Tim Cook é eleito personalidade do ano pelo Financial Times

Por Redação | 11 de Dezembro de 2014 às 18h11

Graças aos bons resultados financeiros de sua companhia e a inovação em novos produtos, o CEO da Apple, Tim Cook, pode afirmar que teve um bom ano. Essas conquistas garantiram para Cook o título de personalidade do ano pelo jornal britânico Financial Times.

Segundo informações do jornal, em fevereiro Cook se reuniu com acionistas e, ao ser questionado sobre o lucro das iniciativas sustentáveis da Apple, ele respondeu que a empresa faz as coisas não visando somente no retorno, mas sim porque elas são certas naquele momento.

Em 2014, a companhia teve um aumento de 50% em suas ações, fazendo com que o valor de mercado batesse o recorde de mais de US$ 700 bilhões. Tim Cook também tem se destacado como CEO por conseguir se manter distante de investidores ativistas que tentam, de alguma maneira, influenciar a forma pela qual a empresa é gerenciada, mesmo depois da morte de Steve Jobs, em 2011.

O bom trabalho de Cook também está refletindo nas vendas do novo iPhone, que não param de crescer, fechando o último trimestre na casa dos US$ 42 bilhões. Neste ano o CEO também lançou o Apple Pay, inserindo a tecnologia no mercado financeiro.

Em outubro deste ano, Tim Cook se pronunciou para o mundo assumindo a sua homossexualidade, sendo esse um grande fator considerado pela revista, que elogiou o ato como sendo de uma pessoa poderosa.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.