Novavax inicia testes clínicos de vacina que imuniza contra gripe e COVID-19

Novavax inicia testes clínicos de vacina que imuniza contra gripe e COVID-19

Por Renato Santino | Editado por Luciana Zaramela | 08 de Setembro de 2021 às 19h30
RF._.studio/Pexels

A farmacêutica Novavax anunciou nesta quarta-feira (8) que dará início a um novo estudo para avaliar uma vacina contra duas doenças de uma só vez: a gripe comum e a COVID-19. A mistura seria especialmente útil se for confirmado o cenário de reforço anual da vacinação contra o coronavírus SARS-CoV-2.

As pesquisas terão início na Austrália, com um total de 640 adultos. A idade dos participantes varia entre 50 e 70 anos, e serão selecionados apenas aqueles que já tiverem se vacinado contra a COVID-19 ou contraído a doença previamente.

Os voluntários receberão uma combinação do imunizante da empresa contra a COVID-19, o NVX-CoV2373, e da vacina contra influenza criada pela Novavax, chamada Nanoflu.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Novavax trabalha com a perspectiva de que imunização contra COVID-19 será recorrente (Imagem: Pressmaster/Envato Elements)

Até o momento, a vacina da Novavax contra COVID-19 não tem sido utilizada em grande escala, apesar de se mostrar promissora. Em testes clínicos de fase 3, a empresa já anunciou eficácia de 90%. A companhia aposta em uma tecnologia diferente das que já estão em amplo uso contra a doença, utilizando subpartículas proteicas, que apresentam a proteína S ao sistema imune.

A empresa tem boas perspectivas para a vacina dupla. A combinação já demonstrou bom potencial nas etapas pré-clínicas, que basearam o avanço dos estudos para os participantes humanos.

A Novavax já havia afirmado ainda em maio deste ano que tem a perspectiva de que a combinação da NVX-CoV2373 e da Nanoflu seja crucial para o futuro, para evitar novos surtos, proteger contra novas variantes, além de ser mais eficiente para sistemas de saúde pelo mundo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.