Publicidade

Star Wars | Como Ahsoka prepara o terreno para o filme com The Mandalorian

Por| Editado por Durval Ramos | 05 de Outubro de 2023 às 19h05

Link copiado!

Reprodução/Lucasfilm
Reprodução/Lucasfilm

Ahsoka chegou ao final de sua temporada e deixou pontas soltas para resolver no futuro. Ainda não se sabe se a série terá uma segunda temporada para responder a essas questões, mas já existe a confirmação de um filme que unirá o seriado, The Mandalorian e O Livro de Boba Fett — tudo isso sob a batuta de Dave Filoni, um dos grandes responsáveis pelo atual momento de Star Wars.

Enquanto as aventuras de Din Djarin (Pedro Pascal) e Grogu, assim como o caçador de recompensas Boba Fett, parecem ter chegado a uma conclusão, Ahsoka prepara um cenário que deve colocar os personagens de volta à ação de um jeito bem significativo. Entenda como esses elementos podem influenciar diretamente no filme que será dirigido por Filoni.

Continua após a publicidade

Ezra voltou para a galáxia

A principal missão de Sabine Wren (Natasha Liu Bordizzo) em Ahsoka era encontrar Ezra Bridger (Eman Esfaldi) e trazê-lo de volta para casa. O Jedi sumiu no final de Star Wars Rebels, levando o Grão Almirante Thrawn (Lars Mikkelsen) para outra galáxia, eliminando sua ameaça na luta contra o Império.

Essa missão é bem sucedida, com Ezra conseguindo reencontrar Hera Syndulla (Mary Elizabeth Winstead) e mostrando para os membros da Nova República que a ameaça de Thrawn é real e que eles precisam se preparar. Além disso, ter Bridger de volta cria a possibilidade de ele trabalhar ao lado de outro Jedi, Luke Skywalker, personagem que possivelmente aparecerá no filme que vai unir as séries. Lembrado que Ahsoka (Rosario Dawson) conhece o pai de Anakin, como foi mostrado durante o treinamento de Grogu em O Livro de Boba Fett.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

"Mas trabalhar contra quem?", você pode se perguntar. Pois Ahsoka também prepara terreno para a chegada do grande vilão da produção para os cinemas.

Thrawn está de volta

Continua após a publicidade

O Grão Almirante Thrawn havia sido isolado em outra galáxia no final de Star Wars Rebels, passando anos tentando encontrar um jeito de retornar e assumir seu posto como herdeiro do Império. Com a ajuda das bruxas de Dathomir, Thrawn conseguiu ser encontrado por Morgan Elsbeth no planeta Peridea e arrumou um jeito de fazer uma viagem intergaláctica.

Nos momentos finais de Ahsoka, o Almirante se aproxima de Dathomir, onde deve criar sua base para tentar reerguer o Império Galático das cinzas. Tudo indica que Thrawn será a grande ameaça do filme que unirá as séries da Disney+, o que faz bastante sentido.

Considerando também que a história se encontra cronologicamente entre a trilogia original e a sua sequência, o destino de Thrawn pode ser a origem da Primeira Ordem, respondendo algumas perguntas sobre como a Nova República deixou um inimigo desse porte surgir do nada.

Ahsoka e Sabine estão isoladas em outra galáxia

Continua após a publicidade

No último episódio da temporada, Ahsoka Tano e Sabine Wren acabam ficando para trás, enquanto Thrawn e Ezra retornam para a sua galáxia. Apesar de parecer um final bastante infeliz, a permanência das duas em Peridea é vista como algo bom pela Jedi, que acredita que elas estão onde precisam estar.

Como ainda não se sabe se a série terá uma segunda temporada, o retorno das duas para ajudar Ezra, Din Djarin e a Nova República pode ser uma das histórias a ser abordada no filme. Isso porque obviamente duas personagens importantes como elas não serão deixadas de lado quando a história for para a tela do cinema, principalmente agora que Sabine conseguiu despertar seus poderes e pode atuar como uma Jedi mandaloriana.

Os Deuses de Mortis e Baylan Skoll

Continua após a publicidade

Essa linha de história é a que pode complicar um pouco as coisas para o filme de Ahsoka e The Mandalorian. Até o momento, a ideia era a de que a produção para o cinema colocaria os heróis das séries e a Nova República contra Thrawn, que surgiria como o Herdeiro do Império.

Essa ideia ainda pode ser real e utilizada no filme, mas o último episódio de Ahsoka colocou o ex-Jedi Baylan Skoll (Ray Stevenson) em busca de um poder gigantesco no planeta Peridea, que pode estar conectado aos Deuses de Mortis. Nos últimos momentos do episódio, Baylan é visto em cima de uma enorme estátua de um desses deuses.

A mitologia de Star Wars começou a ser mais explorada em Ahsoka, que trouxe de volta a ideia do Mundo Entre Mundos e até ideias sobre os Deuses de Mortis, que já haviam aparecido em Star Wars Clone Wars. Mostrar isso em versão de carne e osso, ainda mais com as possíveis consequências, como a introdução de uma possível ameaça enorme à galáxia, talvez seja algo que merecia mais tempo ou fosse o ponto central do filme, algo que, até o momento, sabemos que não será possível.

Continua após a publicidade

Porém, talvez seja exatamente isso que Dave Filoni está planejando. Tudo depende da confirmação de uma nova temporada de Ahsoka, em que vários desses pontos podem ser resolvidos ou trabalhados para que o filme traga a resolução para todas as pontas soltas deixadas até o momento.

Não saberemos exatamente o que está por vir por algum tempo, mas já é possível acreditar que o futuro da saga será bem interessante.

A primeira temporada de Ahsoka já está disponível na Disney+.