Tesla | Piloto Automático causa batida com dois carros estacionados

Tesla | Piloto Automático causa batida com dois carros estacionados

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 31 de Agosto de 2021 às 12h45
Divulgação/ Tesla

Ainda sob investigação nos Estados Unidos, o recurso de Piloto Automático (AutoPilot) da Tesla segue causando problemas e coloca a empresa em estado de alerta. Segundo as autoridades de Orlando, na Flórida, um Tesla Model 3 com o sistema de direção autônomo ativo colidiu com dois carros que estavam parados no acostamento de uma estrada, sendo que um deles era uma viatura da polícia.

Segundo a CNBC, a viatura realizava atendimento a um motorista que estava em um Mercedes GLK 350 em uma via interestadual de Orlando quando o Tesla Model 3 veio em alta velocidade e bateu lateralmente nos dois veículos. O motorista do carro elétrico disse ao policial que estava com o AutoPilot ligado, mas as investigações ainda vão dizer se o acidente foi causado pelo recurso.

É sempre bom lembrar que por mais que o AutoPilot seja um recurso bem feito e desenvolvido, ele não pode ser considerado uma ferramenta de direção 100% autônoma, já que não está no nível 5 no ranking de condução. O motorista deve sempre estar atento aos movimentos do carro e na movimentação da pista. O que espanta, porém, é que esta não é a primeira vez que um Tesla se envolve em um acidente com carros parados.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Tesla Model 3 é o carro mais vendido da montadora de Elon Musk (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Como citamos, o recurso está sob investigação do NHTSA (Administração Nacional de Segurança Rodoviária), órgão responsável pela segurança rodoviária nos Estados Unidos. O motivo seriam esses acidentes com carros parados ou viaturas nas bordas das estradas. Segundo a entidade, são 11 acidentes desse tipo desde 2018. O que motivou as autoridades a ficarem ainda mais de olho nos carros elétricos da marca.

A Tesla não se posicionou sobre o acidente em Orlando, mas já revelou algumas vezes o manual do AutoPilot, mostrando que ele não é capaz de identificar carros parados lateralmente. Resta saber, porém, se a montadora vai atualizar esse recurso para dar essa melhoria, já que a fase beta ainda continua.

Fonte: The Next Web

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.