Declaração de Tim Cook reforça chegada de óculos inteligentes e carro da Apple

Declaração de Tim Cook reforça chegada de óculos inteligentes e carro da Apple

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 13 de Dezembro de 2021 às 16h50
Apple

Em uma rápida entrevista durante a reinauguração da Apple Store The Grove em Los Angeles, o CEO da Apple Tim Cook revelou o foco da empresa em três grandes setores para o futuro, indicando o lançamento de produtos que podem mudar a indústria, incluindo seus óculos inteligentes de realidade mista e o tão aguardado carro autônomo.

Apple Store The Grove é reinaugurada em Los Angeles, Estados Unidos (Imagem: Reprodução/Apple)

Questionado sobre o que a Apple mais está interessada para o futuro, Cook afirma que "estamos muito focados em realidade aumentada, estamos muito focados em inteligência, estamos focados em autonomia. Estamos focados em todas estas coisas que são tecnologias essenciais e vamos utilizá-las em uma variedade de formas diferentes."

Realidade aumentada vem já em 2022

Esboço revela possível design final dos óculos AR/VR da Apple (Imagem: Reprodução/The Information)

A declaração pode soar vaga, mas fica mais importante em contexto. Para realidade aumentada, rumores sobre os óculos de realidade mista (que une AR e VR) têm surgido nas últimas semanas indicando cada vez mais o lançamento do acessório no próximo ano.

Com alta qualidade de construção e foco inicial em jogos e multimídia, previsões indicam que o aparelho será um divisor de águas na indústria e que os óculos inteligentes da Apple podem substituir iPhones em dez anos, podendo vender até 3,5 milhões de unidades em apenas um ano.

Conceito imagina óculos da Apple com base em esboço (Imagem: Reprodução/Antonio De Rosa)

Há anos em desenvolvimento, o dispositivo teria preço elevado, conjunto de 15 câmeras — incluindo sensores LiDAR para reconhecimento espacial de alta precisão —, telas de resolução 4K e seria equipado com poderoso chip M1 ou uma versão adaptada do processador.

A Apple tem levado o sensor LiDAR aos modelos mais caros de iPhone desde 2020 e ao iPad Pro lançado no mesmo ano como forma de treinar seu sistema de realidade aumentada. Preparando terreno para desenvolvedores projetarem aplicativos e jogos interessantes para o óculos VR/AR da marca.

Autonomia e inteligência artificial ficam para 2025 ou além

Apple avança no desenvolvimento de seu carro elétrico 100% autônomo, que deve ser lançado esta década (Imagem: Reprodução/PPLWare)

Já o foco em autonomia citado por Cook pode apontar duas direções: a maior independência da Apple em relação a outras companhias — da Intel após a chegada dos processadores Apple Silicon, e da Samsung com a Apple buscando maior fornecimento de telas da LG — ou lançamento do seu primeiro carro autônomo.

Os rumores sobre o carro da Apple também não param de surgir. Sua estreia pode finalmente acontecer esta década, podendo chegar no meio da década, talvez até em 2025 para os mais otimistas.

A japonesa Hyundai seria a montadora do carro desenhado e projetado pela Apple, que deve apostar em segurança, conectividade e baixíssimos níveis de poluição, sendo um carro elétrico 100% autônomo.

Inteligência artificial pode significar Siri mais inteligente ou carro autônomo mais independete (Imagem: Reprodução/Apple)

O foco em inteligência artificial citado por Tim Cook pode ser também posicionado dentro do carro inteligente da Apple, uma vez que sensores espalhados por toda a carroceria do veículo permitirão que os condutores possam relaxar no banco sem a necessidade de tocar no volante.

Com a Siri ainda ficando atrás de outros grandes concorrentes como Google Assistente e Alexa da Amazon, seria ótimo a Apple também utilizar o foco em inteligência artificial para tornar sua assistente virtual mais... inteligente.

Fonte: Rich DeMuro, via AppleTrack

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.