Apple Watch 6: rumores apontam Touch ID sob a tela e melhor resistência à água

Apple Watch 6: rumores apontam Touch ID sob a tela e melhor resistência à água

Por Alberto Rocha | 28 de Março de 2020 às 15h06
Reprodução

Ao que tudo indica, o Touch ID pode retornar com força aos dispositivos da Apple em 2020. Após rumores indicarem que o conhecido sistema de impressões digitais pode estar presente no iPhone 9/SE 2, o site israelense The Verifier afirma que o leitor biométrico virá equipado no Apple Watch de última geração junto a outras inovações importantes.

O relatório obtido pela fonte aponta que a companhia de Cupertino considera duas alternativas para o TouchID: implementar o leitor de digitais na Digital Crown ou sob a tela do wearable, o que seria novidade para os dispositivos da Apple, uma vez que a empresa segue apostando no reconhecimento facial.

Seja qual for a opção escolhida, a ideia é incentivar a utilização do Apple Pay a partir do dispositivo, além de oferecer maior praticidade e segurança aos usuários, principalmente aqueles que não gostam de digitar um PIN para realizar pagamentos móveis.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O documento cita ainda a presença de outros recursos esperados com o lançamento do WatchOS 7 como os comandos de voz “Hey Siri”, detecção de oxigênio no sangue, rastreamento nativo de sono e resistência à água aprimorada, uma vez que o Apple Watch Series 5 conta com classificação IPX7.

Em contrapartida, o relatório desmente outros rumores que davam conta da adoção de formato redondo no Apple Watch Series 6, tal como que a segunda geração do dispositivo não seria contemplada com a atualização para o WatchOS 7.

iPhone 5G deve chegar depois do esperado

Segundo informações do Business Insider, a pandemia do coronavírus pelo mundo pode não só postergar o lançamento do iPhone 9/SE 2, como também da sua nova linha de smartphones em 2020, que deve incluir o aguardado iPhone 5G, para até maio de 2021.

Com a paralisação das atividades de fábricas próprias e parceiras pelo mundo, principalmente na China, a Apple, assim como outras empresas de tecnologia, teve o fornecimento de peças e componentes afetados, atrasando todo o cronograma de produção e lançamento, que acontece tradicionalmente no mês de setembro.

Além disso, pegando o Galaxy S20 como exemplo, que segue com as vendas abaixo do esperado, a companhia estaria preocupada com o baixo interesse dos consumidores em trocar de aparelho em um momento delicado em todas as economias do mundo.

Fonte: GSMArena, Business Insider  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.