Review Realme Watch 2 | O relógio que não assusta a concorrência

Por Jucyber | Editado por Léo Müller | 07 de Dezembro de 2021 às 17h10
Ivo/Canaltech

Quando a Realme começou a investir no mercado de acessórios, a empresa surpreendeu ao deixar de lado as pulseiras inteligentes — estilo Mi Band — para apostar direto nos relógios. Com a chegada do Realme Watch 2 ao Brasil, o público ganha mais uma alternativa de fitness tracker.

O aparelho traz um design familiar e recursos interessantes com foco maior em atividades físicas, caracterizando o modelo como um concorrente à altura dos vestíveis comercializados pela Xiaomi e Amazfit.

Mas será que vale a pena apostar no novo e adicionar a Realme Watch 2 ao portfólio pessoal de acessórios? Confira na análise completa.

Confira o preço atual do Realme Watch 2

Prós

  • Boa bateria
  • Centenas de planos de fundo
  • Leitura cardíaca contínua
  • Certificação IP68
  • Tradução bem feita

Contras

  • Preço alto pelos recursos que entrega

Design e Construção

O Realme Watch 2 possui o formato quadrado com as bordas arredondadas. O design dele lembra bastante outros relógios inteligentes populares, como o Amazfit GTS 2, Amazfit GTS 2 Mini e até mesmo o Apple Watch.

Esse aspecto mais familiarizado com o utilizado no mercado premium demonstra a preocupação da gigante chinesa em se destacar. O tamanho dele não é exagerado, tornando-o uma opção interessante para homens e mulheres.

  • Tamanho do corpo: 2,5 cm x 1,2 cm x 3,5 cm
  • Peso do relógio: 38 g

Isso porque, mesmo em pulsos mais finos, Realme Watch 2 é discreto e tem o esmero que o faz utilizável de forma casual ou esportiva. Apesar de o design ser atrativo à primeira vista, a construção do smartwatch é toda em plástico.

Mesmo assim, o acessório não demonstra fragilidade no uso, e isso é extremamente importante para atrair o público. Em teoria, o fato de ele ser construído em plástico serviria como justificativa para abater o preço, mas isso não acontece na prática.

Sensores do Realme Watch 2 (Imagem: Ivo/Canaltech)

O fato de o Realme Watch 2 não ser muito pesado se reverte em vantagem para quem pratica esportes com o relógio, pois ele não atrapalha a mobilidade em corridas, por exemplo. Esse ajuste é importante, inclusive, para o público feminino, porque modelos mais robustos ficam mais incômodos no pulso.

Outra vantagem do vestível é a possibilidade de trocar as pulseiras, pois essa característica permite uma personalização maior para quem gosta de braceletes que fogem do padrão na cor preta.

Na lateral, existe apenas um botão de controle com o qual é possível ligar e desligar a tela do relógio, ou retroceder para o menu principal. Na parte traseira, estão os sensores PPG que permitem o monitoramento dos batimentos cardíacos de maneira contínua.

O Realme Watch 2 tem um terceiro sensor para identificação da oxigenação do sangue. Além disso, existem dois conectores para plugue do carregador no relógio de forma magnética.

Botão de acesso do Realme Watch 2 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Uma característica que chama a atenção no Realme Watch 2 é a certificação IP68, permitindo uma proteção maior do relógio à água e poeira. A presença desse suporte é essencial para o uso do acessório em atividades físicas que envolvem um contato maior com líquido.

Mas é importante deixar claro que existe um limite de tempo para o aparelho ser exposto à água sem danos, que é de 30 minutos durante a sua vida útil. Além disso, a Realme diz que não é recomendável utilizar o relógio em natação.

E isso é um pouco controverso, já que a empresa promete disponibilizar natação como uma das atividades físicas monitoráveis pelo Watch 2. De qualquer forma, o ideal é evitar o uso embaixo d’água por muito tempo.

"Realme Watch 2 é um relógio inteligente que não deixa a desejar em design para aparelhos mais caros. Esse aspecto próximo do entregue por produtos mais premium favorece a atratividade do produto à primeira vista."

— Jucyber

Tela

O relógio tem tela IPS LCD de 1,4 polegada com resolução 320 x 320. O aproveitamento frontal é bem legal, apesar das bordas ainda exageradas nas extremidades superior e inferior do smartwatch.

A tela touch possui um brilho superior ao visto em outros modelos de vestíveis da mesma categoria, como o Haylou RT. Com o nível de luminosidade em 40%, é possível ter uma boa visibilidade do conteúdo exibido no display sob o sol.

Tela do IPS LCD do Realme Watch 2 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Configuração e desempenho

Por não contar com um sistema operacional mais robusto, o Realme Watch 2 tem uma dependência maior de conexão com o celular. Entretanto, nada impede que o relógio seja utilizado em atividades externas e os dados sejam sincronizados posteriormente com o smartphone.

Ao contrário dos celulares da Realme, o smartwatch possui uma ótima tradução para o Português do Brasil. Dessa forma, a navegação no nosso idioma nativo não esbarra com misturas de palavras faladas na variante de Portugal.

Na interface do relógio, existem 6 planos de fundo — watch faces — que podem ser utilizados com poucos cliques. Entretanto, o aplicativo Realme Link traz centenas de alternativas para customização. Apesar de facilitar a personalização do acessório, de acordo com o gosto de cada um, alguns temas têm animações que deixam o layout lento para carregar.

O campo de interação do smartwatch traz alguns atalhos que podem ser acessados rapidamente. Ao deslizar o dedo na tela para o lado direito, aparecem opções que demonstram os passos e gasto calórico no dia em questão, monitoramento cardíaco, clima e o recurso de controle das músicas tocadas em um app compatível — como o Spotify.

Realme Link (Captura: Jucyber/Canaltech)

Já deslizando para o lado esquerdo, as funcionalidades são mais limitadas. Tem apenas os ajustes de brilho, ativação do modo “não perturbe”, e o modo de economia de energia. Essa última opção transforma o smartwatch em um relógio normal, mostrando apenas a hora.

Para voltar ao funcionamento completo, é preciso pressionar o botão físico por alguns segundos até que a animação exibida na tela mostre que o Realme Watch 2 já voltou ao formato padrão.

De modo geral, a interface tem uma boa fluidez para a navegação entre as diferentes opções disponibilizadas pela marca. Os ícones dos recursos são coloridos e intuitivos, o que facilita a experiência de uso para quem nunca teve um acessório inteligente.

No menu principal, a Realme disponibiliza diversas funcionalidades que mesclam opções sincronizadas com o aplicativo Link e outras que trabalham de maneira independente. Entre os recursos, estão: monitoramento de sono, exercícios, alarme, cronômetro, contagem regressiva, respiração, localizador do relógio e o atalho para adicionar o relógio ao Realme Link.

Rastreamentos do Realme Watch 2 no Realme Link (Captura: Jucyber/Canaltech)

Acompanhamento Físico

Por se tratar de um relógio inteligente com foco no rastreamento de atividades, o Realme Watch 2 traz algumas opções focadas em exercícios físicos específicos. Isso permite que uma usabilidade simplificada.

O relógio tem 10 opções de exercícios disponíveis para uso imediato:

  • Corrida ao ar livre;
  • Caminhada ao ar livre;
  • Caminhada em local fechado;
  • Pedalada ao ar livre;
  • Corrida em local fechado (esteira);
  • Treinamento de força;
  • Futebol;
  • Pedalada em local fechado;
  • Yoga;
  • Críquete.

Ao selecionar cada prática esportiva, um botão para iniciar a ação aparece. O smartwatch identifica os movimentos, gasto calórico e batimentos cardíacos ao longo do tempo decorrido. Dessa forma, o usuário é capaz de saber a evolução pessoal ao longo do tempo e verificar isso graficamente no aplicativo Realme Link.

Atividades no Realme Watch 2 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Entretanto, a Realme promete que o Watch 2 terá 90 opções de atividades. Isso quer dizer que mais 80 rastreamentos serão implementados no smartwatch após uma atualização de firmware.

Até o momento de publicação dessa análise, o update ainda não estava disponível, e você nunca deveria comprar um dispositivo confiando demais em uma promessa de atualização de software futura. Empresas muitas vezes simplesmente não cumprem tais promessas ou podem demorar mais de um ano para enviá-las aos clientes.

O grande ponto negativo dessa promessa está no fato de a empresa não dar uma previsão para essa disponibilidade. Com isso, o usuário paga por um acessório na expectativa dele ser completo, mas recebe um dispositivo limitado.

"O Realme Watch 2 consegue ter uma boa precisão no monitoramento de atividades. Ao utilizar para rastrear os movimentos na bicicleta ergométrica, o relógio conseguiu registrar os dados de forma equivalente ao sistema do equipamento de pedalada."

— Jucyber

Bateria e carregamento

O Realme Watch 2 tem bateria de 315 mAh, que demora uma média de 1 hora e 30 minutos para ser completamente carregada, saindo de 0% a 100%. Para isso, basta conectar a parte traseira do relógio no disco magnético e plugar o equipamento em um carregador de tomada com entrada USB compatível, ou até mesmo no computador.

Dessa forma, o dispositivo inteligente consegue entregar uma autonomia de até 12 dias, considerando o uso com todos os recursos ligados e o brilho da tela em 40%.

Esse período pode ser amplificado com a desativação das notificações, aumento do intervalo do monitoramento cardíaco e a redução do brilho da tela para 20%. Assim, o usuário pode ter mais de 16 dias corridos de uso sem precisar recarregar o smartwatch.

Concorrentes diretos

Apesar de a Realme ser nova no mercado brasileiro, existe um grande concorrente para o Watch 2 tanto aqui no país quanto na China, que pode ser adquirido via importação: o smartwatch Amazfit GTS 2 Mini.

O produto da Amazfit possui um formato semelhante ao Realme Watch 2. Entretanto, o GTS 2 Mini apresenta um aspecto mais focado no mercado de relógios inteligentes com recursos de intermediários em uma construção mais próxima de aparelhos do mercado premium.

No que diz respeito aos recursos, o Amazfit GTS 2 Mini já vem de fábrica com 70 opções de modos esportivos, o que dá a ele uma grande vantagem em relação ao Realme Watch 2, que ainda está esperando o update para ter essas funcionalidades prometidas.

O Amazfiti GTS 2 Mini é um grande concorrente do Realme Watch 2 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Além disso, o modelo da Amazfit possui compatibilidade com a assistente virtual Alexa, e isso é uma grande vantagem para quem seja controlar a casa inteligente por voz com a ajuda com smartwatch.

Em conjunto com essas características, o GTS 2 Mini recebeu um refinamento maior no layout, que é mais elegante e dá um aspecto mais próximo do encontrado em relógios que custam o triplo do valor, como o Apple Watch.

E por falar em preço, algumas varejistas do Brasil vendem o Amazfit GTS 2 Mini por até R$ 500, enquanto o Realme Watch 2 pode ser encontrado por até R$ 600.

Ficha técnica

  • Tamanho do corpo: 2,5 cm x 1,2 cm x 3,5 cm
  • Largura da pulseira: 22 mm
  • Peso do relógio: 38 g
  • Tela: TFT de 1,4 polegadas
  • Resolução: 320 x 320
  • Bluetooth 5.0
  • Sensor de frequência cardíaca e SpO2
  • Bateria: 315 mAh
  • Duração média: 12 dias (monitoramento de frequência cardíaca de 24 horas)
  • Requisitos do sistema: Android 6.0 e superior; iOS 11.0 e superior
  • Certificação IP68
  • Aplicativo: Realme Link
  • Modos esportivos: corrida ao ar livre, caminhada ao ar livre, caminhada em local fechado, pedalada ao ar livre, corrida em local fechado, treinamento de força, futebol, pedalada em local fechado, yoga e críquete

Conclusão

O Realme Watch 2 é uma opção interessante de relógio inteligente. A tela é grande e tem um brilho que funciona de maneira efetiva mesmo em ambientes mais iluminados. O rastreamento de atividades é muito bom, e os dados são sincronizados rapidamente com o aplicativo Realme Link.

Entretanto, a fabricante errou em lançar o aparelho sem estar com todos os recursos prometidos ativos por padrão. Afinal, é frustrante para o usuário não ter as expectativas atendidas após investir quase R$ 600 no acessório.

Realme Watch 2 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Além disso, a presença do Amazfit GTS 2 Mini em varejistas brasileiras é uma “pedra no sapato” da Realme, pois o relógio da concorrente chinesa tem o layout mais bonito, recursos mais completos e compatibilidade com a Alexa.

Por esse motivo, o Amazfit GTS 2 Mini é a minha recomendação de compra ao invés do Realme Watch 2. As funcionalidades presentes nele tornam a experiência de uso mais ampla, e ainda gera custo-benefício maior.

Se interessou pelo Realme Watch 2? Clique no link abaixo e confira a melhor oferta!

Prefere a alternativa apresentada? Então confira o link com o melhor preço!