Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Médico usa Apple Vision Pro durante cirurgia em Santa Catarina

Por| Editado por Luciana Zaramela | 24 de Abril de 2024 às 13h08

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech

A terceira cirurgia no mundo usando os óculos de realidade mista (MR) da Apple, o headset Apple Vision Pro, foi realizada no Brasil, sob o comando do médico cirurgião Bruno Gobbato, no estado de Santa Catarina. O procedimento beneficiado pela tecnologia foi uma videoartroscopia, que examina a estrutura interna das articulações com uma câmera. 

O headset da Apple mistura a realidade virtual (VR) com o mundo real, possibilitando novas formas de “enxergar” a realidade, com inúmeras aplicações práticas, especialmente no campo da medicina, como já começa a ser implementado. 

Neste caso, a cirurgia com o Apple Vision Pro ocorreu no Hospital Jaraguá, na cidade Jaraguá do Sul, na última quinta-feira (18). O paciente se recuperou bem, após o procedimento.

Continua após a publicidade

Artroscopia com Apple Vision Pro

"Por ser uma tecnologia muito nova, ainda estamos entendendo como tirar o seu maior proveito”, explica o médico ortopedista Gobbato, em nota. Na primeira experiência clínica da equipe, a câmera de vídeo da cirurgia foi espelhada dentro do óculos da Apple, assim a imagem foi ampliada e melhor posicionada para avaliar as articulações do paciente.

“Lembro-me que assim que cheguei, em Jaraguá do Sul, em 2010, realizávamos a cirurgia numa tela de 20 polegadas”, conta o médico. “As melhorias nos monitores permitiram uma melhor ergonomia e maior precisão nos passos”, como as telas 4K, acrescenta. Agora, o Apple Vision Pro dá um novo salto na análise das imagens internas do corpo.

“Com este novo tipo de tecnologia, não só podemos aumentar e muito o tamanho da tela de vídeo, mas também nos permite a utilização de múltiplas telas com visualização de diferentes ângulos em tempo real, e isto permite a realização de cirurgias mais rápidas e muito mais precisas”, detalha o cirurgião.

Como a artroscopia por vídeo foi a primeira envolvendo o headset, o procedimento realizado envolveu uma única tela, mas já se sabe que há potencial para aprofundar o nível das visualizações, como adiantou Gobbato.

Procedimento cirúrgico bem-sucedido

Como o paciente possui uma ruptura de manguito rotador — lesão em um dos tendões do ombro —, a tecnologia da Apple permitiu que o médico visualizasse o interior da articulação com mais precisão. Dessa forma, Gobbato pode apresentar um diagnóstico mais preciso para o tratamento do problema.

Continua após a publicidade

Em todo esse processo, além do espalhamento nativo da tela para a parte de vídeo, o médico consultou modelos 3D de referência e usou o aplicativo Notas para acessar os exames mais antigos do paciente, como a ressonância magnética.

Headset de realidade mista

Vale destacar que o médico Gobbato já é conhecido por testar novas tecnologias no campo cirúrgico. Em 2021, o Canaltech acompanhou, de forma remota, o profissional durante uma artroscopia usando o headset HoloLens 2, da Microsoft, no mesmo hospital. Todo o procedimento foi acompanhado por outros médicos, do outro lado do mundo.