Em trimestre de queda, Xiaomi foi a única empresa que vendeu mais celulares

Por Diego Sousa | 02 de Junho de 2020 às 17h00
Gizmochina
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

A Gartner, uma das empresas de consultoria mais conceituadas do mundo, divulgou nesta segunda-feira (1) os resultados do primeiro trimestre de 2020 no mercado global de celulares. Como era de se esperar, o impacto do novo coronavírus na indústria fez com que as vendas caíssem 20,2% em relação ao mesmo período do ano passado, mas uma empresa se destacou positivamente durante a pandemia.

Entre as cinco maiores fabricantes do mundo, somente a Xiaomi tem motivos para comemorar, já que foi a única empresa a registrar ganhos durante os três primeiros meses de 2020. A diferença foi pouca — apenas 1,4 pontos percentuais comparado com o 1º tri do ano passado —, mas considerável, visto que suas concorrentes perderam quase 30% de suas vendas.

OPPO e Huawei foram as fabricantes que mais sofreram com a pandemia, com quedas de 24,2% e 27,3%, respectivamente, seguidas pela Samsung, que caiu 22,7%. A Apple, por sua vez, dona do celular mais vendido do primeiro trimestre segundo a Omdia, teve quedas de 8,2% com relação ao mesmo período do ano passado.

Apesar da queda nas vendas, Apple e Oppo registraram uma maior participação de mercado, enquanto Samsung e Huawei perderam espaço nos primeiros meses do ano. Além do saldo positivo, a chinesa Xiaomi conquistou 9,3% do mercado, um aumento de dois pontos percentuais.

Confira a lista completa abaixo:

Xiaomi foi a única empresa que teve resultados positivos durante o 1º trimestre de 2020, enquanto Samsung, Apple e Huawei registraram perdas (Foto: Divulgação/Gartner)

Fonte: Gartner  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.