Huawei Mate 40 tem GPU de 24 núcleos identificada

Por Rubens Eishima | 20 de Outubro de 2020 às 14h05
C4Tech2/Twitter
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Mate 40 Pro 5G

Ficha técnica

Com a proximidade do lançamento da linha Mate 40, as especificações do processador usado no smartphone premium da Huawei começam a aparecer na internet. Desta vez, a configuração da aceleradora gráfica integrada foi revelada pelo aplicativo Geekbench. O aguardado Kirin 9000 foi identificado com 24 núcleos da GPU ARM Mali-G78 e o benchmark mostrou um salto considerável de desempenho no novo chip em relação ao atual Kirin 990.

A HiSilicon — subsidiária da Huawei que desenvolve os processadores Kirin — tradicionalmente utiliza os núcleos de CPU e GPU da britânica ARM, recém-adquirida pela norte-americana Nvidia. Enquanto o processamento fica a cargo dos núcleos Cortex, a parte gráfica conta com os núcleos Mali.

O modelo Mali-G78 foi anunciado em maio, junto com as novas CPUs Cortex-A78 e Cortex-X1. A ARM divulgou que o novo núcleo gráfico oferece um desempenho 25% superior à GPU Mali-G77, que por sua vez trouxe um aumento de 40% em relação à Mali-G76 usada no processador Kirin 990 a bordo do Huawei Mate 30.

Mate 30 registrou cerca de 4.900 pontos no mesmo teste (Imagem: reprodução/Geekbench)

No teste de processamento com o sistema OpenCL no Geekbench, o Kirin 9000 registrou 6.430 pontos, mais de 30% superior aos resultados obtidos pelo smartphone Mate 30 na mesma avaliação.

O aparelho usado no teste é o mesmo “NOX-NH9” que já tinha registrado pontuação suficiente para liderar o ranking do Geekbench. Acredita-se que por trás do codinome esteja o Mate 40, que tem lançamento anunciado para esta quinta-feira (22) e, devido às sanções dos EUA contra a Huawei, pode ser o último modelo da linha a contar com os chips Kirin.

Câmera octogonal e "Motion Sense"

Além da listagem da GPU, o Mate 40 teve uma série de fotos publicadas nas redes sociais. As imagens mostram o formato octogonal sugerido em um dos convites para o lançamento do celular.

As fotos compartilhadas originalmente na rede social chinesa Weibo, indicam que o módulo octogonal será utilizado pela versão topo de linha do Mate 40, que recebe a assinatura do estúdio Porsche Design.

Os modelos Mate 40, Mate 40 Pro e Mate 40 Pro+ devem contar com um módulo circular, já revelados anteriormente. A diferenciação das versões poderá ser vista na quantidade de câmeras instaladas no conjunto, que deve incluir três, quatro e cinco sensores, respectivamente. O formato circular da câmera nos modelos parece ter sido adiantada em algumas publicações do perfil da fabricante nas redes sociais, incluindo o novo convite para o evento de lançamento:

Para completar, outro perfil oficial da Huawei no Twitter divulgou uma série de vídeos destacando recursos como recarga rápida e câmera do Mate 40. A publicação que mais chama a atenção, porém, sugere um sistema de controle por gestos — não muito diferente do que o Google tentou com o recurso Motion Sense no Pixel 4 ou o AirMotion do LG G8:

Ao que tudo indica, a Huawei irá mostrar a que veio com o Mate 40, com tudo o que a fabricante tem de melhor. Para os próximos semestres pairam dúvidas sobre a capacidade da empresa de desenvolver novos aparelhos premium, em virtude do embargo norte-americano e sua aplicação aos diversos fornecedores de componentes.

Fonte: GeekbenchHuaweiCentral

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.