Como configurar um roteador | Guia completo

Como configurar um roteador | Guia completo

Por Kris Gaiato | Editado por Bruno Salutes | 05 de Maio de 2022 às 11h30
Alesmunt/Canva

Não sabe como configurar o roteador? Caso pretenda instalar por conta própria, comece reservando alguns minutos do seu dia. Infelizmente, o processo não é muito simples. Mas, com uma boa dose de atenção e paciência, até os marinheiros de primeira viagem podem ter sucesso.

Antes de colocar a mão na massa, é preciso decidir onde posicionar o aparelho. Esse é o primeiro passo para conseguir uma conexão estável. A melhor opção é um espaço aberto que seja central em relação aos demais cômodos. Quanto mais obstáculos existirem, como paredes e móveis, mais fraco o sinal será.

Caso o espaço seja muito amplo, o Wi-Fi precisa ser potente, bem como o roteador. Na falta desses dois elementos, vale recorrer a um repetidor de sinal. Bom, o nome já entrega a sua função: repetir o sinal da fonte principal. Em uma explicação simplista, o dispositivo impulsiona o sinal — no bom português, dá um “empurrãozinho”.

Conecte o roteador ao seu PC pelo cabo

Para começar, tenha um cabo Ethernet em mãos. Conecte uma das extremidades à porta WAN (rede de área ampla) na parte de trás do roteador. Em seguida, espete a outra extremidade à porta Ethernet do seu modem. Com o dispositivo ligado, você estará pronto para se conectar à internet. Mas, antes, ligue o roteador na tomada.

Alguns fabricantes oferecem um aplicativo através do qual é possível configurar o aparelho. Isso está presente apenas em modelos mais modernos. Para verificar se esse é o seu caso, consulte o guia de início rápido do roteador. Aparelhos mais antigos, contudo, acompanham apenas um URL dedicado à inicialização. No final das contas, o processo não muda muito.

Em geral, esse link aparece após conectar o computador em qualquer uma das portas LAN do roteador via o cabo Ethernet. Depois, basta inserir 192.168.1.1 ou endereço semelhante (especificado na documentação do roteador) na barra de pesquisa do navegador.

Conecte-se no painel de administração do roteador

A próxima etapa é configurar a senha do WiFi e o nome de usuário para acessar a central de controle. Se você está instalando um roteador usado, essas informações podem ser redefinidas para os botões de fábrica. O caminho é simples: basta pressionar o botão embutido do roteador por alguns segundos.

Com isso concluído, a configuração pode começar. Antes de qualquer coisa, é importante esclarecer que não há receita. Afinal de contas, cada modelo tem as suas próprias etapas. Portanto, é indispensável consultar o manual do aparelho. Felizmente, a maioria dos roteadores conta com um assistente de configuração fácil, um caminho mais curto e simplificado. Em geral, a rotina inclui SSID (nome Wi-Fi do seu roteador), senha e outras poucas informações.

Crie um login e senha para a sua rede

Agora, você deve criar um login e senha para o Wi-Fi — que é diferente das credenciais de acesso ao painel de administração do roteador. Nesse momento, o aplicativo de configuração ou painel te levará ao ajuste. Lembre-se de criar uma combinação segura e compartilhe apenas com pessoas de confiança. Caso seja necessário, não hesite em mudar a senha do Wi-Fi.

Para obter mais proteção, é recomendável escolher uma credencial longa e diferente daquela utilizada para acessar o painel. Evite nomes fáceis de adivinhar ou elementos como datas de aniversário, numeração do apartamento ou sala comercial e outros. Com tudo isso, é possível que você chegue a uma senha complicada — essa é a intenção. Para evitar confusões, talvez seja melhor compartilhar seu Wi-Fi através de QR Code.

Conecte a sua rede no roteador

Bom, se o seu roteador Wi-Fi possui modem embutido, a coisa fica mais simples. Basta conectar o cabo RJ12 (que é semelhante a um fio de telefone) nos aparelhos. Depois, confira se a luz de controle da porta de entrada acendeu. Se sim, você está livre para iniciar os ajustes de acesso à Internet.

Se encontrar problemas durante a instalação, é recomendável acionar um técnico para configurar o roteador (Imagem: Misha Feshchak via Unsplash/Reprodução)

Configure a conexão de sua rede

Em alguns casos, o usuário é agraciado com a possibilidade de usar um método de instalação chamado “IP dinâmico” ao configurar um roteador. Modelos que oferecem a facilidade identificam o servidor sozinho, basta deixá-los no modo automático.

Quando isso não ocorre, a empresa de internet entrega ao assinante login e senha para instalação da rede. Esse método, que você conheceu nas etapas anteriores, chama “PPPoE” e possibilita o uso de uma configuração cedida por seu ISP. Nessa hipótese, é necessário acessar o painel de controle do roteador e encontrar os ajustes de ISP.

Com o painel aberto, você verá qual das opções está disponível: IP dinâmico ou PPPoE/PPPoA. No primeiro caso, não será solicitada nenhuma senha, basta habilitar o recurso. No segundo, todavia, é preciso informar aquele login e senha informados pela empresa. Depois desse ajuste, salve as configurações realizadas e, finalmente, aproveite a sua conexão.

Realize um teste de velocidade

Se desejar, você pode encerrar as atividades na etapa anterior, mas é recomendável testar a velocidade da rede. Isso porque, a partir dos resultados, o assinante consegue identificar possíveis falhas no processo de instalação e erros no fornecimento da empresa. Esse é o momento de conferir se o pacote de dados contratado está chegando na sua casa como deveria.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.