Designer do iPhone, Jony Ive deixa a Apple

Designer do iPhone, Jony Ive deixa a Apple

Por Felipe Demartini | 28 de Novembro de 2019 às 10h09
Reprodução

O dia da saída de Jony Ive da Apple parece ter chegado, com o nome do até então diretor de design da companhia não mais aparecendo na lista de executivos na liderança da empresa. Era um movimento já esperado, com o fim dos mais de 27 anos de trabalho dele para a companhia, mas ninguém sabia exatamente quando isso iria acontecer. Sem alarde ou anúncio oficial, finalmente aconteceu.

A separação entre Apple e Ive foi anunciada originalmente em junho deste ano, com os dois seguindo caminhos diferentes neste fim de ano. Em comunicado, o executivo expressou a vontade de criar seu próprio estúdio de design, a LoveFrom, em parceria com o amigo Marc Newson, com quem também trabalhou na Apple. A Maçã, inclusive, será uma das clientes principais da nova empresa, mas não se sabe exatamente que tipo de trabalhos elas desempenharão em conjunto.

Jony Ive entrou para a Apple em 1992 e liderava o time de design da companhia desde 1996, estando à frente dos grandes projetos da empresa ao longo das últimas três décadas. Produtos como o iPhone, iPod, iPad, Apple Watch, MacBook, iMac e tantos outros saíram das pranchetas do artista para trazer a marca da maçã mordida de volta ao posto de uma das maiores da indústria da tecnologia, em um trabalho feito lado a lado com Steve Jobs.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Jony Ive ao lado de Tim Cook, atual CEO da Apple, com quem o designer teria diferenças criativas quanto aos produtos da empresa (Imagem: Getty Images)

Apesar de o comunicado oficial, de junho, afirmar que Ive e a Apple continuarão a trabalhar em produtos, é difícil imaginar a Apple terceirizando o design de seus lançamentos. Este, inclusive, é um de seus segredos mais bem guardados e um que ela, com certeza, gostaria de manter dessa maneira (ou nem tanto, já que sempre existem vazamentos relacionados principalmente ao iPhone).

As razões exatas para a saída de Ive, além da formação de seu próprio estúdio, nunca foram ditas. Os boatos, entretanto, apontam diferenças criativas entre Ive e o CEO da Apple, Tim Cook, que estaria mais interessado nas finanças e nos aspectos técnicos dos gadgets do que no design. Os rumores dizem, inclusive, que a participação do designer na criação de produtos já não era a mesma desde 2015, quando a Maçã criou para ele o cargo de chief design officer (CDO), que não existia antes.

O ano anterior ao lançamento do Apple Watch, 2013, foi citado publicamente como o mais difícil da carreira de Ive desde que ele entrou na empresa, novamente devido a diferenças criativas entre o designer e os outros executivos da empresa. Ele pensava no relógio como um produto de moda, uma estratégia que se provou certeira, enquanto os engravatados visualizavam o equipamento como uma extensão do iPhone. Na ocasião da publicação, Cook chamou essas afirmações de “absurdas”.

A construção do futurístico campus da Apple em Cupertino também teria distraído e levado ele a pensar em outras empreitadas. Fontes ouvidas pela imprensa americana afirmam que Ive, nos últimos anos, aparecia nos escritórios apenas duas vezes por semana e que foram raras as vezes em que Cook visitou os laboratórios de design da Maçã para falar sobre a criação de novos produtos. São fatores, dizem os rumores, que contribuíram para a saída, considerada repentina e entristecedora por muitos fãs da marca.

Aliança feita inteiramente de diamante, árvore de Natal e o sabre de luz de Kylo Ren estão entre projetos de Jony Ive fora da Apple (Imagens: Divulgação/LoveFrom)

Não é de hoje, entretanto, que Ive busca trabalhar em outras empreitadas fora da Apple. Entre seus trabalhos externos estão uma aliança feita inteiramente de diamante e uma árvore de Natal especialmente criada para o hotel Claridge, em Londres, que tem uma tradição na qual, a cada ano, a decoração é criada por um designer diferente. Além disso, seria ele o responsável pelo icônico sabre de luz de Kylo Ren, visto pela primeira vez em Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força.

Tanto Ive quanto a Maçã mantiveram o silêncio quanto a separação. O posto que antes era de Ive agora deve ser dividido por Evans Hankey, vice-presidente de design industrial da Apple, e Alan Dye, vice-presidente de design de interfaces humanas. Eles responderão diretamente ao COO da empresa, Jeff Williams, enquanto a Apple não anuncia um novo nome para a posição de chief designer officer, se é que o cargo vai mesmo continuar existindo.

Fonte: CNET

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.