Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Bing e Edge ganham reforço de IA com o ChatGPT

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Fevereiro de 2023 às 16h47

Link copiado!

Reprodução/Microsoft
Reprodução/Microsoft
Tudo sobre Microsoft

A Microsoft anunciou uma nova versão do seu motor de busca, o Bing, reforçado com tecnologia de inteligência artificial do ChatGPT. Nesta terça (7), a empresa apresentou o que chamou de “uma nova era em pesquisas” que respinga também em integração de IA no Edge.

“A corrida começa hoje e vamos nos mover e nos mover rapidamente”, cravou o CEO Satya Nadella durante a apresentação das novidades. “Mais importante, queremos nos divertir muito inovando novamente na pesquisa, porque já era hora”, complementou.

Continua após a publicidade

Bing + ChatGPT

O “novo Bing” com inteligência artificial promete entregar “melhores resultados, respostas mais completas, uma nova experiência de chat” e tem a capacidade de “gerar conteúdo”, detalha o executivo — semelhante ao que o chatbot faz no site da OpenAI. Ele serviria como um “guru da web” para você saber sobre qualquer coisa de forma rápida e prática.

Inicialmente, o Bing com ChatGPT será limitado à versão web (acessível pelo PC) do buscador. Usuários podem experimentar a IA com perguntas objetivas ou mais inventivas, como faziam com o chatbot da OpenAI. A plataforma da Microsoft responderá as perguntas de forma completa e quase instantânea, com sugestões sobre itinerários de viagens, receitas e outras informações, por exemplo.

Em um exemplo, a Microsoft mostrou o Bing apresentando receitas culinárias, sugestões de compras e dicas de viagens. Uma das perguntas fez a IA criar um itinerário para um passeio de cinco dias no México. Ao longo da resposta, o bot apresentou link para as sugestões da programação.

A IA que incorpora o Bing é uma versão atualizada do GPT 3.5, o modelo que alimenta o ChatGPT. Essa versão da MS se chama "Prometheus Model" e, segundo a empresa, seria mais moderosa que a plataforma da OpenAI e capaz de responder perguntas com informações mais atualizadas — uma das principais deficiências do projeto original, cujos dados se limitam a 2021.

"Desenvolvemos uma maneira proprietária de trabalhar com o modelo OpenI que nos permite aproveitar melhor seu poder. Chamamos essa coleção de capacidades e técnicas de 'Prometheus Model'. Essa combinação oferece resultados mais relevantes, oportunos e direcionados, com maior segurança", explica a Microsoft.

Segundo a companhia, a IA também está presente no ranqueamento de notícias. Essa implementação garantiu "o maior salto em relevância nas duas últimas décadas", entregando conteúdo com maior assertividade.

Continua após a publicidade

Disponível em testes

A introdução da IA para o motor de buscas da Microsoft não "reinventa a roda", mas introduz uma nova camada para a plataforma da empresa. Com a inteligência artificial, respostas não precisam vir exatamente de sites e artigos publicados, mas diretamente do mecanismo de busca, agora que ele é capaz de entregar respostas breves sobre assuntos diversos.

Você pode experimentar o Bing encorpado com IA direto no site oficial do buscador. O Canaltech tentou acionar o chat com a IA em buscas em português, mas não foi possível habilitar a conversa. Segundo a Microsoft, a prévia deve ser liberada gradativamente ao longo das próximas semanas, enquanto a disponibilidade do modelo na versão mobile chegará "em breve".

Novo Edge

Continua após a publicidade

Quanto ao navegador da casa, a Microsoft anunciou que atualizou o Edge com novas capacidades baseadas em IA e um novo visual. A interface é parecida com a que foi prevista no "Projeto Phoenix", especulado semanas atrás, com estilo inédito para a barra superior e um design mais alinhado com o Windows 11.

O navegador da companhia contará com novas funções baseadas em inteligência artificial: uma delas é o chat que, tal qual o Bing, fornecerá informações acerca de um determinado tema de forma rápida; e o "Compositor", que ajudará o usuário a redigir conteúdo, como publicações para as redes sociais.