Surface 3: novo tablet da Microsoft roda Windows 8.1 e custa US$ 499

Por Redação | 31 de Março de 2015 às 11h23
photo_camera Divulgação

A Microsoft anunciou nesta terça-feira (31) o Surface 3, um novo tablet que lembra os dispositivos da geração anterior, mas com uma diferença bastante significativa. Em vez de rodar o criticado Windows RT - plataforma dedicada exclusivamente aos tablets da empresa e que já foi descontinuada -, o aparelho vem equipado com uma cópia completa do Windows 8.1 e suporte aos principais aplicativos do sistema.

No quesito hardware, o novo Surface 3 dispensa configurações modestas. Ele possui um processador Intel Atom x7 rodando a 2,4 GHz, 2 GB de memória RAM, 64 GB de armazenamento interno, tela sensível ao toque ClearType HD de 10,8 polegadas com 1.920 x 1.280 pixels de resolução, microfone, alto-falantes com tecnologia Dolby Audio e bateria com duração de até 10 horas no modo de reprodução de vídeo. Vem também com duas câmeras Full HD, a traseira de 8 MP e a frontal de 3.5 MP, entrada para micro USB e portas USB 3.0.

O design do gadget é praticamente o mesmo do Surface 2, só que o novo dispositivo está mais leve e mais fino, pesando 622 gramas e medindo 267 x 187 x 8.7 milímetros. O produto tem ainda conectividade Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e 4G, além de uma caneta e uma Type Cover repaginada.

Quanto ao software, o Surface 3 roda o Windows 8.1, o que significa que será possível instalar qualquer programa disponível na versão do sistema operacional para computadores. Isso inclui serviços como o navegador Google Chrome, iTunes, Steam, Photoshop e outros aplicativos habilitados no desktop. Além disso, os compradores do tablet terão um ano de assinatura grátis do Office 365 Personal, que vem com os programas Word, Excel, PowerPoint, Outlook e OneNote. Quem adquirir o aparelho também ganhará 1 TB de espaço extra em armazenamento no OneDrive.

Surface 3

Em comunicado, a Microsoft afirma que o Surface 3 é um dispositivo que pode facilmente "substituir seu laptop". Assim como nos modelos anteriores, o novo tablet é focado especialmente em profissionais da área de engenharia, design e arquitetura, mas a companhia destaca que o gadget está mais democrático, abrangendo também estudantes e os usuários como um todo.

"O Surface 3 traz para um público maior o que os clientes mais gostaram no Surface Pro 3, entregando um design premium e produtividade a um dispositivo mais acessível. Trouxemos tudo o que aprendemos com o Surface Pro 3 e ainda mais inovação neste novo Surface", comentou Panos Panay, vice-presidente corporativo da divisão Surface na Microsoft.

O Surface 3 está em pré-venda na Microsoft Store, tanto online quanto em lojas físicas, e está disponível em 26 países, incluindo Austrália, Canadá, Estados Unidos, Finlândia, França, Itália, Portugal e Reino Unido. Os preços começam em US$ 499 para o modelo mais simples com conectividade Wi-Fi e vão até US$ 699, dependendo da configuração escolhida pelo usuário. Por exemplo, com mais US$ 100 é possível adquirir o aparelho na versão Wi-Fi/4G. Com mais US$ 200, o consumidor dobra a capacidade de memória RAM e capacidade interna para 4 GB e 128 GB, respectivamente.

As vendas e os envios do tablet começam no dia 5 de maio. Já os acessórios do aparelho, como as canetas e outras Type Covers, serão vendidos dois dias depois, em 7 de maio.

Fonte: VentureBeat, The Verge, Mashable

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!