Chip Exynos com GPU da AMD seria lançado somente em 2023, indica rumor

Chip Exynos com GPU da AMD seria lançado somente em 2023, indica rumor

Por Diego Sousa | 19 de Outubro de 2020 às 12h10
Reprodução/Samsung

Fruto da parceria entre Samsung e AMD, o chip Exynos com placa gráfica da linha Radeon já estaria em desenvolvimento pela fabricante sul-coreana, com lançamento previsto para 2023. No ano passado, as duas companhias firmaram um acordo de US$ 100 milhões para a fabricação de plataformas para smartphones com as GPU da AMD, geralmente usada em desktops e notebooks.

Quem revelou a informação foi o popular informante Ice Universe em sua conta no Twitter. De acordo com ele, a Samsung vem trabalhando em três novos chipsets da linha Exynos: o Exynos 2100, internamente chamado de Exynos 9840, é esperado para fazer parte do Galaxy S21, em 2021, e deve ser fabricado no processo de 5 nanômetros.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O segundo lançamento, o Exynos 9855 deve ser o chip do futuro Galaxy S22, previsto o primeiro trimestre de 2022. Por fim, em 2023 a Samsung lançaria o Exynos 9925 com a placa gráfica AMD Radeon, provavelmente equipando o Galaxy S23. As informações vão de encontro a rumores de que os primeiros aparelhos agraciados pelo acordo começariam a ser lançados a partir de 2021.

Infelizmente, nem Samsung nem AMD deram uma previsão de quando o primeiro chip fruto do acordo será lançado, então, o que nos resta é esperar. Essa parceria foi muito comemorada entre os fãs da linha Galaxy, já que a expectativa é que os processadores Exynos finalmente consigam bater os rivais da família Snapdragon, atualmente os mais potentes do segmento.

Jogo virando

No começo deste mês, a Samsung confirmou alguns detalhes do Exynos 1080, seu novo chip intermediário fabricado no processo de 5 nm.

Exynos 1080 5G usará os novos núcleos Cortex-A78 (Foto: Divulgação/Samsung)

Segundo o diretor da Samsung Semiconductor Research Institute na China, Dr. Pan Xuebao, o lançamento ultrapassa a casa dos 650 mil pontos na plataforma de benchmark AnTuTu, resultado maior que o melhor chipset Android da atualidade, o Snapdragon 865+ da Qualcomm — este chega em cerca de 615 mil pontos.

O Exynos 1080 fará sua estreia em um smartphone da fabricante chinesa Vivo, mas também deve equipar os próximos Galaxy A52 e A72, em 2021.

Fonte: Ice UniverseSamMobile  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.