Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Café causa vício ou dependência? Entenda a diferença

Por| Editado por Luciana Zaramela | 11 de Abril de 2024 às 19h20

Link copiado!

NoName_13/Pixabay
NoName_13/Pixabay

Se você não consegue começar o seu dia sem uma xícara de um bom cafezinho, talvez se interesse em saber que neste domingo (14) é celebrado o Dia Mundial do Café. Embora associada a determinados benefícios para a saúde, a bebida também protagoniza diversas controvérsias e alertas. Além disso, é responsável por levantar questões como: o café causa vício?

Antes de qualquer coisa, é importante entender que os artigos científicos ainda trazem uma divisão de opiniões se o café causa vício ou dependência. 

A questão é que quando pensamos em vício, logo associamos esse conceito forte a substâncias como drogas ou álcool. Se essa comparação vem à tona, o café fica para trás. Isso porque a cafeína não ameaça a sua saúde da mesma forma que as drogas viciantes. 

Continua após a publicidade

Segundo a American Psychiatric Association (APA), o café pode não ser considerado como algo que causa vício, exatamente. A principal razão para isso é que outras substâncias viciantes, como a cocaína, estimulam a área do cérebro ligada à recompensa e à motivação em maior grau do que a cafeína.

A cafeína realmente afeta o cérebro e causa uma onda de dopamina, mas não é uma onda grande o suficiente para desequilibrar o sistema de recompensa no cérebro como outras drogas. 

Vício ou dependência?

Por outro lado, há consequências se você para de tomar café: a famosa abstinência. A cafeína leva à  contração dos vasos sanguíneos do cérebro e retarda o fluxo sanguíneo.

Quando alguém reduz ou interrompe o consumo, esses vasos sanguíneos reabrem e assim o fluxo sanguíneo para o cérebro aumenta. Resultado? Dor de cabeça e outros sintomas. 

Esses sintomas de abstinência diminuem conforme o cérebro se adapta a esse aumento no fluxo sanguíneo, então não são permanentes. Mais um motivo para encarar o café como uma substância mais propensa a causar uma leve dependência, mas não um vício sério, propriamente dito. 

O vício em café pode ser considerado como o comportamento repetitivo e compulsivo de consumir regularmente e à busca pelo efeito estimulante da cafeína.

Continua após a publicidade

Enquanto isso, a dependência se refere à necessidade física ou psicológica da cafeína para funcionar normalmente, e está atrelada a esses sintomas de abstinência.

Café faz bem ou faz mal?

Depende muito da quantidade e do hábito que a pessoa tem. Beber uma quantidade moderada de café por dia pode beneficiar o coração, por exemplo, e pode até ajudar a viver mais. No entanto, tomar muito café pode prejudicar a capacidade de aprendizado ou aumentar o risco de demência e derrame.

Muitas vezes, o vício e a dependência podem estar interligados quando se trata de substâncias como a cafeína. Então o café causa vício e dependência, mas de uma maneira não tão grave ou prejudicial quanto o vício em certas substâncias. Ainda assim, é uma interferência na qualidade de vida.

Continua após a publicidade

Fonte: Journal of Caffeine Research, WebMD