Em menos de uma semana, Windows 10 já está em mais de 67 milhões de dispositivos

Por Redação | 03 de Agosto de 2015 às 12h35

Na última quinta-feira (30), a Microsoft divulgou que mais de 14 milhões de dispositivos já estavam rodando o Windows 10, que foi lançado um dia antes, em 29 de julho. Os números indicam que a plataforma foi bem aceita pela comunidade e tem sido sucesso absoluto, mas essa popularidade vai além: em menos de 24 horas, os downloads do novo sistema operacional podem ter saltado quase cinco vezes, atingindo a marca de 67 milhões de instalações na manhã de sexta-feira (31).

A informação é de um funcionário interno da Microsoft ao site Windows Central. Ele ainda disse que, para dar conta de tantos aparelhos baixando a plataforma simultaneamente, a companhia utilizou uma banda máxima de 15 Tb/s nos momentos de pico de transferências — para se garantir, a empresa tinha reservado 40 Tb/s. Para efeito de comparação, a Apple costuma utilizar "apenas" 8 Tb/s durante seus eventos de lançamento de novos softwares.

É importante destacar que, embora esses números não tenham sido confirmados em caráter oficial pela Microsoft, a quantidade de dispositivos atualizados para o Windows 10 tende a aumentar ainda mais nos próximos dias, principalmente se levarmos em conta que as 67 milhões de instalações da última sexta-feira já podem ter sido superadas hoje. Para o Windows Central, a Microsoft ganhou a confiança de milhões de usuários logo após divulgar o primeiro levantamento dos downloads.

Outro indício do sucesso do Windows 10 está na estratégia adotada pela gigante de Redmond quanto à distribuição do sistema. Por se tratar de uma atualização gratuita para milhões de usuários do Windows 7 e do Windows 8.1, o software está sendo disponibilizado em fases.

A primeira leva incluiu os quase cinco milhões de usuários que participaram do programa Windows Insider, que testaram em primeira mão as principais novidades do sistema e enviaram à empresa um feedback do que está bom ou precisa melhorar. Na quarta-feira passada, a atualização chegou para quem fez a reserva em 1º de junho, logo depois que a Microsoft revelou a data de lançamento do novo Windows. É nessa segunda onda que estão inclusos todos os PCs que possuem uma licença oficial do Windows 7, Windows 8 e Windows 8.1.

As empresas começaram a baixar o Windows 10 apenas em 1º de agosto. Mais tarde, agora no final de 2015, os primeiros celulares com Windows 8.1 poderão baixar a atualização. Há ainda um terceiro grupo que receberá o novo Windows. Este, por sua vez, integra aqueles que não participaram do Windows Insider ou que não possuem o Windows 7 ou 8.1 para baixar o sistema de graça, como por exemplo os usuários de Windows Vista, XP ou versões anteriores.

Fonte: Windows Central

Leia as últimas do Windows 10: