Quantas startups de US$ 1 bilhão existem no mundo?

Quantas startups de US$ 1 bilhão existem no mundo?

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 06 de Setembro de 2021 às 21h00
(Imagem: Reprodução/ Inês Pimentel/Unsplash)

Embora os unicórnios tenham entrado no imaginário popular como animais raros e valiosos, o planeta Terra já conta com 805 deles. Pelo menos é o que diz o site CB Insights, que cataloga as startups do mundo que ganham o apelido por obterem valor de mercado a partir de R$ 1 bilhão (R$ 5,1 bilhões, na cotação atual).

Só nos oito primeiros meses de 2021, foram 324 empresas de inovação que atingiram este patamar. Em 2020 inteiro, foram 115, ou seja, menos da metade da quantidade desta temporada. E a diferença pode ficar ainda maior com os unicórnios que devem vir nos próximos quatro meses, o que mostra como 2021 foi pródigo para as startups.

Só no Brasil foram 21 unicórnios, sendo a Nuvemshop o nome mais recente. No entanto, nota-se a falta de alguns brasileiros na CB Insights, como Vtex e Pagseguro, o que indica que a lista esteja incompleta e pode ser ainda maior.

Bytedance (Imagem: Divulgação/ByteDance)

Como está ficando "fácil" ser unicórnio, já tem gente mirando no teto dos decacórnios, que são empresas com valor de mercado acima de US$ 10 bilhões (R$ 51,7 bilhões). Já são pelo menos 38 companhias nesse status, com nomes que vão da chinesa Bytedance, criadora do TikTok (US$ 140 bilhões!) à SpaceX (US$ 74 bilhões), Epic Games (US$ 28,7 bilhões) e a brasileira Nubank (US$ 30 bilhões).

Nos últimos meses, o Brasil viu algumas startups chegarem na casa do bilhão de dólares, como MadeiraMadeira (e-commerce de artigos do lar), Hotmart (plataforma para empreendedores) e Unico (biometria e documentos).

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.