Edge 30 Ultra será o primeiro a usar sensores de 50 e 60 MP da OmniVision

Edge 30 Ultra será o primeiro a usar sensores de 50 e 60 MP da OmniVision

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 25 de Novembro de 2021 às 09h06
Divulgação/Motorola

Desde o ano passado a Motorola voltou a investir com força em celulares top de linha. O primeiro esforço veio com a família Edge, mas logo alcançou até a linha Moto G, que ganhou um Moto G100 bem potente e até mesmo uma nova geração já é planejada. O Motorola Edge 30 Ultra deve seguir essa pegada, e novas informações falam sobre a estreia de dois sensores potentes da OmniVision nas câmeras do aparelho.

Atualmente o Moto G200 é o flagship mais avançado da empresa, mas ele em breve deve abrir espaço para o Edge 30 Ultra (Moto Edge X na China). O celular trará o Snapdragon 8 Gen 1 assim como o Xiaomi 12, e seu anúncio parece muito próximo.

Para além da plataforma mais moderna da Qualcomm, estamos sabendo, agora, que o smartphone inaugurará dois sensores de câmera no mercado. Com isso pode-se esperar que a Lenovo tenha tomado um cuidado importante em termos de fotografia para o top de linha.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Edge 30 Ultra deve adotar visual similar a outros modelos lançados pela Motorola (Imagem: Steve Hemmerstoffer/91Mobiles)

Câmera frontal de 60 megapixels

Segundo o gerente-geral do segmento de celulares da Lenovo na China, Chen Jin, o Edge 30 Ultra será o primeiro aparelho do mercado com os sensores OV60A e OV50A. Esse primeiro é dedicado para as fotos frontais, e o outro deve ser a lente principal traseira do modelo.

O OV60A tem 60 MP de definição, e é provável que a Motorola use tecnologia de compactação de pixels (4 para 1) para formar uma imagem de resolução menor (15 MP). A vantagem aqui seria condensar vários pixels em um só, melhorando a iluminação e definição do registro.

O sensor é o primeiro do mercado com pixels de 0,61 um. Ele suporta gravação de vídeos em 4K e conta com estabilização digital. Seu tamanho é de 1/2.8 polegada, e ele é compatível com HDR tanto para fotos quanto para vídeos

OmniVision OV50A permite vídeos em 8K

Já o OV50A é uma solução de 50 MP com pixels de 1,0 um. Ele promete foco de DSLR, mas muitos produtos do mercado já tentaram se comparar a câmeras profissionais sem sucesso. Segundo a OmniVision, ele alcançaria esse desempenho graças a um sistema de detecção de fase quádrupla, cobrindo foco em 100% do que o sistema PDAF enxerga.

Combinado com o Snapdragon 8 Gen 1, essa câmera poderá gravar vídeos HDR em 8K a 30 FPS, 4K a 90 FPS, Full HD a 240 FPS, e HD a 480 FPS se assim a Motorola desejar.

Este, porém, não deve ser o celular que inaugurará a câmera de 200 MP prometida pela empresa. Vale lembrar que a Motorola já anunciou que terá um celular com sensor do tipo, mostrando que após seu retorno ao mercado premium, quer competir melhor por quem procura sistema fotográfico avançado.

Fonte: Sparrow's News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.