Vendas do PlayStation 4 desaceleram com proximidade de lançamento do PS5

Por Thaís Augusto | 26 de Abril de 2019 às 20h30
Reprodução
Tudo sobre

Saiba tudo sobre PlayStation 4

Ficha técnica

As vendas do PlayStation 4 estão desacelerando com a proximidade do lançamento do PS5. No último ano fiscal — de abril de 2018 a março de 2019 — a Sony vendeu 17,8 milhões de unidades. Em 2017, a fabricante havia comercializado 19 milhões de unidades. Antes disso, foram 20 milhões de PS4 vendidos. Há seis anos no mercado, o PlayStation 4 vendeu 96,8 milhões de unidades no total, até então. Os dados foram divulgados pela Sony nesta semana.

Apesar do resultado negativo, a empresa registrou uma alta de 19% nas vendas gerais de sua divisão de games. Dois fatores influenciaram o número: o bom desempenho na venda de jogos e o aumento do número de assinantes nos serviços PlayStation Plus e Now.

No Plus, os usuários conseguem disputar partidas online e ganham descontos em jogos digitais e, de acordo com a Sony, o serviço conta com 36,4 milhões de assinantes. Já o PlayStation Now é o serviço de jogos em nuvem da Sony e foi lançado em 2014 — com uma assinatura mensal, usuários têm acesso a mais de 750 títulos.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Nos últimos cinco anos, o serviço cresceu 40% em média por ano e atualmente reúne 700 mil assinantes. Em setembro do ano passado, o serviço passou a oferecer o download de títulos, o que contribuiu para aumentar o tempo que os usuários gastam jogando, de acordo com a Sony.

"Desde o lançamento deste serviço de download, o tempo de jogo por usuário cresceu significativamente até o ponto em que o tempo de jogo em títulos baixados do PS4 é o dobro dos demais [transmitidos por nuvem], uma tendência que contribuiu para aumentar o envolvimento do usuário com o serviço PS Now", comentou o CFO da Sony, Hiroki Totoki.

Família PlayStation

O PlayStation 4 deve se tornar o terceiro console da Sony a ultrapassar a marca de 100 milhões de unidades vendidas. A expectativa da fabricante é vender mais de 16 milhões de unidades do PS4 nos próximos 12 meses, alcançando o número de 112,8 milhões de consoles comercializados até abril de 2020.

Se as previsões se confirmarem, o PS4 entrará no hall dos mais vendidos ao lado do PlayStation (102,4 milhões de unidades) e do PlayStation 2 (com 155 milhões de consoles vendidos, o mais bem-sucedido da Sony).

Lucro decepcionante

Nesta sexta-feira (26), a Sony sinalizou que seu lucro anual registrará uma queda maior do que o esperado. A perspectiva acende o alerta para o processo de recuperação da fabricante, que vem perdendo força depois de dois anos de lucros recordes.

Não é segredo que a unidade de eletrônicos da Sony é a que mais sofre. Em seu relatório financeiro, a empresa revelou que apenas o prejuízo do Xperia quadruplicou no período de um ano. O resultado negativo foi de 97,1 bilhões de ienes no ano passado contra 27,6 bilhões em 2017.

Os rumores mais recentes do mercado apontam que a empresa cortará metade da sua divisão de smartphones até 2020 depois de fechar uma fábrica do segmento, e já há analistas dizendo que a empresa deveria abandonar o setor de smartphones. E, bem, aqui no Brasil, a Sony já parou de vender seus aparelhos móveis oficialmente.

Funcionários deixam fábrica após demissão na China. Imagem: Reprodução / Reuters

Parte da esperança da Sony recai sobre o PlayStation 5 previsto para 2020, mas a empresa sabe que enfrentará forte concorrência dos serviços de streaming de jogos anunciados recentemente por Google e Apple.

Para o ano fiscal que se encerra em março de 2020, a Sony prevê lucro de "apenas" 810 milhões de ienes, uma queda de 9,4% na comparação anual. A empresa ainda descartou metas para negócios individuais, incluíndo um lucro entre 130 bilhões a 170 bilhões de ienes na divisão games, citando "mudanças significativas no ambiente operacional".

De acordo com a Sony, o desenvolvimento do novo PS5 deve reduzir o lucro da divisão de jogos para 280 bilhões de ienes — a previsão anterior era de 311 bilhões de ienes. Já as vendas do PlayStation 4 devem cair 10% para 16 milhões de unidades.

O negócio de semicondutores, que inclui sensores de imagem, deverá ter lucro de 145 bilhões de ienes, um aumento de 1 bilhão de ienes em relação ao ano anterior. Os sensores de imagem da Sony são usados pela Apple e outras grandes fabricantes de smartphones, e são um ponto central para a recuperação da empresa.

A Sony permanece otimista em relação à demanda por sensores de imagem de grande porte e sistemas de câmeras com múltiplas lentes para smartphones, e disse que pode gastar 100 bilhões de ienes a mais para construir uma nova instalação.

Fonte: PlayStationVarietyReuters e Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Ofertas PlayStation 4

  • Shoptime
    Console Playstation 4 500gb
    R$ 1.999,90 em 8x R$249,98 sem juros
  • Americanas.com
    Console Playstation 4 500gb
    R$ 1.999,90 em 8x R$249,98 sem juros
  • Submarino
    Console Playstation 4 500gb
    R$ 1.999,90 em 8x R$249,98 sem juros