O que é feature phone? Saiba mais sobre os precursores dos smartphones

Por Ariane Velasco | 23 de Dezembro de 2019 às 08h43
Reprodução

Embora os celulares tenham se tornado muito tecnológicos e hoje contem com inúmeros recursos (a ponto de serem chamados de smartphones), a popularidade dos feature phones, aqueles celulares com menos recursos e vistos até mesmo como “retrô”, voltou a crescer. O tão saudado Nokia “tijolão”, por exemplo, é um deles, modelo cuja aclamação dos usuários se deu justamente pela dificuldade do aparelho em quebrar, mesmo caindo de alturas consideráveis. Além dele, novos modelos de feature phones passaram a surgir no mercado, como o Positivo P70 e o MP02, da empresa Punkt.

O que é um feature phone?

Em poucas palavras, é possível definir um feature phone como um celular simples, cujas finalidades incluem a realização de chamadas e o envio de mensagens de texto. Sem a possibilidade de tirar fotos com a qualidade de um smartphone, baixar um aplicativo e, no caso de alguns modelos, de acessar à Internet, esses aparelhos são iguais aos modelos lançados no início dos anos 2000.

Feature phones (Imagem: Reprodução)

Mas com tantos smartphones por aí, quais recursos e características levam uma pessoa a comprar um feature phone?

Feature phone: Preço acessível

Logo de cara, o que torna um feature phone em um objeto de desejo do consumidor é o seu preço baixo quando comparado a smartphones. Isso porque eles oferecem menos recursos que aparelhos mais tecnológicos.

O feature phone lançado pela Positivo, por exemplo, é compatível com conexão 4G, permite instalar Facebook e Instagram e custava, durante seu lançamento, apenas R$ 279. Embora inspirado por modelos celulares antigos, ele conta com algumas funcionalidades a mais (como a possibilidade de instalar os aplicativos mencionados), porém segue sendo bastante barato. O Nokia 3310, famoso “tijolão”, pode ser encontrado por pouco mais de R$ 300.

Se o que você procura, portanto, é um celular que possa realizar tarefas básicas e que não possua muita tecnologia, um feature phone pode ser o modelo ideal.

Feature phone Positivo P70 (Imagem: Divulgação)

Feature phone: cabe no seu bolso

O tamanho dos feature phones também é um fator que faz muitos clientes optarem por sua compra. Ao contrário dos smartphones, que costumam contar com telas cada vez maiores (uma vez que permitem acesso a aplicativos de streaming, como a Netflix), eles costumam ter telas de apenas 2 polegadas, como o P70 da Positivo (com 2,4 polegadas). Além disso, alguns deles possuem o estilo “flip”, que reduz ainda mais seu tamanho.

Feature phone LG G-360 (Imagem: Divulgação)

Feature phone: ausência de touchscreen

Os antigos aparelhos de celular contavam com teclados físicos, característica que começou a desaparecer depois do lançamento dos smartphones (afinal todos possuem tela sensível ao toque). Os feature phones que estão de volta ao mercado contam com o retorno das teclas clássicas, que contêm conjuntos de três ou mais letras e números em cada uma delas.

Xiaomi ZMI Z1, feature phone da Xiaomi (Imagem: Divulgação)

Feature phone: bateria com alta duração

Os feature phones, conforme já foi dito, não contam com tantos recursos como os smartphones e, justamente por isso, sua bateria costuma durar bem mais. O modelo 3310 da Nokia, por exemplo, pode ficar sem carregamento por 22 horas, e o novo 105 pode aguentar até 25 dias caso esteja em stand-by. O modelo da Punkt aguenta até 12 dias (porém somente em modo de espera) e o Samsung 1200 permanece com carga por até 1 mês.

A bateria de um feature phone dura muito mais do que a de smartphones (Imagem: Reprodução)

Feature phone: Armazenamento

Um ponto negativo sobre os feature phones é a sua capacidade de armazenamento, que costuma ser muito menor do que a dos smartphones. Os modelos que “imitam” os mais antigos são recomendados para quem deseja manter somente informações extremamente necessárias, uma vez que costumam ter somente 512 MB de armazenamento. Portanto, nada de guardar tantos arquivos assim no seu celular.

Os feature phones costumam ter menos armazenamento (Imagem: Reprodução)

Feature phone: câmera

Falando em fotos, o usuário de um feature phone deve se preparar para não tirar fotos com muita qualidade, uma vez que as câmeras desses celulares costumam ter uma resolução de somente 0.3MP. Além disso, elas só podem ser encontradas na parte traseira do aparelho, o que impede a tão famosa prática de tirar “selfies”.

Positivo P31: feature phone com câmera traseira (Imagem: Divulgação)

Feature phone: Resistência

Ao contrário dos smartphones, que costumam ser bem sensíveis, os feature phones são resistentes à queda, uma vez que suas telas são menos frágeis e seus hardwares menos sensíveis ao calor, areia, poeira, entre outros fatores.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.