Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Apple chamou Android de sistema de rastreamento massivo

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 02 de Novembro de 2023 às 16h23

Link copiado!

Robert Scoble (VisualHunt)/Matcuz (Pixabay)
Robert Scoble (VisualHunt)/Matcuz (Pixabay)
Tudo sobre Apple

Uma apresentação interna da Apple, produzida em 2013 e que vem a público no atual julgamento do processo que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos move contra o Google por práticas anticompetitivas, revela que a Big Tech de Cupertino chamou o Android de “sistema de rastreamento massivo”.

O documento foi elaborado em janeiro de 2013 em um movimento da Maçã para começar a investir em questões de privacidade em seus aparelhos. A apresentação faz um comparativo das práticas de várias companhias do setor de tecnologia nos anos antecedentes com o objetivo de identificar soluções diferentes em relação aos concorrentes.

Histórico de privacidade

Continua após a publicidade

Os slides divulgados durante o julgamento no tribunal têm trechos editados e alguns dados omitidos, mas contam com uma linha do tempo de problemas de privacidade em produtos e serviços de empresas como Google, Facebook, Amazon, Microsoft e Twitter.

Entre os casos sinalizados estão o Street View gravando redes Wi-Fi privadas, o Twitter coletando dados de iPhones sem consentimento, a intenção do Instagram de usar fotos das pessoas em anúncios e o lançamento do Internet Explorar 8 com as configurações de privacidade desativas por padrão.

A Apple lembrou também a ação do Google de rastrear sem permissão os usuários no Safari — o que rendeu uma multa de US$ 22,5 milhões aplicada pela Comissão Federal de Comércio dos EUA em 2012.

A apresentação segue com um comparativo direto dos produtos Google e os serviços da Apple com as abordagens diferentes de privacidade em Conta/ID, Busca, Maps e assistente de voz.

A análise destaca como todas as atividades das pessoas em aplicativos Google são registrados e vinculados à conta pessoal. Em seguida, um slide provocativo acusa o sistema Android de ser um sistema de rastreamento massivo.

A apresentação culmina com uma citação de Steve Jobs de 2010 que lembra como a Apple “leva a sério a privacidade, enquanto muitas pessoas no Vale do Silício acham a empresa é antiquada nessa questão”.

Processo dos EUA vs Google

Continua após a publicidade

O documento da Apple foi divulgado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos durante o julgamento do processo que move contra o Google por abuso de poder dominante no mercado. A Big Tech enfrenta o banco dos réus em uma acusação de monopólio e práticas anticompetitivas — incluindo acordos com fabricantes de aparelhos e navegadores para apresentarem o seu mecanismo de busca como padrão.

O processo pode determinar medidas para restaurar as condições de livre concorrência e impactar o modelo de negócio da companhia. Em sua defesa, o Google afirma que conquistou essa posição “com base na qualidade do serviço e nas preferências dos consumidores”. O caso segue em julgamento durante o mês de novembro.