Moto E7 é anunciado com tela de 6,5 polegadas e câmera 48 megapixels

Moto E7 é anunciado com tela de 6,5 polegadas e câmera 48 megapixels

Por Rubens Eishima | 24 de Novembro de 2020 às 09h51
Divulgação/Motorola

A Motorola anunciou o novo integrante da sua família de celulares básicos. O Moto E7 à primeira vista pode até parecer mais do mesmo, mas representa um avanço significativo em relação ao E6, lançado há mais de um ano. Entre os destaques do novo smartphone estão a câmera dupla, com sensor principal de 48 megapixels, além da tela HD de 6,5 polegadas — praticamente uma polegada a mais que a geração anterior.

A sensação de novidade do Moto E7 se perde talvez pelo fato da Motorola ter anunciado primeiro o modelo Moto E7 Plus — estratégia curiosa já usada em outros celulares da marca. Enquanto o E6 hoje parece bem defasado, com bordas grossas ao redor da tela e câmera simples, a nova geração segue o padrão visual da fabricante.

Tela ampliada

A adoção de bordas discretas não apenas modernizou o Moto E7, como também resultou em um aumento considerável da área útil do componente. Enquanto o E6 tinha 5,5 polegadas, a geração 2020 traz 6,5 polegadas em uma tela HD+ com resolução de 720 por 1.600 pontos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

 Design do aparelho segue o estilo atual da Motorola e mostra um avanço em relação à geração anterior (Imagem: divulgação/Motorola)

A tela é interrompida apenas por uma borda compacta na parte inferior, além de um notch em “V” no topo. O recorte guarda a câmera de selfie de 5 megapixels, que oferece os recursos tradicionais, caso do efeito retrato.

Câmera múltipla

Outro avanço significativo em relação ao Moto E6 é o uso de uma câmera dupla — contra o sistema simples de 13 megapixels do modelo 2019. Além de mais sensores, o Moto E7 conta com uma resolução máxima de 48 MP na câmera principal que, apesar de contar com pixels menores, pode combiná-los em uma imagem de 12 megapixels.

Câmera principal pode combinar a informação de quatro pixels em um, para melhorar a nitidez das fotos (Imagem: divulgação/Motorola)

Já a segunda câmera combina um discreto sensor de 2 megapixels com uma lente macro, para tirar fotos de perto. O conjunto conta com recursos para panoramas, retratos (com fundo desfocado) e até fotos noturnas.

Receita básica

A parte de processamento do Moto E7 não traz grandes surpresas, contando com o chip básico MediaTek Helio G25 de oito núcleos. A quantidade de memória RAM (2 GB) e armazenamento (32 GB) não escondem que o modelo é voltado para o segmento de entrada, mas o espaço pode ser complementado com um cartão microSD de até 512 GB.

Leitor de digitais na traseira segue a fórmula tradicional da fabricante (Imagem: divulgação/Motorola)

Já a bateria de 4.000 mAh tem autonomia de até 36 horas, segundo a Motorola. A recarga fica conta de um carregador — de plugue USB-C, outro avanço em relação ao microUSB do Moto E6 — com potência de 10 W (mais rápido que o acessório de 5 W que a Apple dava “de brinde” aos seus clientes, por exemplo).

Disponibilidade e preço

Segundo a Motorola, o Moto E7 deve chegar “nas próximas semanas” às prateleiras na Ásia, Oriente Médio e América Latina, mas ainda não tem preço definido.

Motorola Moto E7: ficha técnica

  • Tela: 6,5 polegadas LCD IPS, resolução de 720 por 1.600 pixels;
  • Chipset: MediaTek Helio G25;
  • Memória RAM: 2 GB;
  • Armazenamento interno: 32 GB;
  • Câmera traseira: 48, 2 megapixels (principal, macro);
  • Câmera frontal: 5 megapixels;
  • Dimensões: 164,9 x 75,7 x 8,9 mm;
  • Peso: 180 gramas;
  • Bateria: 4.000 mAh, carregador com fio de 10 W;
  • Extras: entrada para fone de ouvido, leitor de digital na traseira;
  • Cores disponíveis: azul, cinza e coral;
  • Sistema operacional: Android 10.

Fonte: PhoneArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.