Startup busca novo método de transferir arquivos pesados sem usar Wi-Fi

Por Redação | 16 de Agosto de 2017 às 17h29

Tony Fadell, um dos “pais” do iPod, da Apple, está trabalhando em uma startup em parceria com empresas de peso, como Samsung e Foxconn, para criar uma nova forma de se transferir arquivos pesados por meio de smartphones sem a utilização de fios, e também sem depender de uma conexão Wi-Fi.

A companhia, chamada Keyssa, já conseguiu arrecadar mais de 100 milhões de dólares para o andamento do projeto, que pretende desenvolver uma tecnologia em que os dispositivos serão capazes de compartilhar, entre si, arquivos grandes como filmes, por exemplo, em poucos segundos, bastando aproximar um aparelho do outro.

A ideia é eliminar, de vez, qualquer necessidade de se usar cabos para tal, e a tecnologia pode ser aplicada em larga escala tanto em smartphones e tablets, quanto em notebooks dois-em-um — aqueles cuja tela sensível ao toque é destacável.

Uma tecnologia parecida pode já ser apresentada ao mundo com a chegada do Essential Phone, desenvolvido por Andy Rubin, o criador do Android. A empresa chegou a declarar que o smartphone seria equipado com uma tecnologia diferente de compartilhamento de dados, mas não deu mais detalhes a respeito, até o momento.

Fonte: Reuters