Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Realme 11 5G | Celular intermediário com carregamento rápido

Por| Editado por Léo Müller | 19 de Setembro de 2023 às 20h45

Link copiado!

Review Realme 11 5G | Celular intermediário com carregamento rápido
Review Realme 11 5G | Celular intermediário com carregamento rápido
Realme 11 5G

O Realme 11 5G é mais um celular intermediário da marca chinesa a desembarcar no Brasil. E chama a atenção com diferenciais como 256 GB de armazenamento e carregamento rápido de 67 W. O Canaltech analisa o aparelho para contar se ele vale a pena.

Design e tela

Continua após a publicidade

Realme 11 5G tem um visual "meio iPhone", com moldura lateral reta. A câmera frontal fica em um furo centralizado no canto superior da tela. Atrás, o módulo de câmeras é redondo, com dois sensores e o flash parecendo um rosto.

Este modelo não possui nenhuma proteção específica contra água ou poeira. Ele traz construção com vidro na frente, plástico atrás e quadro em alumínio. A parte lateral possui uma pintura brilhante que pega bastante marca de dedo.

Continua após a publicidade

A tela IPS LCD de 6,7 polegadas é boa para um celular intermediário. A resolução é Full HD+, com boa nitidez, e a taxa de atualização de 120 Hz garante fluidez em animações e jogos compatíveis.

Desempenho

O smartphone conta com um chip da MediaTek, o Dimensity 6100+. Trata-se de um processador intermediário bastante competente. Não senti engasgos ou lentidão durante os testes com o celular. A pontuação no AnTuTu o coloca um pouco abaixo de modelos como Redmi Note 12 Pro ou Galaxy A54.

Continua após a publicidade

Câmera

Fotos com o Realme 11 5G são boas para um intermediário. Achei que o HDR em ambientes externos deixa a desejar. Mas o nível de nitidez e texturas, mesmo em fotos noturnas, é muito bom. E isso vale tanto para a câmera principal, de 108 MP, quanto para a frontal.

O único ponto realmente negativo na câmera é a gravação de vídeo. O celular está limitado à resolução Full HD, abaixo de outros modelos da mesma faixa de preço que já gravam em 4K.

Continua após a publicidade

Bateria

A bateria de 5.000 mAh tem uma duração estimada de mais de 23 horas, segundo o teste do Canaltech. Mas é bom lembrar que o nosso teste é bem exigente, com mais de 60% do tempo em uso. É mais do que a média de um usuário comum durante o dia.

O ponto alto deste aparelho é a recarga de 67 W, capaz de preencher metade da carga em menos de 20 minutos. Isso só é possível com o cabo e o carregador que estão na caixa. Eu testei a recarga com um carregador de 65 W de outra marca, e o carregamento não foi tão rápido.

Continua após a publicidade

Recursos e conectividade

A Realme utiliza o sistema operacional Android, na versão 13 com a Realme UI 4.0 neste modelo. Como de costume nos aparelhos da marca, o 11 5G traz bastante apps e jogos pré-instalados. Não há informações sobre quantidade ou frequência de atualizações previstas para o modelo.

Continua após a publicidade

O smartphone possui conectividade 5G, Bluetooth 5.2, Wi-Fi dual-band e NFC. Ou seja, conecta-se a redes 5 GHz e pode ser usado em pagamento por aproximação. E tem o conector de fone de ouvido, além de porta USB-C para carregamento e transferência de dados.

Concorrentes diretos

Os dois principais concorrentes do Realme 11 5G são o Galaxy A34 e o Redmi Note 12 Pro. Ambos possuem ficha técnica parecida, e também estão disponíveis em versão de 256 GB. E tanto o aparelho da Samsung quanto o da Xiaomi aparecem na faixa de R$ 1.800.

Continua após a publicidade

O Realme 11 5G vale a pena?

O Realme 11 5G vale a pena. É um celular intermediário competente, sem grandes pontos negativos. E seu principal destaque é o carregamento rápido, além de ter 256 GB de armazenamento interno.

Porém, é preciso procurar o aparelho no preço certo. O valor de lançamento da Realme é bastante alto. Se aparecer na mesma faixa de seus concorrentes, ou seja, cerca de R$ 1.800, é uma excelente opção.