Honor View 20 mostra o poder das câmeras de 48 MP em lançamento na Europa

Por Rafael Rodrigues da Silva | 22 de Janeiro de 2019 às 19h04
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Honor View 20

Ficha técnica

Em um evento em Paris nesta terça-feira (22), a Huawei anunciou o Honor View 20, o primeiro smartphone a utilizar o IMX586, a nova tecnologia para sensores de câmera da Sony, que é a primeira a oferecer fotos em resoluções de 48MP — um valor muito maior do que o que costumamos encontrar nos smartphones de ponta atuais. Mas a dúvida é: essa maior quantidade de pixels faz diferença na hora de tirar fotos?

No geral, a resposta é sim, já que sob as condições certas o aparelho tira fotos impressionantes com muito mais riqueza de detalhes do que o uma câmera convencional de smartphone. Mas é preciso atentar na questão de “sob as condições certas”, pois fora delas o aparelho não é muito diferente de outros smartphones de ponta que já estão no mercado.

Isso acontece porque, no modo padrão, a câmera do View 20 é uma câmera de 12MP com um sensor de 1.6 micron pixels. Mas, ainda que a resolução efetiva seja a de 12MP, a câmera possui tecnologia para converter as imagens tiradas em uma de 48MP caso o local esteja bem iluminado, ou então é possível utilizar as capacidades de aprendizado de máquina do processador Kirin 980 para que a câmera capture diversas fotos do mesmo local e as combine em uma única imagem de 48MP.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para comparação, temos duas imagens da Tokyo Skytree tiradas às duas da tarde com um céu sem nuvens — condições ideais para a fotografia perfeita. A primeira foto foi tirada com o Honor View 20, enquanto na segunda foi utilizado um iPhone XS Max.

Imagem capturada pela câmera do Honor View 20 (Imagem: Sam Byford/The Verge)
Imagem do mesmo local e sob as mesmas condições capturada pelo iPhone XS Max (Imagem: Sam Byford/The Verge)

Ainda que a “melhor foto” dependa do gosto pessoal é possível ver um contraste e riqueza de detalhes maior na foto tirada pelo View 20 — é só prestar atenção no gradiente das cores do céu, que simplesmente não existe na imagem feita pelo iPhone.

Outra comparação é no nível de detalhe da foto em 48MP feita através da IA do aparelho contra uma foto tirada pelo iPhone XS Max, que possui uma lente teleobjetiva que não existe no smartphone da Honor. Ao se aproximar da torre que fica no fundo da foto, é incrível o nível de detalhes que o smartphone da Honor consegue atingir sem usar nenhum tipo de lente de aproximação.

Detalhes mostrados ao dar zoom na foto tirada com o Huawei V20 (Imagem: Sam Byford/The Verge)
Detalhes mostrados ao dar zoom na foto tirada com o iPhone XS Max V20 (Imagem: Sam Byford/The Verge)

Por causa do modo como funciona a IA do aparelho, o sistema de fotos em 48MP do View 20 não funciona muito bem para fotografar objetos em alta velocidade (como um carro, por exemplo) criando um efeito de rolling shutter na foto. Já em objetos que se movem em velocidades menores (como pedestres, bicicletas e barcos) é possível tirar fotos sem nenhum problema.

Em objetos de movimento lento e uniforme, o Honor View 20 consegue tirar fotos de 48MP de maneira perfeita (Imagem: Sam Byford/The Verge)
Já em situações com objetos em alta velocidade, usar o modo de 48MP do Honor View 20 acaba causando efeito de rolling shutter na foto (Imagem: Sam Byford/The Verge)

O aparelho possui também um modo noturno, mas esse não é muito bom e não funciona com o modo de 48MP, que precisa estar em ambientes bem iluminados para tirar fotos com a maior qualidade que o aparelho pode proporcionar.

O honor View 20 já havia sido anunciado na China em dezembro de 2018, mas nesta terça-feira (22) a empresa fez o lançamento mundial do modelo, que além da nova câmera também inova ao não utilizar um notch, usando um apenas um “buraco” na tela do aparelho no local onde a câmera frontal está alojada.

O aparelho também possui tela de 6,4 polegadas, processador Kirin 980 (o mesmo utilizado no Mate 20 da Huawei), sistema operacional Android 9 Pie de fábrica e ainda mantém o uso do conector de 3,5mm para fones de ouvido. O aparelho já está em pré-venda na Europa, e pode ser comprado em dois modelos: um de 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento que custa € 569,90 (aproximadamente R$ 2470) e um de 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento que custa € 669,90 (aproximadamente R$ 2903).

Honor Watch

Honor Watch (Imagem:Honor) 

Além de anunciar o início das vendas do View 20 na Europa, o evento de Paris também anunciou a chegada do Honor Watch ao continente, sendo o primeiro local fora da China que o aparelho, que foi lançado em outubro de 2018, será vendido.

O Honor Watch tem apenas 9,8 mm de espessura (mais fino que o Apple Watch) e é totalmente à prova d’água, sendo possível entrar na piscina com ele e mergulhar em profundidades de até 50m sem que ele pare de funcionar. Ele ainda possui um monitor cardíaco e GPS embutidos, que podem ser acessados por uma interface igual à do Huawei Watch GT. A empresa ainda garante que a bateria do dispositivo funciona por até uma semana com uma única carga - mesmo deixando o monitor cardíaco ligado por 24h — o que é uma ótima notícia caso seja mesmo verdade.

O aparelho começará a ser vendido nesta quarta-feira (23) em diversos países da Europa (incluindo a Inglaterra) por um preço inicial de € 179 (aproximadamente R$ 775).

Fonte: The Verge, TechRadar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.