Motorola teria um celular de entrada com tela de 90 Hz em desenvolvimento

Por Felipe Junqueira | 03 de Dezembro de 2020 às 13h10
StockSnap/Pixabay

A equipe de desenvolvimento da Motorola não para de criar novos celulares. Além do aparelho de codinome Nio, outros dois modelos foram descobertos com Android 11 e previsão de lançamento para 2021, com os nomes internos de Capri e Caprip (ou Capri Plus), sendo que o segundo ainda tem tela com taxa de atualização de 90 Hz.

Este modelo, que tem referência XT2129, é o que tem menos informações disponíveis no momento. Além da taxa de atualização para oferecer animações mais suaves e naturais, o aparelho conta com tela HD. Nâo há informações sobre seu processador, mas o Capri Plus pode ter duas versões de memória, sendo uma com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento e uma segunda opção de 6/128 GB, segundo as informações do site alemão Technik News.

O conjunto quádruplo de câmeras tem sensor principal OmniVision com 64 MP, auxiliado por uma ultra-wide de 13 MP e câmeras macro e de profundidade de 2 MP cada. Na frente, as selfies têm 13 MP.

Já o outro modelo, que deve ser mais barato e recebeu a referência XT2127, tem informações mais completas. O aparelho teria tela HD de 60 Hz com notch em gota e deve ser alimentado pela plataforma Snapdragon 460, mesma do Moto E7 Plus. O Capri ainda conta com 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento.

Seu conjunto de câmeras também já foi revelado, com quatro sensores na parte traseira, sendo o principal da Samsung, 48 MP, acompanhado por uma câmera ultrawide de 8 MP e uma macro e um sensor de profundidade de 2 MP cada. Na frente, as selfies serão feitas com uma câmera de 8 MP.

Uma representação do possível visual frontal do Motorola Capri (Imagem: Reprodução/TechnikNews/Mockup)

Bateria desconhecida

Ainda não há informações sobre o tamanho da tela e a capacidade da bateria desses dois aparelhos, nem imagens do design. O processador do Capri Plus também é desconhecido no momento. A publicação alemã ainda prevê que os modelos devem ser lançados com Android 11, NFC e suporte a dois chips de operadora.

Pelas características, tanto o Capri quanto o Caprip seriam inseridos numa faixa mais de entrada, beirando os smartphones intermediários. A faixa de preço no Brasil deve ficar entre R$ 1.000 e R$ 1.500, possivelmente passando um pouco disso no modelo Plus por conta da alta do dólar nos últimos meses.

Não há informações oficiais da Motorola sobre celulares ainda em desenvolvimento neste momento.

Fonte: Technik News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.