Razer Phone 2 | Tudo que sabemos sobre o novo aparelho gamer

Por Wagner Wakka | 09 de Outubro de 2018 às 19h10
Canaltech
Tudo sobre

Razer

Saiba tudo sobre Razer

Ver mais

A Razer deve anunciar nesta quarta-feira (10) o Razer Phone 2, o seu novo smartphone. Embora a empresa faça muito mistério, já há muitos rumores aí no ar.

No começo de setembro, a companhia informou que estava desenvolvendo um novo smartphone para a linha, e que tal aparelho chegaria ainda este ano. Como a marca é especializada em periféricos para jogos, como teclados, mouses e outros produtos, então é de se esperar que a companhia mantenha seus smartphones também no setor.

No meio de setembro, ela enviou um convite para jornalistas sobre um evento no dia 10 de outubro, o qual será focado em aparelho móvel descrito como flagship e gaming.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Manter o que deu certo

O TechRadar disse ter contato com pessoas ligadas ao projeto que adiantam algumas informações sobre o aparelho. Segundo o site, ele deve manter o mesmo desenho do primeiro aparelho da linha. Outro que aposta nisso é o jornalista Evan Blass, conhecido por soltar vazamentos de informações em sua página no Twitter.

Ou seja, a cara do Razer Phone 2 deve ser a mesma do primeiro. Ou seja, nada de botões na parte da frente, apesar das faixas acima e abaixo da tela, bem como design reto nas laterais. Rumores apontam ainda que o aparelho deve chegar com a câmera centralizada na parte traseira.

Outra manutenção deve ser a tela com 120 Hz, voltada a um bom desempenho em jogos de ponta. Atualmente, a linha da Razer é a única que oferece esta configuração, considerada “ponto de cŕiticas positivas” segundo o CEO da empresa Ming-Liang Tan, em reunião com acionistas.

Mais parrudo

Se muita coisa por fora deve se manter, por dentro, o dispositivo pode ser bem diferente. Os rumores apontam para o Snapdragon 845, chip da Qualcomm com 2,8 GHz e oito núcleos capaz de dar a potência que jogos pedem. Para ajudar no conjunto, ele também manteria os 8 GB de RAM. Isso colocaria o aparelho com um chip semelhante ao do Galaxy S9, mas com uma capacidade de memória RAM acima do resto do mercado.

As informações de Blass dão conta de que a empresa também vai dar um ar mais gamer ao aparelho, trazendo o logo iluminado na parte de trás. O desenho usaria a tecnologia Chrome LED, que aparece na maioria dos periféricos da empresa. Com isso, o fundo poderia mudar de cor de acordo com notificações recebidas pelo usuário.

Ainda não há informações sobre o preço do aparelho, mas a expectativa é de que ele chegue custando na casa dos US$ 700 como seu antecessor, o que daria algo na casa dos R$ 2.600 (em conversão direta).

Fonte: TechRadar, Android Autority, Evan Bliss

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.