Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Intel pode ampliar produção terceirizada de chips pela TSMC

Por| Editado por Jones Oliveira | 04 de Setembro de 2023 às 19h35

Link copiado!

Intel
Intel
Tudo sobre Intel

A Intel pretende ampliar em até US$ 9,7 bilhões o contrato com a TSMC para fabricação de chips anteriores ao processo Intel 4. Ao todo, o contrato para fabricação de chips Intel, especialmente os em 10nm, pode chegar a US$ 19,4 bilhões em 2025.

A big tech já afirmou estar receosa com a demanda potencialmente elevada para os novos processadores Intel Meteor Lake de 14ª geração. Um dos motivos para isso é que os chips utilizam processo de fabricação proprietário Intel 4 em 7nm, disponível em poucas plantas próprias da empresa.

Continua após a publicidade

Fluxo de abastecimento estável

Ao que tudo indica, a Intel deve ampliar a produção terceirizada de chips com litografia de 10nm, como os processadores de 12ª e 13ª gerações. Com isso, é possível desafogar as linhas de produções em fundições especializadas e garantir fluxos mais estáveis de fabricação, tanto dos novos processadores Meteor Lake, quanto dos Alder Lake e Raptor Lake, ainda bastante procurados.

A informação vem de uma análise da Goldman Sachs publicada no jornal taiwanês Commercial Times. Segundo os dados, a Intel teria encomendado remessas de wafers da TSMC no valor de US$ 18,6 bilhões e US$ 19,4 bilhões para 2024 e 2025, respectivamente. Isso representaria cerca de 6,4% e 9,4% da receita total da empresa para estes anos.

No entanto, não está claro se esta seria a única estratégia da Intel para ampliar sua capacidade de abastecer o mercado com seus novos processadores. Em sessão recente de perguntas e respostas, executivos da empresa ainda mencionaram a possibilidade de criar novas fundições para expandir a capacidade própria de produção, principalmente de produtos com a nova tecnologia de fabricação.