Review Samsung Galaxy A02s | Ideal para quem procura o básico sem pagar caro

Por Diego Sousa | Editado por Wallace Moté | 09 de Junho de 2021 às 11h00
Ivo//Canaltech

Encontrar um celular interessante no Brasil abaixo dos R$ 1.000 não é uma tarefa fácil, portanto imagine a minha surpresa quando testei o Galaxy A02s, baratinho da Samsung. Em números, o aparelho não traz uma ficha técnica muito chamativa, mas, na prática, entrega um desempenho decente para quem procura apenas o básico e não quer gastar dinheiro em um intermediário.

O Galaxy A02s foi o meu celular principal nas últimas semanas e, nos próximos parágrafos, trago todas as minhas impressões sobre ele. Vale a pena apostar em um celular tão básico, ou investir um pouco mais em um aparelho mais completo é a melhor opção?

Prós

  • Visual de smartphone intermediário;
  • Construção robusta para a categoria básica;
  • Desempenho decente para jogos simples e redes sociais;
  • Câmera principal é simples, mas interessante;
  • Bateria de ótima duração.

Contras

  • Não tem desbloqueio por digitais;
  • Tem apenas 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento;
  • Wi-Fi traz apenas a frequência de 2,4 GHz;
  • Câmera macro e sensor de profundidade são inúteis.

Construção e design

O Galaxy A02s poderia se passar muito bem por um modelo intermediário das linhas Galaxy A e M: ele é todo construído em plástico, mas passa uma impressão robusta devido à bateria gigante de 5.000 mAh e a tela de 6,5 polegadas. A tampa traseira traz uma textura áspera e linhas diagonais que dão um efeito interessante quando refletidas na luz.

O modelo que testamos possui a cor vermelha — particularmente, a opção mais atraente —, mas também pode ser encontrado em tons mais neutros, como preto e azul. O módulo de câmeras, por sua vez, aposta no formato de “peça de dominó”, design mais interessante e atualizado em relação ao visual simples do Galaxy A01 Core.

O Galaxy A02s, surpreendentemente, traz uma construção decente e robusta (Imagem: Ivo/Canaltech)

Infelizmente, o Galaxy A02s não possui um sensor dedicado para desbloqueio por digitais, mas há a opção de desbloqueá-lo por reconhecimento facial — durante os testes, no entanto, não foram todas as situações em que o desbloqueio funcionou, fosse devido à limitação do próprio hardware ou pelo uso de máscara.

Na parte da frente, o A02s conta com bordas pretas bastante espessas, mas não incomoda devido à sua proposta mais básica. O notch em formato de gota, muito comum em modelos mais baratos, também está presente e abriga uma câmera frontal.

Construção e design são uns dos pontos fortes do Galaxy A02s. Visualmente, ele poderia muito bem se passar por um smartphone mais caro das linhas Galaxy A e M.

Conexões e slots

Conectividade não é o forte do Galaxy A02s, mas ele tem um conjunto tão interessante quanto ao de alguns modelos intermediários, como o Nokia 5.4. Ele traz suporte para o padrão de Wi-Fi 802.11 b/g/n com banda de 2,4 GHz, que não é tão rápida quanto visto em aparelhos compatíveis com Wi-Fi de 5 GHz. Durante os testes, inclusive, o smartphone não respondeu muito bem a transmissões ao vivo na Twitch em qualidade alta, mesmo conectado a uma internet de 300 Mbps de velocidade.

O baratinho também possui o Bluetooth 4.2, versão duas vezes mais lenta e quatro vezes menos ampla que a versão 5.0, presente em modelos básicos um pouco mais completos como o Galaxy A12. O NFC (Near Field Communication), tecnologia por proximidade que ficou bastante popular durante a pandemia de COVID-19, também não está presente, portanto nada de pagamentos por aproximação por aqui.

A boa notícia é que o smartphone traz uma gaveta na lateral esquerda com três espaços, sendo dois para chips de operadora e um para cartão de memória — ou seja, não será preciso escolher entre o segundo chip ou o cartão microSD. Na lateral inferior, há uma porta USB-C 2.0 para carregamento e transferência de dados, um conector de 3,5 milímetros (mm) para fones de ouvido e um único alto-falante.

Tela

O Galaxy A02s tem a mesma tela Galaxy A12: são 6,5 polegadas de tamanho com resolução HD+ e painel PLS TFT LCD. Assim como o irmão ligeiramente mais potente, o display do baratinho entrega boa reprodução de cores, ângulo de visão e brilho aceitáveis para a categoria mais simples.

A resolução mais baixa em uma tela tão grande não é muito boa para conteúdos multimídia em geral, pois prejudica a definição. No entanto, considerando o setor no qual o aparelho se encontra, a qualidade das imagens geralmente é muito boa, bastante superior em relação ao que é encontrado no Galaxy A02 e A01.

Tela do Galaxy A02s é a mesma do Galaxy A12, ou seja, muito boa para o segmento básico (Imagem: Ivo/Canaltech)

Por ser mais simples, não há taxa de atualização mais alta ou maior sensibilidade ao toque, características que vemos com muita frequência atualmente, mas vale mencionar um recurso de filtro de luz azul, que limita a quantidade de emissão de luz azul emitida pela tela e promete reduzir o esforço dos olhos.

Apesar ser um celular bastante básico, o Galaxy A02s traz tela HD+ de 6,5 polegadas com boa reprodução de cores e níveis de brilho aceitáveis.

Configurações e desempenho

Quando o assunto é desempenho, departamento geralmente onde os smartphones baratinhos derrapam, o Galaxy A02s foi uma grata surpresa. Ele roda o chip Snapdragon 450, um modelo básico da Qualcomm, com 3 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento interno, expansível via cartão de memória.

Apesar dos números teoricamente fracos em relação a outros smartphones à venda no Brasil, o desempenho não foi um problema — considerando o segmento básico, é claro. Diversos aplicativos populares, como Facebook, Twitter, Instagram, TikTok, YouTube, Spotify e Twitch não apresentaram muitos engasgos ou lentidões na abertura; a alternância entre eles também foi boa, mostrando uma boa utilização dos 3 GB de RAM.

Em jogos, o Galaxy A02s também teve performance interessante, embora valha considerar alguns pontos: naturalmente, títulos mais pesados não rodaram com boa qualidade, como Call of Duty e PUGB; Dead By Daylight, Genshin Impact e Asphalt 9, por outro lado, nem apareceram para baixar na Play Store por falta de compatibilidade com o hardware, o que só reforça que estamos falando de um smartphone bem básico.

No entanto, títulos mais simples, como Fruit Ninja, Crash On The Run, Subway Surfers, Hill Climb 2 e Jetpack Joyride tiveram desempenho sólido na maior parte do tempo, com apenas alguns engasgos em cenários com muitos detalhes.

Entretanto, é bom ter em mente que, apesar do desempenho decente do Galaxy A02s durante os testes, sua baixa quantidade de memória RAM e armazenamento interno pode se tornar um problema bem grande daqui a alguns meses, já que a tendência é que os aplicativos e jogos fiquem cada vez mais pesados.

O Galaxy A02s se mostrou um pequeno guerreiro durante os testes, mas sua baixa quantidade de RAM e armazenamento pode ser um problema.

Software e interface

O Galaxy A02s roda o sistema Android 10 sob a interface One UI Core 2.5, uma versão mais otimizada e simples da sua skin principal. Na gringa, o aparelho já começou a receber a atualização para o Android 11, mas, até a data de publicação desta análise, não havia chegado ao modelo brasileiro.

Os elogios à modificação da Samsung feitos em outras análises permanecem por aqui: os ícones continuam muito bonitos e as animações são fluidas. Em alguns momentos, notei engasgos pontuais ao retornar à tela inicial, mas não chegou a incomodar.

O sistema, apesar de simples, dispõe do tradicional modo escuro, o que é muito bem-vindo em um celular mais básico; nas configurações, também é possível reduzir as animações da interface, adicionar duas contas de um mesmo aplicativo ou ativar o modo de operação com uma mão, ideal para navegar em aparelhos de tela grande.

Câmera

Por se tratar de um celular bastante básico, seu conjunto fotográfico é inferior a de modelos intermediários mais acessíveis. Entretanto, ele até que me surpreendeu positivamente durante os testes. A câmera principal de 13 MP, na verdade, foi a grande surpresa, pois as outras duas, macro e profundidade, ambas de 2 MP, só fizeram número.

Galaxy A02s tem três câmeras traseiras, mas apenas uma presta (Imagem: Ivo/Canaltech)

Câmera principal

Atualmente, um sensor de 13 MP já não é tão comum no mercado devido à baixa resolução, mas o software de câmera do A02s consegue extrair o máximo dele a fim de entregar resultados, no mínimo, interessantes. Em ambientes com boa iluminação, os níveis de detalhes são bons, a definição é ok e as cores são vivas para a categoria básica. Por aqui, no entanto, pós-processamento da Samsung adiciona muito contraste às imagens, deixando áreas de sombra bastante escuras.

Devido à falta de um sensor com lente telefoto, o smartphone conta com um modo que recorta os 13 MP para oferecer um zoom digital de até 8x. Obviamente, os resultados não são nada bons com a aproximação máxima, mas dá para fazer bons cliques em 2x de zoom, pois a definição não se perde e a fidelidade de cores se mantém.

Câmera macro

Como comentei mais acima, a câmera com lente macro e o sensor de profundidade só encareceram o Galaxy A02s, pois não há razão de existirem. Com apenas 2 MP, os resultados são o que se espera de um sensor mais básico: definição precária, excesso de ruídos e cores lavadas.

Modo retrato

O Galaxy A02s possui o chamado foco dinâmico, que utiliza tanto o sensor de profundidade quanto o software para desfocar o fundo das imagens. Os resultados não são tão ruins para a categoria, mas percebi uma certa subexposição mesmo em boas condições de luz, além de falhas em torno do objeto principal.

Modo noturno

O smartphone não traz um modo noturno na câmera, por isso a recomendação é que você não tire fotos em ambientes escuros com o Galaxy A02s, a menos que seja a última opção. A definição, principalmente nos cantos das imagens, se perde, e os ruídos no centro aparecem com muita frequência.

Câmera frontal (selfies)

Com apenas 5 MP, a câmera frontal do Galaxy A02s não fica muito atrás da macro: a definição é muito baixa, assim como os ruídos são bastante presentes. Em ambientes ensolarados notei que o software estourou partes das imagens, deixando o céu todo branco. Quanto a cenários mais escuros, os resultados são piores, com ainda mais ruídos e cores lavadas.

Áudio

O Galaxy A02s traz apenas um alto-falante, localizado na moldura inferior do aparelho. No geral, os médios e agudos se sobressaem em todos os tipos de conteúdo, chegando a ser estridente no volume máximo. As vozes são as que mais se destacam, mesmo que de forma abafada e sem vida, e são ideais para lives e vídeos sem músicas, por exemplo. Em canções, o único alto-falante não consegue separar a instrumentação, resultando em uma "maçaroca" de sons.

O A02s tem um conector de 3,5 mm para fones de ouvido, mas eles não estão inclusos na caixa, o que é um ponto negativo considerando que o consumidor que procurar um celular básico não pretende gastar mais em acessórios.

Ainda assim, para quem possui um fone de ouvido largado em casa, a experiência sonora com o acessório é mais envolvente, principalmente devido à tecnologia Dolby Atmos, que melhora um pouco a qualidade das músicas.

Bateria e carregamento

Um dos principais destaques do Galaxy A02s é a sua bateria de 5.000 mAh. Devido ao processador menos potente, a tela HD+ e o conjunto fotográfico mais simples, o baratinho conseguiu aguentar pouco mais de dois dias longe da tomada, considerando apenas redes sociais, vídeos no YouTube e jogos ocasionalmente.

Reproduzindo um dia de uso normal, com 1h30 de reprodução vídeos no YouTube, 20 minutos de navegação em redes sociais, uma hora na Twitch e algumas pausas para fazer fotos, conectado ao Wi-Fi e com brilho no máximo, o celular saiu de 100% para 69%, uma marca muito boa.

Com relação ao carregamento, o smartphone suporta carregadores de até 15 W, mas a Samsung envia um adaptador de apenas 5 W de potência na caixa. A velocidade é bem abaixo dos padrões atuais; de 10% a 100%, levou-se mais de 2h20, um tempo enorme. Utilizando o carregador original do Galaxy S20 de 25 W, no entanto, a recarga foi um pouco melhor: cerca de 1h50.

Surpreendentemente, o Galaxy A02s chegou ao terceiro dia de uso moderado sem precisar de carga, marca excelente para a categoria.

Concorrentes diretos

O Galaxy A02s foi lançado em janeiro deste ano por R$ 1.399, um preço não tão convidativo levando em conta a ficha técnica bastante simples. Entretanto, na data de publicação desta análise, ele já podia ser encontrado por menos de R$ 900, o que é mais condizente com a sua proposta.

Nessa faixa de preço, o Galaxy A02s não tem muitos concorrentes à altura, mas vale citar o Moto E6i, que tem ficha técnica um pouco inferior, mas oferece uma interface em cima do Android 10 Go, sendo mais leve que a One UI 2.5 Core baseada no Android 10 tradicional.

Há, também, o próprio Galaxy A12, já analisado aqui no Canaltech, que tem especificações gerais melhores, porém um preço ligeiramente maior. Caso você não curta a interface da Samsung, o Moto E7 Plus pode ser uma boa opção, pois pode ser encontrado em algumas promoções abaixo de R$ 1.000.

Conclusão

O Galaxy A02s é um dos smartphones básicos mais interessantes à venda no Brasil. Ele traz tela gigante de boa qualidade, construção robusta e visual agradável para a categoria, além de desempenho suficiente para navegar em redes sociais e uma câmera principal decente.

O Galaxy A02s é um celular basicão muito competente, mas, se puder gastar um pouco mais, há outras opções melhores (Imagem: Ivo/Canaltech)

No entanto, sua combinação de 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno, embora não tenha sido um problema muito grande durante o período de testes, pode ser um ponto negativo se considerar o longo prazo, pois a tendência é que os aplicativos e jogos fiquem mais pesados com o passar do tempo. Se o smartphone tivesse, pelo menos, 4 GB de RAM e 64 GB de memória, seria mais interessante.

Vale mencionar, também, a falta de um leitor de impressões digitais, algo atualmente imprescindível para usar o aparelho com segurança, e de suporte ao Wi-Fi dual band, ideal para assistir a transmissões ao vivo com qualidade.

Caso você procure um celular básico apenas para navegar em redes sociais e não pode gastar mais do que R$ 900, o Galaxy A02s é a melhor opção à venda no Brasil. Agora, se você puder investir um pouco mais, dispositivos como Galaxy A12, Moto E7 Plus, Moto G9 Play e até o Redmi 9 são opções mais completas.

Curtiu o Samsung Galaxy A02s? Preparamos uma oferta especial para você no link abaixo:

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.