Xiaomi anuncia versão global do Mi 11 com carregador na caixa; confira o preço

Por Diego Sousa | 08 de Fevereiro de 2021 às 10h13
Reprodução/Xiaomi
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Mi 11

Ficha técnica

A Xiaomi lançou nesta segunda-feira (8) a versão global do Mi 11, primeiro celular do mundo com Snapdragon 888. O aparelho chega ao mercado europeu com o que há de melhor em tela, desempenho e câmeras no portfólio da marca, com carregador na caixa e um preço mais atraente que o Galaxy S21 Ultra.

Principais características

A versão global do Mi 11 não muda em relação ao modelo lançado na China em dezembro de 2020. Ou seja, ela é equipada com uma tela AMOLED de 6,81 polegadas com resolução Quad HD+ (1.440 por 3.200 pixels) e visual levemente curvado. O aparelho também conta com suporte para taxa de atualização de 120 Hz e sensibilidade ao toque de 480 Hz, combinação que promete animações fluidas e resposta ao toque ainda mais rápida.

Por dentro, o Mi 11 mantém o Snapdragon 888, atualmente o chip mais potente do mercado. — segundo a Xiaomi, o Mi 11 com o novo processador alcançou 745.942 mil pontos na ferramenta de benchmark Antutu, maior pontuação já registrada na plataforma. Aliado a isso, o Mi 11 conta com versões com 8 GB de memória RAM no padrão LPDDR5, além de 128 GB e 256 GB de armazenamento em flash UFS 3.1.

No departamento de câmeras, o Mi 11 é equipado com três sensores, liderados pelo sensor HMX de 108 MP da Samsung. Esperava-se que o sensor escolhido fosse o HM2, que estreou recentemente em outro smartphone da Xiaomi, o Redmi Note 9 Pro 5G. Há, ainda, um sensor de 13 MP com lente ultragrande-angular e outro de 5 MP e lente macro.

(Imagem: Reproduução/Xiaomi)

Assim como sua versão chinesa, o Mi 11 global já sai de fábrica com a nova interface MIUI 12.5 rodando em cima do sistema operacional Android 11, que traz novas opções de wallpapers, sons de notificações e uso reduzido de memória para aplicativos do sistema. A skin também conta com vários recursos de privacidade, como proteção para a área de transferência.

Carregador na caixa?

A bateria do Mi 11 é de 4.600 mAh e ele terá suporte a carregamento de 55 W com fio e 50 W sem fio, combinação que promete menos tempo longe da tomada. Outra novidade é o suporte ao carregamento reverso, que permite recarregar outros aparelhos compatíveis com tecnologia de carregamento sem fio apenas os encostando na traseira do Mi 11. Diferente do Mi 11 chinês, o Mi 11 global inclui um carregador na caixa de 55 W.

Carregador de 55 W virá com o smartphone (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Preço e disponibilidade

A versão com 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno do Mi 11 global chegará ao mercado europeu por 749 euros, cerca de R$ 4,8 mil em conversão direta para a nossa moeda. Já o modelo com 8 GB de RAM e 256 GB de espaço interno sairá por 799 euros (R$ 5,1 mil). Os valores são bem mais atraentes que os do Galaxy S21 Plus e S21 Ultra.

A Xiaomi prometeu revelar quando o Mi 11 começará a ser vendido na Europa em breve.

Xiaomi Mi 11: ficha técnica

  • Tela: 6,81 polegadas AMOLED, 120 Hz adaptativa, Quad HD+
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888
  • Memória RAM: 8 GB ou 12 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB, 256 GB, 512 GB;
  • Câmera traseira: 108 MP (principal) + 13 MP (ultrawide) + 5 MP (macro);
  • Câmera frontal: 20 MP;
  • Dimensões: 164.3 x 74.6 x 8.1 mm (8.9 mm na opção com couro);
  • Peso: 196 g (vidro), 194 g (couro);
  • Bateria: 4.800 mAh
  • Extras: leitor de digitais sob a tela, recarga de 55 W, recarga sem fio, carregamento reverso;
  • Cores disponíveis: Black, White, Blue, Purple, Khaki;
  • Sistema operacional: Android 11 com interface MIUI 12.5.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.