e ainda é o sistema operacional mais usado no mundo. Para analisar com outra perspectiva, confira os cinco motivos para usar o Windows.