SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Linha Moto G da Motorola já vendeu 200 milhões de unidades

Por| 09 de Novembro de 2023 às 11h00

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Tudo sobre Motorola

A Motorola revelou, nesta quinta-feira (09), que a linha Moto G alcançou a marca de 200 milhões de unidades vendidas no mundo todo desde a sua estreia, em 2013. O anúncio foi feito durante uma coletiva de imprensa diretamente da fábrica da Motorola em Jaguariúna (SP), para a qual o Canaltech foi convidado.

Moto G continua sucesso de vendas

Continua após a publicidade

Segundo a Motorola, dos 200 milhões de smartphones vendidos da linha Moto G no mundo desde a sua estreia, metade foi comercializada entre 2020 e 2023, enquanto a outra metade levou 7 anos. Não foi informado quantos aparelhos foram vendidos no Brasil.

Um dos motivos pelos quais os Moto G se tornaram ainda mais populares foi, certamente, a sua estratégia de lançamento: começando em 2020, logo após o Moto G9, a marca reestruturou a nomenclatura da família, trocando o “G-X” (que indicava a geração atual) por “G-XX” (quanto menor o número, mais básico).

Com isso, esse novo tipo de categorização permitiu à Motorola explorar mais o nome da família com modelos de diferentes características e preços, alcançando, assim, mais pessoas — por exemplo, até a data de publicação, a fabricante tem 7 modelos da linha à venda no Brasil em 2023.

Continua após a publicidade

Outro motivo muito relevante são as características únicas dos modelos. Nós já testamos dezenas de Moto G no Canaltech nos últimos anos, e a grande maioria possui a sua particularidade. O Moto G100, por exemplo, teve grande aceitação pelo processador Snapdragon 870 5G, incomum no segmento.

Enquanto isso, o recente Moto G84 5G foi o primeiro da linha a trazer um acabamento texturizado que imita o couro com a opção de cor Viva Magenta, eleita a cor Pantone do Ano. Conforme a Motorola nos revelou, 60% do público feminino optam por essa opção de cor nos modelos da marca.

Motorola segue firme no mundo Android

Continua após a publicidade

Além de comemorar as vendas da família Moto G, a Motorola também afirmou seguir firme no mundo Android: a marcou triplicou o seu market share (participação de mercado) em 10 anos, mantendo um segundo lugar “dominante” no ranking de celulares mais vendidos da América Latina há 7 anos, somente atrás da Samsung.

No Brasil, a fabricante foi de 10% para 30% de participação; na Argentina, são 40%; no Chile, saiu de 5% para 15%; enquanto no México, a Motorola se encontra com 20%. Por fim, na Colômbia, sua fatia no mercado é de 15%. Os dados são da própria Motorola e consideram um período de 10 anos.

Retorno ao segmento premium

O segmento premium da Motorola também foi mencionado com entusiasmo durante a coletiva. Desde o retorno da marca no setor em 2020 — com os modelos Edge e Edge+ —, os consumidores “passaram a considerar mais” os seus dispositivos top de linha na hora da compra.

Continua após a publicidade

Não foram informados números concretos de unidades vendidas das linhas Edge e Razr, mas a Motorola afirma ter quintuplicado as vendas em apenas um ano.

Celulares com IA

Para o futuro, a Motorola planeja apostar mais na inteligência artificial nos seus smartphones. Um dos recursos que a marca planeja implementar é a sumarização de texto no aplicativo Moto Notes: com ele, você poderá digitar um texto sobre qualquer assunto e, com um botão, o celular o resumirá apenas com os pontos principais. Também há uma função que esconderá informações importantes ao fazer uma captura de tela no smartphone.

Continua após a publicidade

Quanto à personalização, uma funcionalidade permitirá combinar o tema do smartphone com o seu look atual, sugerindo papéis de parede, cores predominantes e temas com apenas uma foto. Curiosamente, segundo a Motorola: tudo poderá ser realizado offline, sem armazenar informações na nuvem.