Publicidade

As 10 inteligências artificiais mais poderosas dos quadrinhos

Por| 29 de Março de 2024 às 13h10

Link copiado!

DC Comics
DC Comics

Como todo bom amante de fantasia e ficção científica deve saber, o conceito de inteligência artificial é bem antigo na literatura e nos quadrinhos. E embora muita coisa publicada há 40 ou 50 anos parecesse absurda, várias daquelas ideias já fazem parte de nosso cotidiano, seja usando a busca do Google, um serviço em nuvem, uma assistente digital ou simples tarefas no smartphone. O ChatGPT vem assombrando o mundo desde o ano passado, com uma capacidade nunca vista e que era esperada pelos pesquisadores bem mais tarde do que chegou.

É claro que nas publicações ainda temos isso tudo elevado a níveis realmente desconcertantes, em um patamar em que uma máquina pode destruir a humanidade — e não estamos falando exatamente da Skynet e do Exterminador do Futuro. Vale destacar aqui que muitas dessas IA nasceram antes mesmo do T-800 encarnado por Arnold Schwarzenegger e a própria trama do filme de James Cameron já havia sido explorada de forma semelhante em X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido, em 1981, três anos antes do longa.

Pensando nisso, o Canaltech preparou uma lista com as 10 inteligências artificiais mais poderosas dos quadrinhos, seja para o bem ou para o mal, em ordem crescente, da décima para a primeira colocação.

Continua após a publicidade

10. Skeets (DC Comics)

O Gladiador Dourado, herói publicitário do século 25, desembarcou na cronologia atual do Universo DC com a ajuda de um robozinho chamado Skeets. A máquina tem o formato de uma pequena nave e segue o mesmo padrão de cores do uniforme de seu dono, sempre dizendo algumas piadinhas enquanto sobrevoa ao seu lado.

Continua após a publicidade

A IA fornece informações sobre comandos e reparos em seu traje e traz algumas surpresinhas, como um canhão de energia e até premonições sobre eventos futuros.

9. Professor (Marvel Comics)

Assim como o Gladiador Dourado, temos outro viajante do tempo que precisou da ajuda de uma IA para chegar ao nosso tempo. Quando Cable deixou a estação espacial Graymalkin, o transporte foi realizado pela IA Celestial conhecida como Professor — uma homenagem ao Professor Xavier.

Continua após a publicidade

O Professor era quem fornecia teletransporte instantâneo para qualquer parte do planeta, informações sobre oponentes, armas e instalações de treinamento. Embora seja tão sisudo quanto Nathan Summers, a máquina tem um senso de humor irônico peculiar e salvou sua vida várias vezes.

8. Homens Metálicos (DC Comics)

O Dr. William Magnus é um dos mais brilhantes cientistas do Universo DC e os Homens Metálicos é uma equipe de robôs com IA. Cada um possui habilidades e nomes baseados nos metais que fazem parte de suas composições: Ouro, Ferro, Liga (ou Chumbo), Mercúrio, Zinco (ou Estanho) e Platina. O Ouro, por exemplo, pode estender seu comprimento, enquanto o Liga é capaz formar escudos antirradiação.

Continua após a publicidade

A força e esses “poderes”, contudo, não são as maiores qualidades deles. Cada um possui personalidade distinta e a atuação em equipe, assim com a amizade, quase os tornam heróis de carne e osso.

7. Transformers (Marvel Comics/IDW Publishing)

Ainda que sejam mais conhecidos como brinquedos, em desenhos animados ou, mais recentemente, na franquia de filmes, os veículos que se transformam em robôs tiveram bastante proeminência nos quadrinhos, principalmente nos 1980. E mesmo que muita gente não os associe dessa forma, por conta de suas emoções e comportamentos genuinamente humanos, os Transformers não passam de IAs extremamente avançadas.

Continua após a publicidade

Os Autobots e Decepticons de nível médio possuem uma quantidade significativa de poder de fogo, bem como capacidade de acessar e controlar tecnologias inferiores e se disfarçar imitando algum objeto do ambiente local.

6. Visão (Marvel Comics)

Criado por outra IA, o insano robô Ultron (que, por sua vez, foi idealizado pelo cientista Hank Pym), o Visão talvez esteja entre as IAs mais famosas desta lista por estar recentemente no Universo Cinematográfico Marvel (MCU, na sigla em inglês). Contudo, suas raízes nos quadrinhos são bem mais antigas e ele é um dos mais poderosos membros dos Vingadores, capaz de ficar intangível, de ler mentes e projetar incríveis níveis de energia.

Continua após a publicidade

Além disso tudo, o Visão foi capaz de alimentar uma vida quase completamente humana, com direito à paixão pela Feiticeira Escarlate e até mesmo filhos (embora essa treta seja toda complicada — e parte dela você pode compreender melhor nesta matéria).

5. Inteligência Suprema Kree (Marvel Comics)

Neste caso não somente temos uma AI poderosa como também temos uma tecnologia alienígena altamente desenvolvida, criada a partir de uma amálgama das personalidades de filósofos, guerreiros e políticos influentes da sociedade Kree — o que torna seu conhecimento quase onisciente.

Continua após a publicidade

Some a isso habilidades físicas impressionantes, poderes psiônicos, manipulação de matéria e energia, capacidade de explorar outros reinos e realidades e até a possibilidade a existência a uma curta distância. Ou seja, uma máquina com poderes de um deus. Uma versão dessa IA chegou a aparecer em Capitã Marvel, interpretada por Annete Benning.

4. Falange (Marvel Comics)

Semelhante ao vilão Borg, de Star Trek, a Falange é uma espécie alienígena que infecta outras raças e seres com um vírus tecno-orgânico, capaz de unir todas as vítimas em uma espécie de IA coletiva — uma mente em forma de colmeia.

Continua após a publicidade

A Falange normalmente apareceu como inimiga dos X-Men, aparentemente, alguns seres humanos são imunes ao seu contato. Mas ela é tão mortal que conseguiu subjugar uma galáxia inteira, assimilando-a à sua vontade.

3. Ultron (Marvel Comics)

Originalmente criado por Hank Pym, a IA conhecida por Ultron desenvolveu ódio extremo pelo seu criador e se rebelou contra os Vingadores. A máquina é capaz de transferir sua consciência para qualquer outro avatar, o que a torna praticamente imortal.

Continua após a publicidade

Além de possuir um corpo de adamantium quase indestrutível, pode projetar energia e controlar a grande maioria das tecnologias. Mais recentemente, durante uma batalha com Visão e Hank Pym, Ultron se uniu ao corpo de seu criador, tornando-se uma IA com cérebro humano, algo ainda mais poderoso e assustador, chamado de “Pymtron”.

2. Brainiac (DC Comics)

Quem acompanha o Multiverso DC sabe que já existiram (e continuam existindo) inúmeras versões dessa IA alienígena, inclusive algumas versões, digamos, “boazinhas”. Suas intenções, porém, continuam sempre sendo as mesmas: coletar informações de planetas, muitas vezes destruindo-os e preservando parte de seu ecossistema em cidades em miniatura.

Continua após a publicidade

Quando está conectado à sua nave, Brainiac possui conhecimento e poderes quase ilimitados, principalmente quando ele os usa com inteligência e astúcia — o que já causou derrotas homéricas a um certo Superman e vários heróis da DC Comics.

1. Caixa Materna (DC Comics)

Inicialmente a IA extraterrestre dos Novos Deuses era associada “apenas” para teletransportar imediatamente as pessoas por meio de seus “Tubos de Explosão”. Mas elas são muito mais do que isso, com propriedades que parecem mesclar magia com ciência, pois seu núcleo de processamento senciente tem um vínculo direto com a Muralha da Fonte — que originou o Multiverso DC e guarda todas as energias e segredos da editora.

Assim, as Caixas Maternas podem curar deuses e meta-humanos, aumentar a matéria, criar incríveis bolsões de energia, transformar outras máquinas em vida senciente, entre outras coisas — na verdade, depende do limite da imaginação de quem escreve as histórias envolvendo essas IAs. No cinema, vocês devem se lembrar dela como justamente o artefato que o Lobo da Estepe e Darkseid queriam pôr as mãos — e que também originou o herói Ciborgue — em Liga da Justiça.

*Com informações do Comic Book Resources