Google anuncia saída de Andy Rubin do comando da divisão Android

Por Redação | 13 de Março de 2013 às 16h10

O Google anunciou na tarde desta quarta-feira (13) a saída de Andy Rubin do comando da divisão Android. Agora, essa área será assumida por Sundar Pichai, chefe da divisão Chrome e de aplicativos. Rubin deverá permanecer na empresa, mas ainda não foi informado qual o cargo que ele deverá assumir a partir de agora.

Rubin entrou no Google em 2005 com a missão de transformar o Android em um sistema operacional móvel rival ao iOS, da Apple. Com a ajuda de muitos parceiros, incluindo a Samsung, o Android já é o sistema mais comprado no mundo todo, com 750 milhões de smartphones e tablets com a plataforma ativados e com o download de mais de 25 bilhões de aplicativos na Google Play.

A saída do executivo foi anunciada pelo atual CEO da empresa, Larry Page, que também elogiou Sundar Pichai e seu trabalho. "Sundar tem talento para criar produtos que são tecnicamente excelentes e fáceis de usar - e ele ama uma grande aposta", ressaltou Page. "Veja o exemplo do Chrome. Em 2008, muitas pessoas perguntavam se o mundo precisava de um novo navegador. Hoje, o Chrome tem centenas de milhares de felizes usuários e está crescendo rapidamente graças à sua velocidade, simplicidade e segurança. Então, eu acredito que Sundar irá fazer um excelente trabalho com o Android".

O anúncio da substituição de Andy Rubin por Sundar Pichai ajuda a corroborar os rumores de que o Google estaria interessado em unir as divisões Android e Chrome OS. O cenário se torna mais evidente já que os dois setores serão dirigidos pela mesma pessoa.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.