Os melhores celulares para reproduzir áudio em 2020

Por Rubens Eishima | 24 de Julho de 2020 às 20h00
Waves

Com cada vez mais pessoas consumindo filmes, séries e jogos no celular, duas categorias de componentes ganharam ainda mais importância. A primeira é a tela, claro, com opções na casa de sete polegadas, bordas finas e recursos como HDR (para melhorar a reprodução de contraste, brilho e cores) e taxas de atualização mais altas (ideal para games). Mas e quanto ao som? É um diferencial ou é "perfumaria"?

Aliás, antes de mais nada: não deixe responder a enquete presente no final do texto para dar a sua opinião a respeito deste tema.

Agora, aqui vai uma lista com os melhores celulares em termos de reprodução sonora. O ranking abaixo foi feito pelo site especializado DxOMark — conhecido também por suas avaliações de câmeras e que testa os celulares de acordo com os principais tipos de uso, incluindo os alto-falantes embutidos nos aparelhos.

Como é feita a avaliação?

O DxOMark leva em consideração diferentes critérios de acordo com o tipo de uso avaliado — sensação de localização dos sons em jogos e clareza da reprodução de vozes em filmes e séries, por exemplo.

Os dispositivos são analisados em cinco características: timbre, tridimensionalidade, dinâmica, artefatos e, claro, volume. As notas dadas não seguem uma escala fixa — ou seja, não tem um limite — e levam em conta que os componentes vão seguir melhorando pelos próximos anos, da mesma forma como tem acontecido nas câmeras.

Explicando melhor cada item abordado no teste do DxOMark, temos o seguinte:

  • Timbre — a qualidade de reprodução que permite distinguir sons na mesma frequência produzidos por diferentes tipos de objetos/instrumentos;
  • Tridimensionalidade — a capacidade de simular a origem do som no ambiente;
  • Dinâmica — a reprodução de som com a “energia” esperada para a gravação;
  • Artefatos — distorções e variações na reprodução de som;
  • Volume — não apenas o valor máximo, como também o mínimo (que deve ser audível) e a sua consistência ao ser ajustado pelo usuário.

10. Samsung Galaxy S20 Ultra — 69 pontos

O topo de linha da marca sul-coreana teve seu sistema de som preparado pelos especialistas da AKG, subsidiária da Samsung desde 2017. O S20 Ultra se destacou na reprodução tridimensional do som, que conta com certificação Dolby Atmos, bom volume e dinâmica, além de poucas distorções (artefatos) dos alto-falantes estéreo, portanto deve ser possível ouvir tudo da forma como o áudio foi pensado para ser consumido.

S20 Ultra não inclui saída para fones nem adaptador USB-C (imagem: Canaltech)

Entre os pontos negativos citados para o S20 Ultra estão a perda de definição com o volume baixo e a qualidade de reprodução de graves.

9. Asus ROG Phone 2 — 69

O smartphone gamer da ASUS lançado no ano passado ainda faz bonito em termos de som. Com alto-falantes frontais estéreo, cada um com seu próprio amplificador, o ROG Phone 2 possui certificação DTS:X (equivalente ao Dolby Atmos). Como era de se esperar, o ajuste de áudio foi pensado para o uso com jogos, destacando volume e tridimensionalidade de som.

ROG Phone 2 faz bonito em potência de som (imagem: Asus)

O modelo deixou um pouco a desejar em termos de reprodução de graves, além de apresentar distorções em volumes mais altos.

8. Apple iPhone SE (2020) — 70

O intermediário da Apple em 2020 herda a carcaça do iPhone 8, mas oferece boa parte das especificações da linha iPhone 11. Apesar do volume máximo inferior à concorrência, o celular apresentou um bom equilíbrio na reprodução de áudio, poucos artefatos e boa definição em toda a faixa de volume.

iPhone SE inverte canais de áudio no app de música (imagem: Apple)

O teste do DxOMark identificou curiosamente que o iPhone SE, assim como os modelos avaliados da linha iPhone 11, inverte os canais de som no aplicativo de música quando o celular está na orientação paisagem (horizontal) — ou seja, o que era para sair de um lado, sai de outro.

7. Apple iPhone 11 Pro Max — 71

Topo de linha da Apple, o iPhone 11 Pro Max fez bonito no teste de som. Apesar de ter ficado abaixo do seu antecessor (o XS Max), o celular "profissional" lançado em 2019 se destacou curiosamente em games, mas foi bem avaliado também em filmes e música.

Pro Gamer? (imagem: Apple)

Assim como o iPhone SE 2020, o 11 Pro Max também inverteu os canais de som ao tocar música, e perdeu pontos para o XS Max por apresentar mais artefatos.

6. Apple iPhone 11 — 71

Diferenciados principalmente pelo sistema de câmeras, o iPhone 11 registrou a mesma pontuação que o 11 Pro Max em termos de áudio. Os modelos apresentam os mesmos componentes para o sistema de som, incluindo os alto-falantes estéreo.

iPhone 11 chegou muito perto do top 5 (imagem: Canaltech)

Da mesma forma, tanto os pontos positivos quanto os negativos do 11 Pro Max se aplicam ao iPhone 11, incluindo o destaque em games.

5. Oppo Find X2 Pro — 74

O topo de linha da chinesa OPPO repetiu em áudio a boa avaliação que teve em sua câmera — que chegou a liderar o ranking fotográfico antes de ser superado pelo Huawei P40 Pro e Honor 30 Pro+. O Find X2 Pro se destacou pelos poucos artefatos de som, boa reprodução em filmes e games, além da potência nos graves e tridimensionalidade.

Find X2 Pro está no top 10 de câmeras e áudio (imagem: Oppo)

Por outro lado, a definição dos graves deixou um pouco a desejar frente aos concorrentes da lista, sendo avaliada como “abafada”.

4. Apple iPhone XS Max — 74

O melhor modelo da Apple na lista foi lançado em 2018. O teste do XS Max revelou notas altas em todas as categorias, com bom desempenho em definição de som, volume, tridimensionalidade e artefatos.

iPhone XS Max não faz feio perto de modelos mais recentes (imagem: Apple)

O único ponto em que o topo de linha da Apple de dois anos atrás foi superado pelos rivais é a reprodução de graves, mas por uma margem relativamente pequena.

3. Huawei Mate 20 X — 75

Outro “veterano” da lista, o Mate 20 X foi lançado no final de 2018 assim como o iPhone XS Max. O smartphone premium da Huawei só foi superado recentemente no ranking do DxOMark pelos modelos Mi 10 Pro e ROG Phone 3 (este último apresentado oficialmente nesta semana).

Mate20 X é o melhor Huawei da lista (imagem: Huawei/reprodução)

O Mate 20 X perdeu pontos apenas na reprodução de som em games e por apresentar um pouco de distorção com o volume alto, um problema constante mesmo entre alguns dos aparelhos mais caros do mercado na atualidade.

2. Asus ROG Phone 3 — 75

Lançado no fim de julho de 2020, o ROG Phone 3 já teve seu sistema de som testado e não decepcionou. O novo smartphone gamer da Asus não só superou o seu antecessor (que segue no top 10 de áudio), como chegou muito perto de liderar o ranking. O modelo apresentou notas excelentes em todos os quesitos e se destacou até mesmo em detalhes, como ser “praticamente impossível” obstruir os alto-falantes.

Modelo da Asus para jogos chegou perto de tomar o topo do ranking (imagem: Asus)

O smartphone da ASUS só não tomou a primeira colocação da lista por ficar um pouco abaixo do Xiaomi Mi 10 Pro na reprodução de graves.

1. Xiaomi Mi 10 Pro — 76

O principal lançamento da Xiaomi em 2020 lidera o ranking de áudio do DxOMark após um desempenho medíocre do modelo Mi Note 10. O Mi 10 Pro apresentou boas notas em todos os quesitos de reprodução de som, apesar de não ser o modelo com o volume mais alto avaliado pelo site.

Marca chinesa resolveu falhas de antecessores e superou rivais em áudio (imagem: Xiaomi)

O único ponto negativo encontrado no teste foi que, durante o uso com games na orientação horizontal, os alto-falantes podem ser facilmente obstruídos pelas mãos do usuário. Mas isso se tornou um pequeno detalhe diante do desempenho superior do Mi 10 Pro em relação aos seus principais concorrentes de 2020 (até agora, pelo menos).

Enquete

Agora é a sua vez: na hora de comprar um celular novo, você pagaria mais caro por um modelo com alto-falante melhor? Responda a nossa enquete no Twitter (e aproveita para seguir o Canaltech por lá).

Fonte: DxOMark

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.