Realme GT Neo mostra ser bom custo-benefício em teste de câmeras

Realme GT Neo mostra ser bom custo-benefício em teste de câmeras

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 20 de Setembro de 2021 às 07h06
Divulgação/Realme

Oficializado pouco mais de um mês após o modelo original, o Realme GT Neo chegou com a proposta de oferecer a maior parte dos recursos do irmão mais robusto, mas a um preço mais acessível. O aparelho deixa a Qualcomm de lado para dar lugar ao chipset MediaTek Dimensity 1200, e se destaca pela presença de áudio estéreo, tela Super AMOLED de 120 Hz e bateria de 4.500 mAh com carregamento rápido de 50 W.

Seis meses depois de estrear no mercado global, o topo de linha básico da Realme foi submetido aos testes de câmera dos engenheiros do site DXOMARK. Com 105 pontos, o telefone mostra ser uma opção bastante sólida, com alto custo-benefício, especialmente se considerarmos que a qualidade das câmeras não é um dos focos do GT Neo.

Foco preciso, mas exposição instável

O Realme GT Neo traz três câmeras traseiras, com sensor principal de 64 MP, ultrawide de 8 MP e campo de visão de 119°, e lente macro de 2 MP. Segundo os especialistas, o aparelho tem como pontos positivos o balanço de branco relativamente neutro em cenários externos, bons detalhes em objetos próximos em cenas internas e boas condições de luz, foco automático preciso, além de boa exposição, alcance dinâmico amplo, ruído controlado e boas cores em vídeos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Realme GT Neo (Imagem: Divulgação/Realme)

Já entre as falhas encontradas estão instabilidades na exposição, tons de pele geralmente imprecisos em baixa luz, falta de detalhes e bordas suavizadas na lente ultra wide, efeito borrado não natural no modo bokeh, bem como foco automático lento e instável, falta de detalhes e artefatos de tonalidade em vídeos.

Exemplos de fotos

Segundo o DXOMARK, o Realme GT Neo consegue entregar bom balanço de branco em cenários externos na maior parte do tempo, mas a exposição pode ser instável (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
A lente ultra wide sofre com baixo nível de detalhes e cores imprecisas (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
O modo bokeh tem problemas com o cálculo de profundidade, e entrega um efeito borrado nada natural (Imagem: Reprodução/DXOMARK)

Exemplo de vídeo

Realme GT Neo: desempenho sólido pelo preço

Segundo o DXOMARK, apesar do foco em games e na qualidade da tela, o Realme GT Neo faz um trabalho decente com as câmeras, especialmente considerando a faixa de preço em que é posicionado. O dispositivo se posiciona muito bem na faixa de celulares Avançados do ranking do site, e consegue superar alguns aparelhos de renome, como o iPhone SE. Você confere a análise na íntegra neste link.

Realme GT Neo: ficha técnica

  • Tela: Super AMOLED de 6,43 polegadas, resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels, taxa de atualização de 120 Hz, amostragem de toque de 360 Hz
  • Chipset: MediaTek Dimensity 1200
  • Memória RAM: 6 GB, 8 GB ou 12 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB ou 256 GB
  • Câmera traseira: 64 MP (Principal, f/1.8) + 8 MP (Ultrawide, f/2.3, 119°) + 2 MP (Macro, f/2.4)
  • Câmera frontal: 16 MP (f/2.5)
  • Dimensões: 158,5 x 73,3 x 8,4 mm
  • Peso: 179 gramas
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido de 50 W
  • Extras: 5G, conector P2 para fones de ouvido, leitor de digitais sob o display, Bluetooth 5.1, Wi-Fi 6, som estéreo
  • Cores disponíveis: preto, prata e perolado
  • Sistema operacional: Android 11, sob a Realme UI 2.0

Fonte: DXOMARK

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.