Galaxy S21 Ultra deve vir equipado com processador Exynos 1000 e GPU da AMD

Por Alberto Rocha | 26 de Julho de 2020 às 16h33
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

A linha Galaxy S20 foi apresentada em março deste ano, em meio a pandemia de COVID-19, e trouxe várias mudanças importantes para a principal linha de smartphones da Samsung, como o conjunto de câmeras premium e compatibilidade com redes 5G (apenas os modelos internacionais). Com os principais lançamentos da fabricante coreana para este ano programados para serem apresentados no próximo Unpacked, em 5 de agosto, já começam surgir rumores sobre o Galaxy S21, que deve ser anunciado somente no primeiro semestre do ano que vem.

De acordo com informações do leaker MauriQHD, em publicação feita em sua conta no Twitter, no último sábado (25), apenas o Galaxy S21 Ultra deve contar com o Exynos 1000, processador esse que marcará a estreia de uma GPU da AMD em chipsets da Samsung. Na postagem, o mesmo cita ainda que a versão flat do S21 será equipada com o Exynos 991 ou 992, mantendo a taxa de atualização da tela em 60Hz para reduzir os custos no varejo. O S21 Plus, por sua vez, segue sem definição.

Exynos pode ser aposentado

Na mesma publicação, o vazador vai além das previsões e aponta que a Samsung está disposta a deixar para trás a má fama de que os processadores Exynos não têm o mesmo nível de otimização dos concorrentes, aproveitando a parceria com a AMD para mudar o nome da sua linha de chipsets. Apesar da decisão parecer interessante para o novo posicionamento da marca, a ideia não é defendida por alguns setores da empresa.

Além disso, caso o Exynos 1000 seja um sucesso entre a crítica e usuários, há uma grande possibilidade da fabricante sul-coreana deixar de lançar smartphones com os chipstes Snapdragon da Qualcomm em regiões específicas como os EUA e China, por exemplo.

Vale ressaltar que outros rumores já apontavam que a Samsung desistiu do Snapdragon 875 por considerá-lo muito caro, buscando assim outras alternativas. Contudo, seja qual for a decisão da Samsung em relação ao hardware dos aparelhos, ainda há muito tempo pela frente até o lançamento do Galaxy S21 e tais informações devem ser tratadas como meras especulações.

Fonte: Wccftech  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.