18 personagens da DC e da Marvel que são quase a mesma coisa

Por Claudio Yuge | 30 de Outubro de 2019 às 12h00
marvel comics dc comics
Tudo sobre

Marvel

Saiba tudo sobre Marvel

Ver mais

A Marvel e a DC Comics têm estilos bem distintos em sua abordagem de mitologia moderna e se especializaram em criar e cunhar subgêneros e povoar seus universos com personagens tão carismáticos quanto originais. Mas, de vez em quando, seja por coincidências cósmicas ou para recauchutar uma ideia mesmo, ambas acabam gerando heróis, vilões e equipes muito semelhantes.

O pessoal do Screen Rant organizou alguns desses casos e aproveitamos para comentar e adicionar mais alguns a essa lista, que conta com 18 propriedades tão parecidas umas com as outras que até seria interessante vê-las juntas. Vamos lá:

1. Flash (1940) vs Mercúrio (1964)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Tudo bem que hoje em dia quase toda equipe de super-heróis tem um velocista, mas esses dois chamam a atenção por terem realizado coisas distintas em suas carreiras. Suas origens são completamente diferentes. Flash foi acometido por um raio, o que permite a ele acessar a Força Velocidade, enquanto Mercúrio nasceu com poderes mutantes.

Embora Mercúrio atinja velocidades incríveis, o que faz com que o mundo ao seu redor pareça em câmera-lenta; os Flashes conseguem vibrar moléculas, viajar no tempo e por outras realidades e até mesmo “emprestar” parte de seus poderes para outros personagens.

2. Homem-Aranha (1962) vs Sideways (2018)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Criado mais recentemente, Sideways faz parte de uma tentativa da DC Comics de criar uma linha alternativa de heróis. Eles vieram com o selo “New Age of Heroes” e a mão de Jim Lee, um dos maiores responsáveis pelas altas vendas dos X-Men nos anos 90. Só que, bem… Quase todos os personagens dessa nova frente são quase versões exatas de ícones da Marvel, como Brimstone (Hulk) e Sideways.

Embora os poderes sejam diferentes, já que Sideways viaja entre brechas dimensionais e cria barreiras de matéria escura, Derek James vive com a mãe adotiva e precisa salvar o mundo enquanto vive as agruras da juventude. Parecido com um certo Peter Parker, não? E nem comentamos o uniforme...

3. Wolverine (1974) vs Lobo (1983)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Quando foi lançado, Lobo era para ser uma resposta ao estilo “lenhador” e herói de faroeste solitário com um código de honra próprio de Wolverine. Mas como Roger Slifer e Keith Giffen são debochados, eles logo trataram de tornar a criação em um anti-herói fanfarrão no estilo “machão” motociclista — uma clara paródia ao próprio Logan.

Vindo do planeta Czárnia, ele é tão casca-grossa quanto Wolverine e, embora tenha tido tropeços com uma reinvenção malfeita nos Novos 52, ganhou vida própria ao longo do tempo, especialmente sob o comando de Giffen e Simon Bisley.

4. Exterminador (1980) vs Deadpool (1991)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Quem conhece o Exterminador sabe que ele é uma espécie de “Batman do mal”, ou seja, possui tanta destreza, estratégia e qualidades em combate físico quanto Bruce Wayne — com a vantagem de usar todo tipo de arma ou jogada suja para cumprir sua missão.

Já nos anos 90, Rob Liefield enviou os primeiros desenhos de um novo personagem para Fabian Nicieza, que, de cara, falou: “Esse é o Exterminador dos Novos Mutantes”. Como Liefield é apaixonado pelos Novos Titãs, e ele nem mesmo nega a influência, fica claro que Deadpool nasceu quase como uma cópia da criatura da DC Comics.

5. Big Barda (1971) vs Gamora (1975)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Ainda que o visual seja bem diferente, ambas têm um histórico e conjunto de habilidades semelhantes. Elas foram arrancadas de seus lares quando crianças e treinadas para serem soldadas, para posteriormente se rebelar e lutar pelo lado oposto ao que foram criadas depois de se tornarem órfãs.

Ao longo tempo, especialmente depois do filme Guardiões da Galáxia, Gamora ganhou personalidade e até poderes bem distintos, o que atualmente distancia um pouco mais ambas as heroínas.

6. Capuz Vermelho (2005) vs Soldado Invernal (2005)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Os dois eram sidekicks de personagens de primeira grandeza, Batman e Capitão América, respectivamente; foram “abandonados” e deixados à beira da morte e se reconstruíram como assassinos letais, antes de se voltarem contra seus antigos parceiros e depois se tornarem anti-heróis.

Tanto Jason Todd quanto Bucky Barnes deixaram para trás os dias de Robin e Bucky e hoje podem ser considerados versões mais jovens e radicais de Batman e Capitão América.

7. Monstro do Pântano (1971) vs Homem-Coisa (1971)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Essa talvez seja a maior e mais autêntica coincidência entre criadores. Ambos os personagens foram lançados com uma certa inspiração de Heap, um bicho peludo verde publicado pela revista Airboy, em 1942. Para piorar, tanto Alec Holland quanto Theodore Sallis eram cientistas e se mesclaram ao pântano.

Contudo, graças a Alan Moore e Steve Bissette reformularam Holland e o transformaram em um elemental da natureza, pavimentando não somente o caminho para a explosão dos quadrinhos adultos nos Estados Unidos como criando personagens como John Constantine.

8. Arqueiro Verde (1941) vs Gavião Arqueiro (1964)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Bem, essa está entre as comparações mais óbvias, já que os dois carregam um pouco do charme e da pegada de Robin Hood e dos filmes de Errol Flynn. Os escritores, porém, foram bem mais generosos com Oliver Queen por um bom tempo, o que o sempre manteve mais relevante que Clint Barton.

Mas, depois de The Ultimates e de uma fase com o escritor Matt Fraction, Barton ganhou mais personalidade e se distanciou bastante de Oliver Queen — que, por sua vez, também ganhou revisões e mais estofo nas duas últimas décadas.

9. Aquaman (1941) vs Namor (1939)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Aqui também basta olhar para ver que ambos são muito parecidos: os dois são filhos de mulheres Atlantes com homens mortais e têm de conviver com o dilema de assumir o poder e o fardo da realeza ou se aventurar em terra firme.

A maior diferença fica por conta do Namor muitas vezes agir como vilão e ter um amor proibido com Sue Storm, a Mulher-Invisível do Quarteto Fantástico; Aquaman, embora proteja seu povo, costuma agir mais em sincronia com a Liga da Justiça e é apaixonado por Mera.

10. Homem-Elástico (1960) vs Senhor Fantástico (1961)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Os dois devem bastante ao Homem-Borracha, que chegou em 1941 e tem uma pegada mais cartunesca. Ralph Dibny e Reed Richards são mais parecidos um com o outro: enquanto o primeiro usa suas habilidades detetivescas para solucionar casos, o segundo abusa de seu intelecto para encontrar novos mundos.

Vale destacar que nenhum dos dois teve uma identidade secreta ao longo dos anos e sempre foram casados.

11. Eléktron (1961) vs Homem-Formiga (1962)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Há várias versões desses personagens, contudo os mais populares são Ray Palmer e Hank Pym — ambos criados durante a Era de Prata dos quadrinhos, altamente influenciada pela ficção científica. Por isso mesmo suas aventuras são rodeadas de fatos que envolvem a ciência. Os dois são físicos e criaram suas próprias tecnologias para encolher e aumentar de tamanho.

Ultimamente, Scott Lang anda mais popular devido aos filmes do Marvel Studios, enquanto Pym se mesclou ao Ultron. Já Palmer divide o manto de Átomo com o jovem Ryan Choi.

12. Tornado Vermelho (1968) vs Visão (1968)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Os dois são androides e foram criados por vilões. Ambos se voltaram contra sua natureza maligna para se tornarem heróis e tentam buscar a humanidade perdida entre suas peças sintozoides. O Tornado Vermelho até teve alguns momentos para brilhar, inclusive mais recentemente, nos anos 2010.

Mas quem brilha mais mesmo é o Visão, que durante a fase de John Byrne nos Vingadores da Costa Oeste foi literalmente desconstruído em uma versão ainda mais robótica. Sua busca pelos laços afetivos com a Feiticeira Escarlate construiu um herói mais rico. E na passagem de Tom King, suas histórias ganharam uma certa genialidade.

13. Patrulha do Destino (1963) vs X-Men (1963)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Aqui está mais um caso de grande coincidência. A Patrulha do Destino fez sua primeira aparição em My Greatest Adventure #80, apenas alguns meses antes de X-Men #1. Esse não era um tempo suficiente para roubar uma ideia e publicá-la nos moldes que a Marvel e a DC fazem — ainda que Arnold Drake, que criou o grupo da DC, ache que Stan Lee realmente tenha plagiado sua equipe.

Taxados como aberrações, os dois times precisavam salvar aqueles que os temem e odeiam. Como sabemos, os mutantes ganharam mais proeminência e sempre foram mais populares. A Patrulha do Destino, por outro lado, se reencontrou com Grant Morrison e assumiu de vez seu tom lisérgico e caótico — qualidades presentes na série do streaming DC Universe.

14. Mulher-Gato (1940) vs Gata Negra (1979)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Selina Kyle e Felícia Hardy são conhecidas pelo seu temperamento impulsivo e, claro, pelo charme irresistível. As duas são ladras e vivem flertando com um certo Homem-Morcego e um aracnídeo. E mesmo que a Gata Negra seja associada como óbvia cópia da Mulher-Gato, seu próprio criador, Marv Wolfman, disse que ela foi inspirada em um desenho dos anos 40, chamado de Bad Luck Blackie.

Isso se confirma ao olharmos para o visual das duas personagens, que, no início, não tinham nada em comum.

15. Lanterna Verde (1940) vs Nova (1976)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Tanto Hal Jordan quanto Richard Rider são terráqueos escolhidos por uma tropa intergalática de policiamento espacial. Ambos são alimentados por uma força ilimitada, que pode ser canalizada pelo anel e pelo traje, respectivamente.

A maior diferença fica por conta de suas personalidades. Enquanto Hal é convencido e charmoso, igualmente teimoso e corajoso; Rider é generoso e tímido e, a longo do tempo, teve que aprender a ter mais autoestima.

16. Batman (1939) e Cavaleiro da Lua (1975)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Ambos possuem muita grana e são guiados pela vingança — e muitas vezes eles estão olhando para o precipício, quase extrapolando os limites. Enquanto o Homem-Morcego é guiado pela morte de seus pais, o Cavaleiro da Lua é movido pelo deus egípcio Konshu.

A maior diferença reside no fato que Marc Spector ser muito mais doido do que Bruce Wayne: ele é esquizofrênico, o que rende (e já rendeu) algumas das histórias mais criativas e absurdas dos quadrinhos de super-heróis.

17. Mulher-Maravilha (1941) e Princesa do Poder (1982)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Talvez a maior distinção entre a DC Comics e a Marvel Comics é que a primeira sempre teve uma heroína de peso igual ao Batman e Superman. Por isso, era uma questão de tempo até que a concorrência buscasse uma semelhante para disputar o mercado. Eis que entra em cena a Princesa Zarda, que foi igualmente criada em uma ilha isolada do mundo e também lutou na Segunda Guerra Mundial.

Ainda assim, a Princesa do Poder nunca fez tanto sucesso quanto a amazona. Vale destacar, no entanto, a fase de Poder Supremo, em que J. Michael Straczynski e Gary Frank reimaginaram o Esquadrão Supremo e uma espécie de Liga da Justiça com problemas mundanos. A desconstrução tornou Zarda bem mais interessante.

18. Superman (1938) e Hyperion (1969)

(Imagem: Montagem/DC Comics/Marvel Comics)

Dá para perder a conta de quantos personagens foram criados à sombra do Homem de Aço e, bem, entre tantos, dá para escolher Hyperion. Ele também foi reestruturado em Poder Supremo e suas raízes vilanescas foram substituídas por questionamentos mais reais e relevantes para o mundo moderno.

Um bom contraste é comparar o crescimento de ambos: enquanto Clark Kent aprendeu a amar um mundo que nunca o tratará como humano, graças aos valores de Martha e Jonathan Kent; o outro foi alimentado pelo governo e treinado para ser uma arma de destruição em massa em forma de um homem.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.