Publicidade

O que é IP? | Internet Protocol

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 29 de Janeiro de 2024 às 10h05

Link copiado!

vschlichting/Depositphotos
vschlichting/Depositphotos

O IP é a identificação individual de cada um dos dispositivos conectados à internet ou a redes privadas. Todos os aparelhos, desde computadores e celulares até videogames, lâmpadas inteligentes e roteadores têm um endereço desse tipo, que serve para que eles possam se diferenciar um dos outros, enviar e receber dados.

Sigla para “internet protocol” (protocolo de internet em tradução livre), o IP é uma sequência numérica formada por quatro blocos cujos números podem ir de 0 a 255, separados por pontos. Em um exemplo básico, o endereço mais comum usado por roteadores Wi-Fi em redes domésticas é o 192.168.0.1, que quando digitado no navegador, leva às configurações do dispositivo.

Essa tecnologia funciona mais ou menos como um número de telefone, por meio do qual você entra em contato com alguém: a sequência numérica garante que a comunicação aconteça e identifica exatamente com quem se está falando.

Continua após a publicidade

O endereço IP é basicamente a mesma coisa, mas pode mudar de acordo com a configuração do serviço de internet. Essa alteração pode ser feita por administradores ou a cada conexão a uma nova rede. Ainda assim, uma vez ligado, ele sempre servirá para identificar o aparelho e sua atividade em meio aos outros.

O que significa IPv4 e IPv6?

Desenvolvido na década de 1980, ainda nos primórdios da internet, os endereços IPv4 são os mais conhecidos. Além dos dispositivos, sites também possuem identificadores desse tipo, que são convertidos pelo navegador a partir de nomes de domínio. Afinal de contas, é muito mais fácil acessar o Canaltech usando URL canaltech.com.br do que uma sequência numérica.

Continua após a publicidade

Por outro lado, o protocolo IPV4 também tem um limite de funcionamento. Devido a seu padrão, ele permitiria um máximo de 4,3 bilhões de endereços, que foi atingido com a evolução da internet e, principalmente, o crescimento no número de dispositivos conectados.

O padrão IPv6 veio justamente para resolver esse problema. Os novos tipos de endereço seguem um formato mais longo, com oito grupos de quatro dígitos hexadecimais, como no exemplo 2002:0de6:0001:0042:0100:8c2e:0370:7234. Eles podem ser simplificados para facilitar tarefas de configuração e acesso, mas na maior parte do tempo você não vai precisar se preocupar com isso.

A mudança também resolveu o problema de espaço na internet, com 340 undecilhões de possibilidades para um endereço IPv6. Junto com o padrão mais moderno, vieram também melhorias de segurança e velocidade, com as redes sendo projetadas para uso de criptografia de ponta a ponta e maior qualidade para plataformas de voz sobre IP ou conexão direta entre usuários (P2P).