Guia completo: perdi meu celular, e agora?

Por Douglas Ciriaco

De repente, você colocou a mão no bolso, vasculhou a sua bolsa e percebeu que o seu smartphone não estava mais ali. O passo seguinte, antes de começar a pensar no que fazer de fato, é tentar refazer os últimos passos a fim de relembrar onde o aparelho possa estar, até que se esgotam todas as possibilidades e você se dá conta de que perdeu o celular.

Se ele foi roubado ou perdido, não importa; na impossibilidade de recuperá-lo, é preciso começar a pensar no que fazer. Atualmente, os principais sistemas operacionais contam com recursos avançados para localização, bloqueio e até mesmo exclusão completa de seus dados de um gadget, tudo isso de maneira remota e acessível a partir de qualquer dispositivo conectado à internet (PC, tablet ou smartphone).

Então, caso isso aconteça contigo, é bom manter os nervos no lugar e ficar atento a uma série de ações que podem e devem ser tomadas para que você reduza ao máximo os transtornos de um evento como este. Para ajudar, nós preparamos uma espécie de guia com todos os passos; confira.

Passo 01: tente localizar o aparelho

Se as buscas “no mundo real” não deram certo, uma boa opção é recorrer aos mecanismos digitais. Android, iOS e Windows Phone possuem recursos específicos para você tentar localizar um gadget perdido. Então, confira nos links abaixo como fazer isso:

Este sistema é bem básico e pode ser acessado a partir de outros dispositivos ou mesmo da web. Assim, você tem uma última tentativa de obter uma localização aproximada do seu gadget.

Passo 02: bloqueando o acesso ao aparelho

Caso não tenha sido possível encontrá-lo, a primeira opção é bloquear o acesso ao gadget. Essa função serve para adicionar uma senha de acesso à tela inicial, ou seja, se você já definiu um código de acesso para o seu gadget (a senha que você usa para destravar a tela), pule esta etapa.

Se não, siga as seguintes instruções:

  • Android: acesse o site google.com/android/devicemanager e faça login com a mesma conta utilizada em seu dispositivo portátil. Ao concluir o acesso, use a opção “Bloquear” para definir uma nova senha de bloqueio para o seu aparelho;
  • iPhone: acesse o site icloud.com/find e faça login com a mesma conta utilizada em seu dispositivo móvel. Ao acessar o serviço, ative a opção “Modo Perdido” para definir uma nova senha e bloquear o acesso ao gadget;
  • Windows Phone: acesse o site account.microsoft.com/devices e faça login com a mesma conta utilizada em seu dispositivo móvel. Lá, clique em “Bloquear” e siga as instruções para definir uma nova senha de acesso ao seu gadget.

Passo 03: encerre sessões de seus aplicativos e mude a senha

Uma das funções mais interessantes presentes em aplicativos de e-mails e redes sociais é a possibilidade de encerrar uma sessão ativa de maneira remota. Isto é, você acessa Gmail ou Facebook, por exemplo, e pode deslogar de todas os outros aparelhos em que estava logado.

Assim, você garante que quem encontrou o seu celular não terá como acessar a sua conta de e-mail ou das redes sociais, algo essencial para manter sua privacidade e sua segurança.

Encerrar sessões do Facebook

Faça login em sua conta do Facebook em um navegador e acesse as configurações de segurança do seu perfil — clique aqui para ir direto até lá. Na tela em questão, encontre a opção “Onde você está conectado” para ver todos os dispositivos e navegadores no qual você fez login e manteve sessão ativa.

Encerrar sessão no Facebook

Clique em “Editar” e, depois, em “Encerrar todas as atividades”.

Encerrar sessão no Facebook

Isso é o suficiente para você deslogar de todos os demais dispositivos.

Removendo acesso de sua conta Google

O Google conta com uma opção bastante prática para você encerrar a sua sessão de um dispositivo portátil no qual foi logado. Acesse as configurações de sua conta, vá até as opções de segurança e, então, clique em “Notificações e atividades do dispositivo” e clique em “Consultar dispositivos”.

Remover acesso do Google

Na página seguinte, clique sobre o dispositivo que foi perdido ou roubado e então pressione o botão “Remover” para retirar o acesso à sua conta do Google por aquele aparelho. Vale lembrar que, ao fazer isso, você torna impossível bloquear (passo 02) ou apagar todo o conteúdo do seu gadget remotamente (passo 04).

Remover acesso do Google

Certifique-se de verificar todas as possibilidades antes de tomar tais medidas.

Altere suas senhas

Outros serviços como Twitter, Instagram e LinkedIn não possuem a mesma função que o Facebook (o Gmail tem, porém, ela não funciona para logout remoto de sessões abertas no mobile). Então, neste caso, o melhor a fazer é alterar a senha de cada serviço que não pode ser deslogado.

Essa função é sempre bem acessível e está disponível nas configurações de segurança de cada serviço. Alterar esta informação é essencial para manter a privacidade de seus dados.

Passo 04: apague todos os seus dados

A mais drásticas de todas as medidas é um recurso viável para quando você não tem mais nenhuma chance de recuperação de seu aparelho. Os três principais sistemas mobile da atualidade contam com uma função assim, permitindo que você apague todas as suas informações — de contatos a logins e fotografias — de maneira definitiva.

Nesta opção, o gadget é restaurado ao modo de fábrica e inclusive o bloqueio que você criou é removido, permitido a outra pessoa usar o celular normalmente — a não ser que você tenha bloqueado o aparelho junto a operadora, como sugerido no passo 05. Aprenda a fazer isso em cada sistema:

  • Android: acesse o site google.com/android/devicemanager e faça login com a mesma conta utilizada em seu dispositivo portátil. Ao concluir o acesso, use a opção “Apagar” para enviar uma solicitação de remoção de todo o seu conteúdo do aparelho.
  • iPhone: acesse o site icloud.com/find e faça login com a mesma conta utilizada em seu dispositivo móvel. Lá, clique sobre a opção “Apagar iPhone” para que todo o seu conteúdo seja removido e ele volte ao estado original;
  • Windows Phone: acesse o site account.microsoft.com/devicest e faça login com a mesma conta utilizada em seu dispositivo móvel. Lá, clique em “Apagar” e siga as instruções para concluir a remoção completa do seu conteúdo, deixando o aparelho zerado novamente.

Passo 05: bloqueando o seu número de telefone

Uma das ações mais importantes a serem tomadas quando você perde um telefone celular é bloquear o número do telefone. Isso é essencial porque o número está vinculado ao seu CPF, ou seja, caso ele seja usado para cometer algum crime ou fraude, isso pode dar problemas para você.

É lógico que, futuramente, sempre haverá como provar a sua inocência, mas é sempre bom evitar esse tipo de risco. Além disso, há ainda o fato de que a sua linha de telefonia móvel pode ser com conta, ter um plano estilo controle ou mesmo ter créditos pré-pagos: se não for bloqueada, quem encontrar o seu aparelho pode usufruir destes benefícios e o seu prejuízo será ainda maior.

Então, dirija-se a uma loja ou entre em contato com a sua operadora via telefone. Confira:

Claro

  • Ligação a partir do celular: *525
  • Ligação a partir de qualquer aparelho: 1052
  • Encontrar a loja mais próxima: clique aqui

Nextel

  • Ligação a partir do celular: *610 (Nextel pós) | *613 (Nextel pré)
  • Ligação a partir de qualquer aparelho: 1050 ou (11) 4004-6611
  • Encontrar a loja mais próxima: clique aqui

Oi

  • Ligação a partir do celular: *144
  • Ligação a partir de qualquer aparelho: 1057
  • Encontrar a loja mais próxima: clique aqui

Tim

  • Ligação a partir do celular: *144
  • Ligação a partir de qualquer aparelho: 1056
  • Encontrar a loja mais próxima: clique aqui

Vivo

  • Ligação a partir do celular: *8486
  • Ligação a partir de qualquer aparelho: 1058
  • Encontrar a loja mais próxima: clique aqui

Passo 06: bloqueando o aparelho definitivamente junto a operadora

As operadoras de telefonia móvel contam com recursos para bloquear em definitivo o funcionamento de um aparelho telefônico. Isso é possível para fins de prevenção de roubo, pois é possível inutilizar completamente um aparelho ao retirar suas funções de conexão com a internet e com redes de telefonia.

Para fazer isso, você precisa do número do IMEI do aparelho, normalmente disponível na nota fiscal de compra ou na caixa do gadget. Outra opção é abrir o discador do seu aparelho e digitar a sequência *#06# para que o número do IMEI apareça na tela (fazer isso e manter o código anotado em um lugar seguro é uma boa opção).

Além disso, Google e Apple oferecem outros recursos para que seus clientes encontrem o IMEI de seus smartphones de outra maneira. Confira as instruções para obter o IMEI de seu aparelho conforme o sistema operacional:

Android | iOS

Além do número do IMEI, muitas operadoras exigem que você apresente um boletim de ocorrência (de perda, furto ou roubo do aparelho). Então, confira com junto à central de atendimento da operadora quais são os documentos necessários para que você proceda com tal bloqueio.