Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Senadores dos EUA aprovam lei que pode banir TikTok do país

Por| 24 de Abril de 2024 às 09h20

Link copiado!

Solen Feyissa/Unsplash
Solen Feyissa/Unsplash
Tudo sobre TikTok

O banimento do TikTok nos Estados Unidos está um passo mais perto de acontecer. Isso porque o senado do país norte-americano aprovou na noite da última terça-feira (23) um pacote de medidas no qual está incluída a determinação de que a ByteDance, dona da rede social, venda a sua operação para uma empresa dos EUA.

Com a aprovação da lei, o pacote agora vai à aprovação do presidente Joe Biden, que já indicou que deve sancionar a lei.

EUA x TikTok

Continua após a publicidade

A legislação aprovada ontem pelo senado dos EUA visa combater “inimigos estrangeiros” do país norte-americano e inclui, por exemplo, ajuda financeira para fins militares a Ucrânia, Israel e Taiwan.

Incluir o possível banimento do TikTok nesse pacote foi uma jogada de deputados republicanos após uma lei anterior, aprovada em março, ter ficado parada no Senado. Com a mudança e a aprovação da nova medida no último fim de semana na Casa dos Representantes, o novo projeto já foi discutido e aprovado no Senado.

Os Estados Unidos acusam o TikTok de fornecer dados de usuários do país para o Partido Comunista Chinês e também de operar como um meio de “propaganda chinesa”. O imbróglio começou ainda na gestão de Donald Trump, em 2020, quando ele determinou o banimento de apps de origem chinesa como o TikTok e o WeChat.

Já na época a situação que se desenhava era semelhante à de agora: a ByteDance deveria vender sua operação no país norte-americano para não ser banida. Microsoft e Oracle chegaram a negociar uma possível compra da rede por lá, mas o negócio não andou.

Caso a lei seja sancionada por Joe Biden, a ByteDance precisará vender o TikTok nos EUA em até 12 meses ou o aplicativo será banido no país.

China é contra a venda

Em outros momentos, a China já se mostrou contrária à venda do TikTok e, por meio de um porta-voz, disse que banir o app é visto por Pequim como um ato de intimidação por parte de Washington.

Continua após a publicidade

"Apesar de os EUA nunca terem encontrado evidências de que o TikTok ameaça a segurança nacional do país, não param de perseguir o TikTok", comentou um representante do governo chinês à rede de notícias CNN em março deste ano. "[O banimento] vai respingar nos próprios EUA", completou.