Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como deixar o Windows mais seguro | 8 dicas

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 26 de Março de 2024 às 17h00

Link copiado!

Arnav Singhal/Unsplash
Arnav Singhal/Unsplash
Tudo sobre Microsoft

Você pode contar com diversas ferramentas e adotar algumas práticas para deixar o Windows mais seguro contra propagação de vírus, invasões hackers e outras situações que tiram o sono de qualquer um.

Tanto o Windows 10 quanto o 11 oferecem recursos muito úteis como remoção de anúncios, antivírus do próprio sistema, localizador do aparelho e criptografia. Vale destacar, no entanto, que algumas dessas ferramentas devem ser configuradas manualmente.

8 dicas para tornar o Windows mais seguro

Continua após a publicidade

Veja a seguir algumas dicas para tornar o seu Windows mais seguro e livre de todo tipo de ameaça digital.

1. Ative o Windows Defender

Ativar o Windows Defender é uma das dicas mais básicas para quem usa o sistema operacional da Microsoft. O antivírus integrado ao SO oferece uma camada essencial de proteção e é muito simples de ser habilitada.

Ao iniciar o aplicativo, você tem uma visão clara das funções que estão rodando no momento. Além disso, é possível ativar quaisquer outros recursos que ainda não estejam em uso, garantindo assim um nível de segurança extra para o seu computador.

Aprenda como ativar o antivirus:

  1. Clique no menu Iniciar
  2. Digite Windows Defender;
  3. Clique na opção “Windows Defender Firewall”;
  4. Ative as opções que julgar necessárias para proteger seu computador.

Além disso, você também pode abrir o menu Iniciar e clicar na opção correspondente a “Segurança do Windows”. Nela, é possível configurar recursos como proteção de contas e de redes, ativação do firewall e controle de apps e do navegador.

2. Crie senhas fortes

Continua após a publicidade

O Windows permite que você crie uma senha convencional ou PIN (Windows Hello) para bloquear o sistema enquanto você estiver ausente ou iniciando o computador pela primeira vez no dia, por exemplo.

Para alterar suas senhas, basta você fazer o seguinte caminho:

  1. Clique no menu Iniciar;
  2. Digite Senha;
  3. Selecione “Alterar sua senha”;
  4. Clique em “PIN” ou “Senha”;
  5. Prossiga com as etapas na tela.

Confira algumas recomendações para a criação de senhas seguras:

Continua após a publicidade
  • Na senha convencional, use no mínimo dez caracteres;
  • Alterne entre letras maiúsculas e minúsculas para aumentar a complexidade;
  • Inclua números e símbolos para fortalecer a segurança.

Além disso, é importante estar atento ao que evitar ao definir uma nova senha:

  • Não opte por senhas que já são usadas em outros sites e aplicativos.
  • Evite informações pessoais previsíveis demais, como sua data de aniversário, sobretudo na senha PIN;
  • Evite senhas muito simples ou excessivamente comuns, como “Windows123”.

O Windows também oferece outras formas de proteger o seu PC ou notebook, como desenho digital, chave de segurança e reconhecimento facial. Vale a pena fuçar essas alternativas às senhas convencionais.

Continua após a publicidade

3. Mantenha o Windows Update ativado

Para garantir mais segurança ao seu PC ou notebook, vale a pena manter o Windows Update sempre ativo. Dessa forma, você garantirá que sua máquina esteja sempre atualizada com as versões mais recentes do sistema operacional, mesmo após o software se tornar obsoleto ou deixar de receber suporte da MS.

As atualizações não apenas aprimoram os sistemas de segurança já existentes, mas também são importantes no combate contra vírus e softwares mal-intencionados que possam comprometer seus arquivos.

Para ativar o Windows Update, basta fazer o seguinte:

Continua após a publicidade
  1. Clique no menu Iniciar;
  2. Digite Windows Update;
  3. Selecione na opção “Verificar se há atualizações”;
  4. Ative a opção “Obtenha as atualizações mais recentes assim que elas estiverem disponíveis”.

Além disso, é possível clicar em “Opções avançadas” para automatizar outros itens ligados ao Windows Update, como receber atualizações para outros produtos da Microsoft, baixar updates sobre conexões limitadas e até mesmo programar um horário fixo para receber as novidades.

4. Ative a localização do seu aparelho

Um excelente recurso de segurança no Windows é o serviço de localização do dispositivo. Ele é projetado para ajudar na recuperação de um computador perdido ou roubado.

Continua após a publicidade

Com essa função habilitada, o sistema automaticamente envia um sinal para os servidores da Microsoft. Isso permite que a localização exata do dispositivo seja visualizada em tempo real através de uma página web específica.

Siga as instruções abaixo para ativar esse recurso:

  1. Clique no menu Iniciar;
  2. Digite Localizar meu dispositivo;
  3. Clique na opção correspondente e em habilitar o recurso.

Vale destacar que essa alteração exige que sua conta seja nível administrador. Em outras palavras, usuários padrões não podem ativar a função.

Continua após a publicidade

5. Desabilite anúncios personalizados

Alguns usuários do Windows consideram os anúncios personalizados um verdadeiro incômodo por invadirem sua privacidade com publicidade indesejada. Isso ocorre porque os desenvolvedores podem ter acesso aos seus dados para promover suas marcas ou aplicativos.

Nesse caso, se você realizar muitas pesquisas sobre um determinado assunto ou demonstrar interesse em páginas relacionadas, é provável que comece a visualizar anúncios baseados nesses interesses.

Veja como dar fim a esse tipo de conteúdo:

Continua após a publicidade
  1. Clique no menu Iniciar;
  2. Digite Configurações de privacidade;
  3. Clique na opção correspondente
  4. Desabilite a função “Permitir que os aplicativos me mostrem anúncios personalizados usando meu ID de publicidade”.

Essa janela também permite desabilitar outros mecanismos parecidos, como não permitir que os sites mostrem conteúdo local relevante usando sua lista de idiomas.

6. Revise o compartilhamento por proximidade

No Windows, a função de compartilhamento por proximidade permite o envio de arquivos para dispositivos próximos — o que “quebra um galho” permitindo mais fluidez ao transferir os conteúdos.

Continua após a publicidade

Para usar esse recurso de maneira segura, você pode ajustar as configurações para permitir conexões apenas de aparelhos que estejam autenticados com a sua conta Microsoft no seu computador.

Veja o que pode ser feito nesse quesito:

  1. Clique no menu Iniciar;
  2. Digite Compartilhar entre dispositivos;
  3. Selecione a opção correspondente
  4. Vá em “Compartilhar entre dispositivos”;
  5. Escolha a opção “Somente meus dispositivos”.

Se você não quiser compartilhar com nenhum outro aparelho, é possível simplesmente desativar a função dentro do último menu.

Continua após a publicidade

7. Ative a restauração de sistema

É muito importante configurar um ponto de restauração do sistema para permitir um reinício seguro em caso de falhas durante processos de configuração ou atualização ou até mesmo infecção por vírus.

Essa medida previne complicações futuras e garante a continuidade da operação do sistema de forma estável se der algum problema.

Aprenda a ativar:

  1. Clique no menu Iniciar;
  2. Digite Criar ponto de restauração;
  3. Clique na opção correspondente;
  4. Selecione a unidade onde o Windows está instalado;
  5. Selecione “Configurações”;
  6. Vá em “Ativar a proteção do sistema”;
  7. Clique em “OK” para começar o processo.

Veja detalhes sobre como gerar pontos de restauração no Windows, incluindo registros diários.