Xiaomi deve ser a próxima a lançar celular com bateria de 6.000 mAh

Por Felipe Junqueira | 13 de Novembro de 2020 às 16h45
Benjamin Raffetseder/Unsplash
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Redmi Note 10

Ficha técnica

Depois de Samsung e Motorola, a próxima fabricante de celulares a entrar no time que oferece aparelhos com bateria de 6.000 mAh deve ser a Xiaomi. Segundo um novo vazamento, seguido por uma certificação em órgão chinês, um novo Redmi com bateria gigantesca está para ser lançado.

Quem trouxe a informação em um primeiro momento foi o já famoso vazador Digital Chat Station, em seu perfil na rede social Weibo — cujas publicação são replicadas no Twitter. De acordo com o informante, a Redmi vai lançar mais um aparelho 4G, com tela de 6,53 polegadas Full HD, câmera frontal de 8 MP e traseira tripla de 48 MP, processador octa-core e bateria de 6.000 mAh com carregamento de 22,5 W.

Em uma segunda postagem, são revelados mais detalhes sobre a plataforma, que é desconhecida, segundo o informante, mas tem quatro núcleos de 2 GHz Cortex-A73 mais outros quatro Cortex-A55 de 1,8 GHz, além da GPU Adreno 610. O que leva a crer que o celular em questão será equipado ou com o Snapdragon 662 ou o 665.

Pouco depois, um Redmi foi listado no TENAA, um dos órgãos que funciona como a Anatel na China. O modelo referência M2010J19SC tem bateria de 6.000 mAh e algumas fotos publicadas (galeria acima), além de mostrar opções de 4 GB a 8 GB de memória RAM e 64 GB até 256 GB de armazenamento, com o Android 10 instalado.

Como é possível ver nas fotos, a traseira tem módulo de câmeras semelhante ao que a Samsung vem usando em seus celulares, além do nome Redmi gigantesco escrito abaixo. Não dá para ver o leitor de impressão digital, que deve estar na lateral.

De acordo com rumores anteriores, esse é o Redmi Note 10 4G, que deve ser lançado globalmente em breve. Outro nome possível para o aparelho é Redmi 10, que poderia representar um bom salto em hardware para a linha mais acessível da Xiaomi. O dispositivo em questão é diferente do Redmi Note 9 5G, que deve ser lançado na China em breve, mas não está descartado que chegue por lá também como um Redmi Note 9.

Fonte: TENAA (via My Smart Price), Digital Chat Station/Weibo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.