SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

NVIDIA lança DLSS 3.5 para reduzir ruído de imagem

Por| Editado por Jones Oliveira | 22 de Agosto de 2023 às 15h31

Link copiado!

Reprodução/NVIDIA
Reprodução/NVIDIA
Tudo sobre Nvidia

Durante a Gamescom 2023, a Nvidia anunciou o DLSS 3.5. O lançamento ocorre cerca de 10 meses após a chegada do DLSS 3.0 original, mas essa atualização foca exclusivamente em melhorar a qualidade gráfica dos games ao retirar certas imperfeições na imagem. Assim, não se trata exatamente de uma revolução na tecnologia.

O foco do DLSS 3.5 é no Ray (Tracing) Reconstruction (RR) e promete melhorar a qualidade de imagem ao retirar o granulado e o ghosting das imagens. Também chamado de grain film ou ruído, esse problema é muito comum na fotografia devido a problemas na captura da informação. No entanto, alguns games até utilizam esse recurso para dar um toque cinematográfico à obra.

Todavia, o ruído acontece de forma que prejudica a imagem e é isso que a nova versão do Deep Learning Super Sampling pretende corrigir. Segundo a NVIDIA, o Ray Reconstruction foi treinado 5 vezes mais do que o DLSS 3.0, justamente com o objetivo de entender e incorporar mais dados de softwares para conhecer os efeitos da iluminação e identificar pixels bons, ruins e os temporários. Com isso, as frequências na hora de realizar o upscaling de imagem devem se manter altas e o granulado ficará menos visível.

Continua após a publicidade

A utilização de filtros para corrigir esse problema já era utilizada em versões anteriores do DLSS e até no FSR, contudo, no processo de geração de imagens algumas informações podem se perder e resultar no problema mesmo assim. Assim, os efeitos finais de reflexos e iluminação global podem ser inferiores ao que foi prometido. Em resumo, é como se a NVIDIA estivesse "pulando" a utilização do filtro de denoise para que a Inteligência Artificial melhorasse o resultado dos pixels.

Em quais jogos o DLSS 3.5 estará disponível?

Felizmente, a chegada do DLSS 3.5 com Ray Reconstruction não vai demorar muito. Cyberpunk 2077: Phantom Liberty deve ser o primeiro título a implementar o recurso, seguido do aguardado Alan Wake 2 e Portal RTX.

Continua após a publicidade

Em um vídeo divulgado, a NVIDIA consegue mostrar testes mais práticos a respeito da implementação do recurso. Na renderização com o D5 Render é muito perceptível a melhora com a aplicação da tecnologia, removendo o granulado quase que integralmente. Já em Cyberpunk 2077 no modo Overdrive, o jogador consegue ler as placas refletidas nas poças d'água devido a melhor qualidade nos reflexos.

Uma boa notícia para os donos de placas RTX, o Deep Learning Super Sampling 3.5 estará disponível para todas as placas da linha, desde a geração RTX 2000 até as Ada Lovelace.